Forte Martim


Entre em seu robô gigante e parta em direção à Constelação do Sabre, um império galáctico repleto de intriga e aventura!

Avatar do usuário

Mensagens: 2596

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:15

Localização: Rio de Janeiro

Mensagem 09 Dez 2013, 19:47

Forte Martim

forte_martim.png
Brasão Regencial de Alabarda (Clã D'Altoughia)
forte_martim.png (69.83 KiB) Exibido 2413 vezes


Tópico dedicado ao planeta Forte Martim da Constelação do Sabre.
_______________________________________

— Lancaster —
Avatar do usuário

Mensagens: 2596

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:15

Localização: Rio de Janeiro

Mensagem 27 Dez 2013, 11:46

Re: Forte Martim

Trazendo a conversa do Kiba Wan e do resto do pessoal lá no tópico antigo, para fins de preservação das espécies. :)

Kiba-Wan escreveu:Só mudando de assunto e pra introduzir uma discussão até mais notícias sobre material vindouro...Alguém mais ai acha que a Princesa Adelaide daria uma vilã muito interessante? XD

Powzin escreveu:QUE HERESIA, VELHO! XD

Kiba-Wan escreveu:Sério? Vamos analisar...Ela subiu ao trono aos 14 e nos dois anos seguintes, seguindo todas as informações que temos disponíveis até agora, ela não fez NADA, digo nada de reforma ou coisa "Pro-Povo", a ação mais marcante dela foi mandar construir a Dâmocles. O que é a Dâmocles realmente? É um Salão de Festa que fica invisível? Não, é uma estação espacial com um CANHÂO apontado pro próprio planeta que ela governa.
Uma arma orbital, vamos encarar, não é pra defesa, esse tipo de arma não é um bisturi, é uma WMD. Se atirar com a parada você não precisa nem descer pra atmosfera pra saber o resultado...Ou seja, ela tem um planeta refém...
A relação dela com a Brigada, bem, como ela tem muitos inimigos políticos ela usa a brigada como sua polícia particular, pra proteger o povo? Pra proteger o Império? Não, pra manter ela no trono...
O que motiva a princesa? VINGANÇA...
Precisa de mais pra um vilão interessante? XD

Eddie J. escreveu:Tão Star Wars...

ISMurff escreveu:Sinceramente o Kiba-Wan tem razão. E a tal vingança que ela sempre busca? Ela tem 14 aninhos. E quando conseguir, vai ficar boazinha do nada? Pra mim vira uma história da Branca de Neve. Ela vira a rainha má e a nova missão da Brigada será resgatar a irmã dela do exílio para transforma-se na nova regente.
Se bem que eu sou suspeito pra dar esse tipo de opinião. Acho que Batman e Super são zilhares de vezes melhores como vilões e faço os jogadores pensarem duas vezes antes de sair matando tudo por ai, com fortes possibilidades deles matarem inocentes em meio aos seus combates e serem punidos por isso.
Sou doente :-P :lol: :twisted:

Kiba-Wan escreveu:Star Wars hahahha Não é Kiba-Wan por acaso...
Imagina, a Adelaide quando fica sozinha, olhando no espelho falando com olhar de insano "Mamãe, Papai...eu vou vinga-los...eu vou, eu vou ter a nossa vingança..."
Imagem
Tu não é doente não, é consequência ora essa. Não se pode lançar um Kamehameha no meio da cidade e esperar que não tenha ninguém nos prédios hahahaha. Brincadeiras a parte, Gundam tem bastante disso, "efeito colateral" de pancadaria, o Seed Destiny é basicamente criado em cima disso XD

Powzin escreveu:Certamente tu deixou algo escapar ai. A leitura do capítulo sobre forte martim mostra que de certo, você está enganado. A razão é: porque ela não fez? Você acha que é fácil, ela simplesmente chegar e dizer "reforma política!"? Tem toda a situação política do mundo em questão que você está esquecendo de considerar.
Tu diz que ela procura vingança. Mas ela procura justiça, também. Afinal, teve sua família massacrada pelos "poderosos" do mundo em que ela está.
Sim, sim. Tem uma arma orbital para, se for necessário, ela empregar a "diplomacia do canhão."
A relação dela com a Brigada, bem, como ela tem muitos inimigos políticos ela usa a brigada como sua polícia particular, pra proteger o povo? Pra proteger o Império? Não, pra manter ela no trono...

