PBF - Revolução de Ferro [TRPG]


Espaço para assuntos não cobertos pelos outros fóruns. Lembre-se: a estalagem fica em Petrynia... Exageros são permitidos!

Avatar do usuário

Mensagens: 3875

Registrado em: 22 Jul 2015, 21:23

Mensagem 25 Ago 2017, 07:13

PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Imagem


Por anos a Aliança Negra foi considera um mito, mesmo depois da confirmação de sua existência, ela foi deixada de lado após não avançar alem de Khalifor e outros problemas surgirem em Arton.... Mas isso não significa que ela parou, durante anos o General pôs um engenhoso plano em ação, o resto de Arton só se deu conta quando era tarde demais. A União Purpura foi tomada por Thwor Ironfist e seu exercito goblinoide. Quando a noticia correu Arton, todos assustados esperavam que com um posto avançado no meio do Reinado, a Aliança Negra iria atacar com força total e guerra iria tomar Arton.... mas o que aconteceu foi uma surpresa maior que a anterior. Ironfist e seu exercito haviam se debandado da Aliança Negra, agora com o nome de Horda de Ferro eles se abrem a negociações de paz e comercio com todos. Muitos pensaram que era uma armadilha mas nomes poderosos endorsavam a tentativa de negociação: Proddian Aghmen, Regente de Salistick e Vectorius, Lorde de Vectora, o Mercado nas Nuvens.
Agora todos se preparam as pressas para o grande encontro, onde as forças mais poderosas de Arton irão estar... afinal o que poderia dar errado?


A campanha vai se passar em 1417, os personagem irão fazer parte da entourage de algum dos lados envolvidos na negociação, podendo assumir qualquer papel dentro dela sujeito a aprovação, os lados envolvidos são:
O Reinado, O Império, A Liga Independente, Vectora, Doherimm (Facção de Tenebra) e por ultimo a Aliança de Ferro.

Entourage = comitiva

Vagas: 4-5. As vagas não serão por ordem de chegada e sim por históricos que sejam interessantes. Não precisa ser um épico, apenas aguce meu interesse.

Sistema: TRPG

Nível Inicial: 5º

Pontuação: 20 pnts

House Rules:
Regional gratuito e Desvantagem liberada (apenas uma)
AdO será usado
Paladinos obrigatoriamente devem seguir O&R
Material da DS/DB e site podem ser usados mas devem ser mostrados para mim primeiro para aprovação
Furia de Bárbaros da Savana mudará para bônus para ataques a distancia com armas de arremesso alem do corpo a corpo
Deathlin não são destruídos quando chegam a 0. Regras normais se aplicam a ele nesse ponto.
Niveis de Taumaturgista também acumulará com classes arcanas para fins de magias.
Magias de Invocação vão ser substituídas pelas de 3.5 com algumas ressalvas de dependo da classe. (as fichas das invocações ainda vão ser de TRPG apenas o que invoca será similar o de 3.5).
Existem "Mashin" feitos Reinado. Quer jogar com um construto que não seja Tamuriano? Va em frente, em termos de regra eles são como Mashin mas narrativamente não. Sua aparência será mais puxada pro Steampunk.
AZGHER e KHALMYR tem a tendencia Leal e Neutro.
No momento apenas Sedutor e Nobre de Valkaria são banidos. Pergunte o mestre sobre mais.

Pontos Importantes:

Aquele coisa toda da Guilda em Trollblabla aconteceu e por um milagre Shivarra conseguiu fugir, mas toda essa "aventura" causou grandes sequelas a ela. Temendo que as outras potencias olhassem isso como fraqueza do Reinado e desculpa para invadir, ela foi a procura da filha de Thormy, a qual depois de longas negociações assumiu o posto de Rainha Imperatriz com Shivarra como sua conselheira. Isso apaziguou um pouco as coisas mas apenas por um tempo e agora com essa surpresa de Ironfirst a nova Rainha Imperatriz deverá provar que merece o trono que senta ou as consequências serão terríveis.

