Procura-se Mestre de PBF de TRPG


Espaço para assuntos não cobertos pelos outros fóruns. Lembre-se: a estalagem fica em Petrynia... Exageros são permitidos!

Avatar do usuário

Mensagens: 3795

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 25 Jul 2017, 12:08

Re: Procura-se Mestre de PBF de TRPG

Chapéu Preto escreveu:John, vai do que?


Humana nobre.

E com isso fechou a party!
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 16217

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 25 Jul 2017, 12:19

Re: Procura-se Mestre de PBF de TRPG

Sou humano monge.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 684

Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Mensagem 26 Jul 2017, 08:23

Re: Procura-se Mestre de PBF de TRPG

Imagem
Nome: Dan Max
Raça: Skliryne
Classe: Pistoleiro Arcano 3
Tendência: Leal e neutro
Sexo: Masculino Idade: 25 anos Divindade: Tenebra Tamanho: Médio Deslocamento: 9m Idiomas: Gnomo, valkar, abissal, infernal, celestial, élfico e dracônico Signo: Unicórnio Desvantagem: Maricas

Habilidades:
FOR 8 (-1), DES 16 (+3), CON 14 (+2), INT 20 (+5), SAB 12 (+1), CAR 10 (+0)
CA: 14 (+1 nível, +3 Des) PV: 24 PM: 10 PA: 1

Resistências:
Fortitude: +3 Reflexos: +4 Vontade: +4

Ataques:
Corpo-a-corpo: -1
Desarmado -1 (1d3-1, x2).

Distância: +5
Magias de toque a distância +7

Perícias:
Acrobacia +9, Conhecimento (arcano) +11, Conhecimento (planos) +11, Furtividade +9, Identificar Magia +11, Iniciativa +9, Intuição +7, Percepção +7.

Talentos:
Talentos adicionais: Usar Armas Simples, Vontade de Ferro.
Talento Regional: Cosmopolita.
Desvantagem: Rapidez de Recarga.
Nível 1: Magias em Combate.
Nível 3: Foco em Raio.

Habilidades Raciais:
+4 Inteligência, +2 Carisma, -2 Força.
Tamanho médio, deslocamento 9m.
Visão na penumbra.
1 Perícia treinada extra.
Armas de fogo são armas simples, não precisa ser treinado em perícia para usar armas tecnológicas.
Globos de luz, mãos mágicas, prestidigitação livremente.
Ossos frágeis. Sofre 1 ponto de dano adicional por esmagamento.

Habilidades de Classe:
Pistola arcana, mistérios arcanos (cápsula metamágica: Acelerar Magia).

Magias
Truques (CD 15): Detectar magia, ler magias, bala de força, mensagem, abrir/fechar.
Nível 1 (CD 16): Armadura arcana, escudo arcano, mísseis mágicos, leque cromático, retirada estratégica, área escorregadia, raio do enfraquecimento.
Nível 2 (CD 17): Cegueira/surdez.

Dinheiro: 20 TO
Equipamentos:
Pistola arcana (-), kit do aventureiro (10 TO).

Cápsula de chumbo de Sombria x10 (200 TO).
Cápsulas de ferro de Werra x10 (150 TO).

Cinto de poções (20 TO), poção de curar ferimentos leves x4 (200 TO).

Background

Dan não lembra onde ou como nasceu. Nem seus pais. Sabia que era um skliryne porque a tripulação de seu gog'magogue era formada somente por seres dessa raça. Aprendiz do arcano conselheiro principal do capitão, Dan não fazia muitas perguntas e obedecia muitas ordens. Antes dos dez anos aprendeu a dominar magias simples e truques inofensivos, embora o fato tenha chamado bastante atenção. Dan era um menino muito curioso, embora não externasse. Mente afiada, tinha as respostas de todas as perguntas feitas pelos adultos, mas nunca respondia. Falava quando perguntado.

Um dia, o gog'magogue sofreu ataques de um capitão inimigo, um comerciante de escravos. A batalha foi dura e o menino conseguiu escapar em um veículo menor, de uma pessoa apenas e acabou caindo em Sombria, o planeta de Tenebra. Após constatar que eu gog'magogue havia se danificado para além da recuperação, Dan vagou pela noite eterna em território árido por dias, semanas ou meses. Não sabia ao certo e não importava. O garoto sisudo logo encontrou (ou foi encontrado) por Malagdrin, um elfo sombrio vampiro e pistoleiro.

Dan sofreu muito nas mãos de Malagdrin. Era um escravo doméstico trabalhando na casa do pistoleiro em Cromlech. Vez ou outra Dan também fazia serviços fora da torre do pistoleiro, levando e trazendo caixas, mensagens etc. Dan convivia com os mortos-vivos da imensa metrópole e sofreu por ser um dos poucos seres vivos que não viviam em guetos. Mesmo assim, o menino tinha planos.

Enquanto trabalhava para Malagdrin, entre uma chicotada e outra, Dan descobriu a pólvora. O alimento da arma de seu feitor. Após roubar livros mágicos e aprender sua língua maligna, Dan também seguiu seus estudos arcanos. Não demorou muito para equilibrar e misturar seus conhecimentos. Pólvora e magia. Em pouco tempo, já na adolescência, o jovem skliryne produziu sua primeira arma de fogo. Uma pistola arcana.

Obviamente, foi descoberto. Malagdrin não era um vampiro distraído. Seus instintos o fizeram descobrir os planos de Dan e, pela audácia, puniu com cem chibatadas. Ao final, o vampiro estendeu a mão para o skliryne: "vou te ensinar uma coisa ou outra". E assim a relação de senhor e escravo mudou. Um pouco. Tornou-se uma relação doentia. Malagdrin ainda tratava Dan como um escravo, humilhando e causando todo tipo de ferimentos em seu corpo. Mas ensinava a atirar e a manusear armas de fogo de diversos tipos. Pistolas, revólveres, mosquetes, arcabuz e outros equipamentos tecnológicos.

Muitos anos se passaram até que Dan conseguiu desenvolver uma magia específica. Engatilhou sua pistola arcana, mas matou o vampiro dormindo com uma faca, cortando-lhe a cabeça. Sua pistola arcana era um feito somente seu e não usaria o conhecimento adquirido por seu feitor para matá-lo. Seria injusto.

Roubando algumas coisas, Dan fugiu com alguns recursos e logo conseguiu arrumar outro gog'magogue para sair daquele planeta de noite eterna. Livre no espaço, o skliryne tentou buscar informações sobre o paradeiro de possíveis sobreviventes de sua outra tripulação, mas nada encontrou. Sozinho no universo, Dan se tornou mercenário, caçador de recompensas, aventureiro. Recebeu a alcunha de Dan Max.

E em um determinado momento, com problemas em seu gog'magogue, acabou caindo em Arton, o "Grande Prêmio", onde os deuses miravam suas atenções divinas. Dan Max decidiu que era hora de conhecer o lugar para constatar se era isso tudo que diziam.
Anterior

Voltar para A Estalagem do Macaco Caolho

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.

cron