Mano, vai ler o capítulo de Forte Martin presente no RPGista que você vai entender melhor. Está sendo meio simplista assim.
Não estou falando que ela não possa ser uma boa vilã, porque até poderia...
MANS, que a situação em que ela se encontra, com base nas informações do livro, é bem diferente para que ela seja vista como vilã.
E tu desconsiderou a situação política de Forte Martin nessa análise ae. :S

ISMurff escreveu:Ainda acho que no final das contas ela será uma regente tirânica.

Kiba-Wan escreveu:Reforma e Estado Político de Martim...
Eu não disse que ela deveria chegar e fazer a reforma latifundiária no dia seguinte da coroação, e sim, eu digo coroação por que segundo o livro os Príncipes-Regentes atuam como reis em seus próprios domínios, logo, quem realmente poderia ir contra a palavra do Rei? A nobreza de Martim já esta em cheque, note ela possívelmente só aceitou os termos da brigada e foi pro armistício por que percebeu que não tinha como vencer o Império.
Se a crise aumentar pro lado da regente a Brigada vem pra esmagar, isso provavelmente traria mais presença "não ideal" do Império na região, ai, começa a se espalhar a pergunta entre nobres, se a Brigada começa a ter tanta autoridade assim sobre um domínio, qual é a real necessidade de uma Guarda Regencial ? *Insira plot Aqui*
Voltando ao assunto 1, não esta dizendo ali que a princesa em seu próprio domínio criou uma série de hospitais ou que planeja autorizar mulheres na Guarda Regencial ou que talvez, apóie a Reforma no Judiciário, alias, a única política externa aparente da princesa são "acordos bilaterais" com qual mundo? Bismarck, um mundo BÉLICO.
Justiça? Se ela esta atrás de justiça por que não entrega a "investigação" sobre a morte dos pais para a Brigada? E justiça é um termo bastante evasivo que possuí uma próximidade bastante perigosa com a vingança e, vamos encarar, ela tem 16, não é exatamente um poço de sabedoria e o que em resumo foi dito a ela enquanto ela crescia? "Mataram seus pais e todo mundo com poder no seu planeta te quer morta ou longe, e ai, qual vai ser?!".
A Dâmocles é uma arma de destruição em massa, é um canhão orbital ora essa! Ele não difere amigo de inimigo, criança de soldado...etc...E esta apontando pro planeta...Usar diplomacia de Canhão quando se pode destruir uma cidade com um tiro técnicamente isso não vai contra tudo pelo qual o Tio Silas lutou?
Só deixando claro que quando digo "reforma" são em coisas pequenas, como o ingresso de mulheres na Guarda Regencial, um acordo energético a lá lula e coisas assim, vamos mudar de reformas para "Políticas Públicas" XD
E por ultimo e não menos importante, por que ela conseguiria se dar bem com esse "lado negro"? É muito simples, com a morte do Falconeri verdadeiro e com os Proscritos a Constelação do Sabre desesperadamente deseja e precisa de um herói, a garotinha que teve os pais assassinados encaixa perfeitamente como uma heróina, quem desconfiaria dela? Quem?
Certo, estou parecendo o questão vendo conspiralção em todo lugar...mas agora, imagina, isso tudo, não funciona pra rodar pelo uma história meio-interessante? XD

Powzin escreveu:Kiba-Wan, como eu disse: ela poderia sim ser uma boa vilã.
O ponto é que ela não é uma vilã. E isso fica claro no próprio tom dos escritos sobre ela e Forte Martin.