Cisão de Doherimm terminou depois de uma sangrenta guerra civil, separando o reinos dos anões em dois lados: Facção da Luz (os tradicionalistas de Khalmyr) e a Facção das Sombras (os revolucionários de Tenebra). Os seres da superfície não sabem muito sobre os acordos feitos pelos dois lados, apenas que houve essa separação. Um grande influxo de anões proveniente da Facção da Sombras pode ser notado depois da guerra civil, principalmente se dirigindo para Liga Independente. Isso causou um grande aumento de cultos a Tenebra pela população geral.

Personagens Importantes:

Horda de Ferro -Líder da Horda de Ferro e ???? O Grande General Thwor Ironfist, Engenheiro Chefe da Aliança de Ferro Struxx Blackfuse, Líder da Guarda Kor'kron Hydia Paleblade, ????

Reinado - Concelheira da Rainha Imperatriz Shivarra Sharpblade, Generais de Divisão de Yuden Rohan Bloodaxe e Laresa Ironfoot

Liga Independente - Regente de Salistick Proddian Aghmen, Regente de Callistia Planthor Orako, Regente de Nova Ghondriann Erov Kadall, ????

Império de Tauron - Imperator Aurakas, Sumo sacerdote de Tauron Kelskan, Legado Felticitus

Vectora - Senhor Máximo da Magia e Regente de Vectora Vectorius, Concelheiro da Terra Relius Drover, Concelheiro da Agua Félhiasis, ????

Doherimm (Facção de Tenebra) - Lord das Sombras Moira Darkmonn, Sumo Sacerdote de Tenebra Raz-AI-Baddinn, Representantes da Guilda dos Armeiros Berrin Powderbeard

...................

NOME:
Jogador:
Idade: ; Sexo: ; Altura: ; Peso: ; Tamanho: ;
Raça: ; Classe: ; Nível: ; Alinhamento:
Idiomas:

Deslocamento:
Iniciativa: +0
Sentidos: Percepção + x, Sentido.
Classe de Armadura: 10 (10 + x Des, +0 Escudo, +0 Armadura, + x outro, + x nível)


Resistências:
Fort + x,
Refl + x,
Vont + x.


Ataques
Corpo-A-Corpo:
Ataques à Distância:

Habilidades:
For 10, (Gasto x, +outro)
Des 10, (Gasto x, +outro)
Con 10, (Gasto x, +outro)
Int 10, (Gasto x, +outro)
Sab 10, (Gasto x, +outro)
Car 10, (Gasto x, +outro)

Pontos de Vida: /
Pontos de Magia: /
Pontos de Ação: /

Perícias:

Desvantagem:

Talentos por nível:

Talentos de Classe:

Habilidades de Classe:

Magias:

CD: X+ nível da Magia.

Truques:
Nível 1:
Nível 2:

Equipamentos:

Background:
Editado pela última vez por Senimaru em 09 Jan 2018, 18:46, em um total de 31 vezes.
Avatar do usuário

Mensagens: 15811

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 25 Ago 2017, 09:46

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Olá, Zenimaru, fiquei muito curioso com a proposta cheia de ousadura.

Viso jogar! A dona do Reinado ainda é Shivara em 1417? Se não, quem é?
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 3211

Registrado em: 10 Dez 2013, 13:50

Mensagem 28 Ago 2017, 15:42

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Como é que eles foram parar na União Púrpura?
"Barbárie é o estado natural da humanidade. A civilização não é algo natural. É um capricho de circunstância. O barbarismo há de triunfar sempre no final."

- Robert E. Howard
Avatar do usuário

Mensagens: 484

Registrado em: 20 Set 2016, 10:36

Mensagem 28 Ago 2017, 15:42

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Imagem

NOME: Aktia vrom Akatra
Jogador: Wiccan
Idade: 18 Anos ; Sexo: Feminino ; Altura: 1,70m ; Peso: 62kg ; Tamanho: Médio ; 
Raça: Humana ; Classe: Nobre 3/Barbara 1/Barda 1 ; Nível: 5 ; Alinhamento: Neutra
Idiomas: Valkar, Akatrasleng[Dialeto Bárbaro]
Deslocamento: 12 m
Iniciativa: +11
Sentidos: Percepção + 10
Classe de Armadura: 22 (10 + 3 Des, +0 Escudo, +4 Armadura, + 3 Autoconfiança, + 2 nível)


Resistências: 
Fort + 4*,
Refl + 7, 
Vont + 6.

+8 para evitar dano de frio ou calor

Ataques 
Corpo-A-Corpo:+6
Ataques à Distância:+6

Desarmado +6, 1d3+5,x2
Presas de Lobo +6 [Arma Dupla], 1d8+6/1d8+6 , 19-20/x2
Adaga +6, 1d4+5 , 19-20/x2
Arco Longo+6, 1d8 +2, x3

Habilidades: 
For 16,+3 (Gasto 4,+2 Nível)
Des 16,+3 (Gasto 4, +2 Racial)
Con 10,+0* (Gasto 0)
Int 14,+2 (Gasto 4)
Sab 14,+2 (Gasto 4)
Car 16,+3 (Gasto 4, +2 Racial)

*+4 para prender o fôlego e evitar dano por fome e sede

Pontos de Vida: 28/28
Pontos de Magia: 4/4
Pontos de Ação: 1/1

Perícias: Adestrar Animais (Car)+11,Acrobacia(Des)+11,Atuação-Oratória e Dança(Car),+11,Cavalgar (Des)+11,Conhecimento-Estratégia e Geografia (Int)+10,Conhecimento-Outros (Int)+3, Diplomacia(Car)+11,Enganação (Car)+11,Furtividade(Des)+11,Iniciativa (Des)+11, Intimidação (Car)+11, Intuição (Sab)+10, Meditação(Sab)+10, Obter Informação (Car)+11, Ofício-Metalurgia e Armas de Cerco (Int)+10, Percepção (Sab)+10, Sobrevivência(Sab)+10

Desvantagem: Magricela [Usar Arma Exótica-Espada Dupla]

Qualidades Raciais: +2 em dois atributos(Destreza e Carisma), 2 talentos adicionais(Faz Tudo,Tolerância), 2 pericias treinadas(Furtividade e Acrobacia)

Talentos Regional: Arma Dupla[União Púrpura]

Talentos por nível: 1º-Combater c/ 2 Armas, 3º-Conhecimento de Golpes(Ferir o Braço,Aparar Ataque Corpo a Corpo) 5º-Grito de Poder(Chefe de Guerra,Coordenar)

Talentos de Classe:Usar Armaduras (leves, médias, pesadas),Usar Armas Simples, Usar Armas Marciais, Usar Escudos, Fortitude Maior, Vontade de Ferro.

Habilidades de Classe: Autoconfiança,Frivolidade-Meditação,Herança ,Orgulho 1/dia,Riqueza ,Comandar,Contatos ,Fúria 1/dia, Movimento Rápido,Conhecimento de Bardo, Música de Bardo x4 [Inspirar Coragem,Melodia Revigorante]

Multiclasse:Reflexos Rápidos[Bardo], Sobrevivência[Bárbaro]

Magias:

CD: 13+ nível da Magia.

Truques: Prestidigitação, Orientação, Resistência, Detectar Veneno

Nível 1: Benção,Comandar,Perdição,Santuário

Equipamentos:
Camisa Cota de Malha Sob Medida (1000 to), Kit de Aventureiro(10 to), Adaga(2 to) , Espada Dupla Magistral e Brutal(Herança), Traje de Frio(15 to),Cavalo de Montaria-Arkehon(75), Sela (15to), Corselete de Couro para Arkehom(40to),Cão de Guarda-Shiuov(400 to), Corselete de couro para Shiouv(20 to),Machadinha 2(4to),Arco Longo(100to),40 flechas(2to)3 Poções Curar Ferimentos Leves(150 to)

171to restante

Shiuov;Animal 4 , Neutro; Médio; Desl. 9m; Iniciativa+5; PV 28; CA 19 (+3 Des,+2 armadura, +2 natural ,+2 nivel); Mordida +8 (1d6+8); Fort +7, Ref +7, Vont +2: For 18, Des 17, Con 17, Int 2, Sab 12, Car 6; Perícias e Talentos: Percepção +11(Faro e Visão na Penumbra)Atletismo +13, Prontidão,Morder o Tornozelo

Background:
Antes de se tornar o que é hoje o clã Akatra eram tão selvagens quanto os demais clãs bárbaros que habitavam Arton. Mas tudo mudou com o seu pai: Arke. Após seu avô ser morto por um bárbaro rival e perder a liderança da tribo para ele, seu pai não quis vingança simplesmente e abandonou a tribo viajando pelo mundo, enfrentando perigos e desafios, mas o seu objetivo principal era encontrar algo que pudesse fazê-lo vencer o maior guerreiro de sua tribo, retomar o posto seu por direito, ser um líder respeitado e temido e ele achou uma arma poderosíssima - o conhecimento.