Fica o registro.
_______________________________________

— Lancaster —
Avatar do usuário

Mensagens: 73

Registrado em: 02 Jan 2014, 03:59

Localização: Leocádia - Albuquerque

Mensagem 02 Jan 2014, 15:55

Re: Forte Martim

Legal essa discussão...gosto muito da História de Forte Martin e gostaria de fazer algumas observações:

Na minha opinião, não acredito na Princesa Adelaide como vilã. Se vingança e sangue fossem as únicas coisas que a motivam, ela poderia simplesmente ter se mantido na obscuridade e entrado em Forte Martim para promover uma onda de assassinatos e assumir o trono com todos os seus inimigos no caixão. Mesmo uma princesa não pode fazer nada sem apoio da nobreza que controla basicamente toda a força militar e econômica do planeta, então não da pra esperar muita coisa vindo dela enquanto ela não estiver realmente no controle da situação. Eu acho que ela tem sido muito esperta, destituindo nobres problemáticos e substituindo-os por pessoas de confiança, com o tempo ela vai ter uma nobreza feita apenas por pessoas de confiança e vai poder começar a governar de fato.
Com relação a Dâmocles, realmente ela tem um canhão virado para o próprio planeta, mas acho que ele é mais uma garantia contra um segundo levante do que para manter o mundo refém. A verdadeira função de Dâmocles na minha opinião é servir de território neutro para que ela possa julgar e punir os traidores segundo as leis do império e longe da influência de seus inimigos sobre o poder judiciário.
Ao meu ver, o uso da Brigada como guarda é uma forma de manter o poder do império ativo em Forte Martim para frear qualquer intenção de guerra dos seus inimigos, e não podemos esquecer que a guarda regencial de Forte Martim não é exatamente confiável.
Agora eu não nego que é ódio e vingança que a motiva, e se no futuro ela vir a sobrepujar a nobreza e assumir efetivamente o controle do planeta, não me surpreenderia se ela começa-se uma guerra contra Tarso.
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 22

Registrado em: 09 Dez 2013, 19:12

Mensagem 03 Jan 2014, 17:05

Re: Forte Martim

Bem, Bem...A volta dessa discussão adorável sobre a Vilania da Adelaide xD

Olha, chegar matando não funcionaria numa vingança digna de verdade, especialmente para uma vilã de classe como a Adelaide! Não, o negócio é bom quando se torna ardiloso e espera-se pelo momento certo. Permita-me explicar, ir atrás de vingança não é gritar "Vou te matar" e sair correndo com o Chidori na mão como a gente viu em algum lugar ai, que prefiro não falar o nome... :twisted:

AKA "Fazer gente sumir do nada..."

Ela esta agindo exatamente como um vingador de verdade deveria agir! Ela esta esperando o momento certo, ganhando acesso, aumentando sua influência, não deixando claras realmente suas intenções ou seu caráter verdadeiro...Um exemplo de vingador decente é o Patrick Jane.

Imagem

Em um episódio ele diz algo como :"Para atingir vingança você tem que ser desonesto, baixo e amoral, não pode deixar as pessoas saberem o que realmente está no seu coração."

Isso responde exatamente a maneira de como a nossa princesinha está agindo, ela não está mostrando sua verdadeira face em nenhum momento. Como bem mencionado, a guarda não confiável pra ela e por isso ela precisa manter uma certa aparência pra conseguir as boas graças do Império e manter a coroa enquanto ela vai lentamente ganhando a força necessária, é xadrez, ela esta esperando o momento certo do Cheque-Mate.

Já a Dámocles ser um lugar Neutro...bem...Ai tu realmente acertou, eu concordo que a função mais lógica do Palácio Invisível/Canhão possivelmente é essa mesma, um lugar onde ela pode realmente fazer valer a lei do Império ou/a sua própria...Já que se você notar pela aventura do livro básico, NÃO tem um posto da Guarda na Estação, curioso não? Pela mesma aventura, mesmo com o sucesso dos heróis...o que acontece com aquele nobre mesmo? Humm....