Seu povo era iletrado e selvagem, eram guiados apenas pelo instinto e seguiam o que fosse mais forte, pareciam animais e monstros irracionais, então após o adquirir o conhecimento necessário Arke voltou , não foi reconhecido e por ter invadido as terras foi aprisionado, isso deu tempo para ele observar e ouvir, conversar e enganar alguns guardas por informações, assim descobriu não só as fraquezas físicas como a reputação e crimes cometidos contra membros de famílias rivais. Então com o apoios das outras famílias e com as técnicas que aprendeu venceu o seu rival e retomou o poder da tribo.~

•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••

Aktia nasceu do segundo casamento de seu pai, ele conseguiu em pouco tempo criar uma civilização e transformar uma antiga ruína em uma cidade , ensinou os bárbaros a ler e a escrever tanto o valkar como o dialeto da tribo que anos depois foi chamada de Akatrasleng após Arke criar um alfabeto para o dialeto. Assim a pequena barbara cresceu nesse ambiente onde civilização e selvageria andam de mãos dadas sendo criada para ser a próxima a comandar o seu povo assim que o destino quiser.

Sendo altamente educada tanto por seu pai, como pelos melhores guerreiros e eruditos da sua cidade Aktia também viajou muito junto com seu pai para fazer acordos diplomáticos e de comércio fazendo com que a menina acabasse aprendendo um pouco de tudo, ela é praticamente uma versão feminina de seu pai porém ao contrario deste ela ainda mantém uma essência dos bárbaros e isso é notado na forma de lutar . Na adolescência já mostrava um instinto de comando muito forte e as pessoas a seguiam não por medo ou respeito , mas por gostarem da forma como ela não deixava as tradições antigas de lado fazendo com que os mais tradicionalistas também a admirassem.

Hoje com seu pai doente Aktia foi forçada a assumir temporariamente como Vaiz um título honorário temporário onde alguém de alto comando substitui o rei de Akatra, seu pai ainda precisa aprovar a maioria das decisões porém é Aktia o rosto que as pessoas veem e para a surpresa de Arke o povo tem sido mais prestativo com a filha em comando , mas ainda temente que alguém acabe se aproveitando disso e feri-la no lugar dele mesmo. Mas logo seus temores diminuíram ao descobrir que Aktia conseguiu impedir uma revolta civil de inimigos de sua família comandando um batalhão e saindo vitoriosa sem baixas. Então seu reino é invadido por um exercito goblinóide, remanescentes da Aliança Negra, o ato acaba fazendo com que o povo a pressione pode deixar Aktia em uma situação delicada acabando por ter que tomar decisões difíceis, devido a isso mandou um mensageiro a todos os lideres remanescentes da União Purpura convocando um conclave para tomar uma decisão sobre a invasão.
Editado pela última vez por Wiccan em 26 Set 2017, 23:03, em um total de 4 vezes.
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 11582

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 28 Ago 2017, 16:41

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Pretendo fazer um Engenhoqueiro Goblin Ladino, mas vou demorar para fazer a ficha. Era para ter sido semana passada, mas o fórum não ajudou.

Edit: Erudito está valendo?
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 92

Registrado em: 27 Jun 2017, 18:39

Localização: São Bernardo do Campo - SP

Mensagem 30 Ago 2017, 16:12

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Opa, vou me candidatar a vaga com um monge minauro. Já estou com a ficha pronta e o histórico na cabeça, vou ao terminar de escrever e postar aqui.

Aliás, por estar ainda me acostumando com o sistema do TRPG (velho de guerra da 3.5 ainda) vou pedir a ajuda de todo mundo para revisar e vir se não fiz bobagem, hehe.

UPDATE: Além do mestre, claro, alguém pode me apontar se diz alguma bobagem? Valeu!


Imagem

NOME: Terminus Odehar, o Irredutível
Jogador: Tiago "The Portal" Soares
Idade: 29 anos ; Sexo: Masculino ; Altura: 1,95 ; Peso: 90kg ; Tamanho: Médio;
Raça: Minauro ; Classe: Monge ; Nível: 5; Alinhamento: Leal e Bondoso
Idiomas: Valkar, Táurico, Anão

Deslocamento: 12m
Iniciativa: +12
Sentidos: Percepção +9.
Classe de Armadura: 18 (10 + 4 Des, + 2 Sexto Sentido, + 2 nível)

Resistências:
Fort + 6,
Refl + 8,
Vont + 5.

Ataques:
Corpo-A-Corpo: +9
Ataques à Distância: +9

Ataque Desarmado: +9, 1d8+6 (+4 For, +2 1/2 nível)
Bordão de madeira tollon: +9, 1d6+8 (+4 For, +2 1/2 nível, +2 talento regional), x2
Nunchaku: +10 (+1 obra-prima), 1d6+6 (+4 For, +2 1/2 nível), x3
Sai - corpo-a-corpo: +10 (+1 obra-prima), 1d6+6 (+4 For, +2 1/2 nível), x2
Sai - distância: +10 (+1 obra-prima), 1d6+6 (+4 For, +2 1/2 nível), x2
Shuriken especial: +10 (+1 obra-prima), 1d4+6 (+4 For, +2 1/2 nível) x2
Shuriken: +9, 1d4+6 (+4 For, +2 1/2 nível) x2

Habilidades:
For 18,+4 (Gasto 3, +4 Racial, +1 Nível)
Des 18,+4 (Gasto 6, +2 Racial, +1 Nível)
Con 14,+2 (Gasto 4)
Int 14,+2 (Gasto 4)
Sab 13,+1 (Gasto 3)
Car 10,+0 (Gasto 0)

Pontos de Vida: 42/42
Pontos de Magia: -
Pontos de Ação: 1/1

Perícias: Acrobacia (Des) +17, Atletismo (For) +17, Cura (Sab) +9, Iniciativa (Des) +12, Ofício - Carpintaria (Int) +10, Percepção (Sab) +9, Furtividade (Des) +12 (Racial)

Desvantagem: Amaldiçoado (ganha Desarmar Aprimorado)

Qualidades Raciais: +2 For, +2 outro atributo (Des), +2 outro atributo (For), 1 talento adicional (Derrubar Aprimorado), 1 perícia treinada extra (Furtividade)

Talento Regional: Arma de Madeira Mágica (Bordão - Tollon)

Talentos por nível: Especialização em Combate (1º nível), Autossuficiente (3º nível), Agarrar Aprimorado (5º nível)

Talentos de Classe: Usar Armas (simples), Usar Arma Exótica (nunchaku, sai, shuriken), Fortitude Maior, Reflexos Rápidos, Vontade de Ferro, Ataque Desarmado Aprimorado.

Habilidades de Classe: Dano Desarmado (1º nível), Rajada de Golpes (1º nível), Sexto Sentido (1º e 5º níveis), Técnica de Luta (1º nível - Ataque Atordoante, 2º nível - Fintar Aprimorado), Evasão (2º nível), Movimento Rápido (3º nível), Ataque Chi (4º nível), Movimento Ágil (4º nível)

Equipamentos:
Bordão de Madeira Tollon (via talento regional), Kit de medicamentos obra-prima (150 TO), 2 nunchaku obra-prima de madeira tollon (804 TO), 2 sai obra-prima (610 TO), 1 shuriken obra-prima (301 TO), 13 shuriken convencionais (13 TO), kit do aventureiro (10 TO)

(112 TO restantes)

Background:
Quando Nimb jogou os dados para decidir como Deus à vida de Terminus, os números não foram generosos. Abandonado recém-nascido às portas de um pequeno templo de Lena (não coincidentemente após a passagem de uma caravana de Tapista) numa vila em Tollon, nas cercanias de Follen, quase na fronteira com Ahlen, ele nunca soube quem foram seus pais. Tudo o que havia em seu cesto era um bilhete escrito em táurico, sem assinatura, dizendo que a pessoa estava colocando "um fim nesta vergonha". Daí veio seu nome Terminus (que significa "fim" na língua dos minotauros). As próprias clérigas de Lena não perceberam de imediato o motivo do abandono, até que semanas depois um viajante de passagem (um clérigo de Tanna-Toh) percebeu que o bebê não era um minotauro puro, mas sim um raríssimo mestiço minauro - usual motivo de vergonha na hermética sociedade táurica.

Seu segundo abandono veio pouco tempo depois: ainda que tenham salvo sua vida e nutrido o infante de seu próprio seio, a ordem de Lena não permitia que homens ingressasem em suas fileiras. Assim, antes mesmo de completar um ano Terminus foi enviado por Felícia, a líder do templo, para a família dos Odehar, marceneiros de vida razoável (num local onde o trabalho em madeira é mais que valorizado). Sua ligação com as clérigas, no entanto, não terminou neste momento: durante toda a infância um quase instinto maternal o levava o tempo todo a querer estar com elas e de alguma forma ser aceito na ordem, o que não podia acontecer - ainda que ele tenha aprendido alguns princípios de cura e tratamentos simples. Ao mesmo tempo, sua insistência em tentar ser aceito no templo de alguma forma gerou uma pequena mágoa em Carbus Odehar, seu pai adotivo. Não que Terminus o desprezasse ou algo assim - o garoto sempre deu o melhor de si para sua família adotiva, inclusive aprendendo o ofício de marceneiro - mas o simples desejo de voltar a conviver com Felícia e suas irmãs de ordem não permitiu que ele se tornasse parte integrante dos Odehar, mesmo carregando seu nome.

Um pouco antes de completar 10 anos de idade sua vida deu uma nova guinada: numa breve jornada de busca de madeira o jovem Terminus acabou de perdendo de seu pai e do grupo, ficando dois dias vagando pela floresta. No começo da segunda noite deu de cara com um cruel grupo de trolls, que teriam terminado sua existência ali mesmo, não fosse pela intervenção de um misterioso homem idoso. Sem armas de qualquer tipo além de uma tocha e os movimentos mais graciosos que Terminus já vira ele derrotou as criaturas. Seu nome era Lin-Su-Dan, O Filho da Luz Azul, um monge recluso expatriado do Tamu-ra muitos anos antes da chuva rubra maldita consumir tudo. Ele localizou facilmente o grupo do pai de Terminus devolvendo o garoto são e salvo. O jovem minauro, no entanto, ficou completamente encantado com a técnica de Lin-Su-Dan e decidiu que ele iria seguir o mesmo caminho. Qual não foi sua frustração, no entanto, quando o velho monte declinou o pedido de tomá-lo como aprendiz, declarando o jovem "inadequado" e que este deveria continuar como carpinteiro.

As lembranças da recusa de Felícia em juntar-se a ordem de Lena consumiram o coração de Terminus, mas dessa vez ele não se deu por vencido. Alguns dias depois ele fugiu para a floresta atrás de Lin-Su-Dan, mas este recusou novamente, e por mais duas vezes ele continuou recusando. A frustração de Terminus não foi maior por um motivo: ele percebeu algo nos olhos frios e na postura dura do monge, algo diferente. Em seu íntimo ele não sentia a recusa como sincera, mas talvez como um teste. No quarto encontro deles, logo após a recusa, Terminus expôs o que pensava num tom de mágoa. Lin-Su-Dan então lhe contou a história de uma longa depressão num penhasco junto ao mar em Tamu-ra; que para o olhar desatento a rocha parecia sólida e resistia às ondas impavidamente. No entanto, se o observador permitisse a reflexão e observação, iria ver as marcas das ondas onde a maré subia e descia, afundando a rocha lenta e inexoravelmente. O monge então se levantou, fez alguns movimentos lentos e estranhos e deixou aquele ponto da floresta. Terminus refletiu naquela noite sobre suas palavras e decidiu ser como as ondas.

Sua rotina nas semanas seguintes foi a mesma: acordar antes do raiar do sol e ajudar seu pai e irmão nas tarefas de carpintaria a maior parte do dia. No meio da tarde o minauro deixava a oficina e passava rapidamente para cumprimentar as clérigas de Lena, dirigindo-se para a floresta. Lin-Su-Dan estava sempre sentado meditando na mesma rocha, e recusava sempre o pedido de Terminus de treiná-lo. Depois se levantava e começava a fazer alguns exercícios estranhos, como se lutasse embaixo d'água, lentamente. Sem dizer uma única palavra Terminus tentava imitá-lo - inicialmente de forma desastrada, mas pouco a pouco conseguindo reproduzir a mesma graça. A cada dia os movimentos mudavam, o que exigia mais ainda do jovem minauro. Ao final de um ano, Terminus conseguia ter uma graça similar e movimentos sincronizados, quase como se lesse a mente de Lin-Su-Dan. No dia seguinte, ao perguntar se ele o aceitava como seu aprendiz, sua resposta foi "eu não preciso aceitar algo que você tornou verdade".

À partir daquele momento o treinamento de Terminus começou de forma intensa. Antes ele resolveu tratar de forma melhor a situação e pediu a benção de seu pai adotivo, que desta vez tinha mais admiração pela determinação demonstrada pelo garoto do que tristeza pela partida. Lin-Su-Dan levou Terminus para o coração da floresta em uma simples cabana, onde ensinou todo o princípio do Tai-Yun e suas técnicas de combate e autocontrole. Terminus não apenas aprendeu a lutar com armas estranhas ao seu povo, mas também como lutar com as mais nuas, causando mais estrago que armas metálicas! Sua dedicação era total, e seu talento deixou o próprio monge (normalmente impassível) impressionado com a velocidade que ele dominava a técnica. Mesmo assim Terminus aprendeu o peso do abandono e, sempre que possível e autorizado por Lin-Su-Dan ele retornava a sua vila para seus pais e as clérigas. Utilizando também da habilidade de lidar com madeira, ele mesmo criou (com a ajuda de Carbus) um bordão de madeira tollon de leveza e resistência incríveis, que se tornou sua principal arma.

Entrando em sua vida adulta com um conjunto de habilidades sem igual, o minauro poderia ter seguido uma vida de aventureiro sem esforço, mas ele simplesmente não via motivo. Alternava seu continuo treinamento com Lin-Su-Dan com visitas a sua vila e utilizava suas habilidades em ocasionado defesa dos moradores - sejam de feras selvagens, salteadores ocasionais ou mesmo os sempre presentes trolls que vinham da floresta. E sua rotina não teria mudado não fossem as Guerras Táuricas. A invasão das tropas de Tapista não apenas mudaram a vida do reino inteiro, mas foram especialmente dolorosas para Terminus por sua origem. Um primeiro momento de indecisão sobre sua posição na guerra foi logo deixado para trás quando uma tropa avançada de centuriões veio até aquela região. A primeira ameaça foi justamente conta seu irmão adotivo Trunar, que numa discussão com o líder de um destacamento de centuriões foi morto por seu gladio. Terminus colocou seu treinamento em prática e derrotou os soldados com uma facilidade assombrosa. A partir daí o minauro e seu mestre tomaram parte na defesa daquela região de tollon. Utilizando de estratégia e sagacidade (incluindo técnicas furtivas e não-convencionais, espionagem e até o aprendizado da língua táurica para entender melhor o inimigo) eles conseguiram proteger relativamente não apenas a vila mas a região - com auxílio de parcas tropas do reino destacadas para o local e alguns druidas de Follen. Sua determinação começou a lhe render fama tanto entre os tollonianos quanto entre os invasores, o que lhe rendeu a alcunha de O Irredutível. Em especial, o centurião Felticitus, responsável pela região, nutre abertamente raiva e admiração pelo mestiço.

No entanto, o abandono veio mais uma vez, mas dessa vez do mais alto possível: o Rei-Imperador Thormy se entrega como refém para o então Império de Tauron, terminando a guerra e deixando Tollon sob o jugo táurico. Sem quase aliados (em sua maioria obrigados a parar pelo armistício), com Lin-Su-Dan tombado em batalha e com o cerco se fechando, Terminus recebe um ultimato de Felticitus: entregar-se como escravo, deixar o reino ou receber a punição máxima. Aconselhado pelo pai, Felícia e toda a vila, Terminus resove deixar Tollon. Como o mar, ele recua na maré baixa aguardando pacientemente sua oportunidade.

Terminus exilou-se em Deheon, onde busca formas de livrar seu povo do domínio do Império, possivelmente aliados, sem muita sorte. Até que ele ouve falar da Aliança de Ferro, e o súbito interesse de vários poderes, inclusive o Império...

Personalidade: Terminus não é especialmente marcante enquanto pessoa, normalmente calado. Se tem que expressar opiniões costuma utilizar parábolas enigmáticas para tal. Contudo, esporadicamente sua natureza minaura vem a tona e ele se permite momentos de descontração e riso

Apesar da personalidade um tanto fechada, Terminus é gentil e sempre está disposto a fazer a coisas certa. Em combate alterna o uso de ataques desarmados - ora não-letal, ora completamente letal, confirme o caso - manobras de desarme e usos criativos de agilidade. Como armas usa o bordão de madeira tollon que ele e seu pai fizeram, um par de nunchakus de tollon que este deu de presente em sua partida de Tollon, o par de sai que pertenciam ao seu mestre e shurikens para ataques a curta distância - uma delas também pertencia a Lin-Su-Dan, vinda junto com os sai da distante Tamu-ra. Terminus somente usa está shuriken em algum momento crítico do combate - e sempre vai pegá-la de volta. Terminus ainda possui uma caixa com instrumentos de cura dada por Felicia e suas irmãs, e uma pequena plaquinha de madeira tollon com seu nome feita em conjunto pelos outros habitantes de sua vila - ambos presentes também dados a ele em sua triste despedida ao fim da guerra.

Terminus não presta homenagem específica a qualquer deus. Por seu passado tem uma reverência por Lena, mas a recusa de entrar em sua ordem não permite mais que isso. Lin-Su-Dan lhe ensinou alguma coisa sobre Lin-Wu mas nunca ele mesmo parecia ter qualquer prova maior de fé. E de qualquer forma, o minauro desconfia que algum dos deuses não gosta muito dele (Tauron, talvez?), pois sempre que havia algum momento crítico de sua vida algo parecia dar errado. Terminus sempre teve que confiar na própria habilidade ao invés de qualquer entidade externa.
Editado pela última vez por ThePortal em 13 Set 2017, 21:32, em um total de 3 vezes.
"Se quiser ser alguém na vida, devore os livros"
(Seu Madruga)

PbF's:
Ex-Heróis: Mathew Morgan / Borrão
Revolução de Ferro: Terminus Odehar
Contra Arsenal: O Doutor
Avatar do usuário

Mensagens: 15811

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 30 Ago 2017, 21:13

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Vou fazer um meio-dríade druida de Megalokk (sem seguir as O&R, é claro) de Greenleaf. A história tá montada, escreverei amanhã.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 3211

Registrado em: 10 Dez 2013, 13:50

Mensagem 31 Ago 2017, 07:36

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Tô vendo teu roubo Aldenoob. Quer copiar o combo do manolo da Masmorra de Valkaria :lol: :lol: :lol:
"Barbárie é o estado natural da humanidade. A civilização não é algo natural. É um capricho de circunstância. O barbarismo há de triunfar sempre no final."

- Robert E. Howard
Avatar do usuário

Mensagens: 484

Registrado em: 20 Set 2016, 10:36

Mensagem 31 Ago 2017, 07:55

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Foi a primeira coisa que pensei ao ver tb kkkkkk
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 92

Registrado em: 27 Jun 2017, 18:39

Localização: São Bernardo do Campo - SP

Mensagem 31 Ago 2017, 08:16

Re: PBF - Revolução de Ferro [TRPG]

Ficha enviada. Queria ter uma imagem melhor, mas é difícil achar figuras de minauros, hehe.
"Se quiser ser alguém na vida, devore os livros"
(Seu Madruga)

PbF's:
Ex-Heróis: Mathew Morgan / Borrão
Revolução de Ferro: Terminus Odehar
Contra Arsenal: O Doutor
Próximo

Voltar para A Estalagem do Macaco Caolho

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.