E sobre "O Canhão de Garantia" me desculpa, mas essa garantia só funciona de um jeito ao meu ver "Faça o que eu quero ou Badaboom". E além do mais, os EUA já nos ensinaram que bombas de grande impacto são inúteis contra insurgentes e entenda bombas, como o nosso querido Canhão Orbital, que eu digo novamente é uma espada, não um bisturi XD. No fim das contas eu mantenho a opinião, Adelaide é a Vilã de Forte Martim, escondida no rostinho de anjo. =]
Avatar do usuário

Mensagens: 73

Registrado em: 02 Jan 2014, 03:59

Localização: Leocádia - Albuquerque

Mensagem 04 Jan 2014, 02:18

Re: Forte Martim

Concordo que uma vingança da maneira que você descreve é muito mais dramática e romântica, e com certeza aumentaria ainda mais o prazer do vingador...porém não sei se me convence que um menina com 16 anos incompletos seria ardilosa a esse ponto...agora outra coisa que podemos pensar é que talvez ela não seja a Vilã, mas esteja sendo usada como marionete pelo verdadeiro vilão.
Pense nisso: Alguém de confiança da princesa, alguém mais velho, mais ardiloso, manipulando-a através de suas fraquezas, fazendo com que tanto ela quanto a nobreza façam os movimentos que ele precisa, então, quando a princesa estiver no poder depois de vencer os nobres traidores, ele começa a convence-la a fazer mais, a realizar ações terríveis, puxando as cordas como sempre fez, e no momento certo, ele a mata e assume o trono como o grande salvador...sem nobreza para atrapalha-lo e sem herdeiros legítimos para impedi-lo...
...Os piores inimigos são os que surgem no meio dos amigos...pense nisso.
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 22

Registrado em: 09 Dez 2013, 19:12

Mensagem 04 Jan 2014, 03:24

Re: Forte Martim

AGORA estamos chegando em algum lugar! Gostei! Gostei muito dessa opção de plot do mestre manipulador por trás da princesa! E quem diria não poderia ser ele o responsável pela morte dos pais dela? Uma jogada a longo prazo pra tomar o poder em Martim? Adorável! Eu concordo que seria uma história muito interessante, talvez, ainda mais interessante do que a Adelaide ser a vilã única da história, ficaria perfeito! Essa virada eu não tinha pensado adorei! Realmente isso seria plenamente possível.

Agora sobre a garotinha de 16 anos ser tão ardilosa, eu tenho minhas ressalvas e vou explicar, eu fiquei imaginando um motivo plausível para que moleque de 14 anos pegasse Robôs de 15 metros armados até os dentes e só consegui chegar a uma que me agradasse. O efeito clássico de Sci Fi "Idade Prolongada".

O que isso significa? Com a evolução tecnológica na constelação, especialmente falando de genética é mais do que natural imaginar que eles conseguiram prolongar a vida do ser humano exponencialmente em comparação com o que temos hoje, se uma pessoa vive em média 60-70 anos na Terra, nesse futuro espacial ela provavelmente viveria em média 100-150 anos e isso imaginando que passagem de tempo oficial é ainda a mesma da Terra.

O que eu imagino que aconteça no Sabre, é que a idade lá não leva em consideração essa passagem de tempo (Ela não se regula de acordo com o passado), então, um moleque que tenha 14 anos no Sabre, teria o equivalente a uns 20-21 no nosso mundo de hoje ou alguma coisa similar, na minha cabeça eu escolhi fazer da seguinte maneira, pegue a idade do personagem e multiplique por 1.5 para alcançar a idade que ele teria na Terra de Hoje.

É bastante simplista, mas...well...o que é que tem? XD

Voltando a discussão, eu gostei bastante da ideia da Sombra por trás da princesa! Agora a pergunta é...Ainda existe uma maneira de trazer a princesa de volta para o lado certo da força? Como confrontar alguém que é bem visto por amigos E inimigos de Martim? Será que os Proscritos tem alguma coisa haver com isso? Tarso esta por trás desse golpe? Será que o Conde de Albernaz falou algo interessante antes de morrer? Será que isso tem alguma coisa haver com "A ARMA" *? Muitas perguntas se erguem, muitos plots interessantes, muita aventura e intrigas...HAhAh Essa brincadeira dava uma campanha interessante.

Alguém ai a fim de narrar? XD



*Referência descarada a futura Campanha do Cenário.
Avatar do usuário

Mensagens: 73

Registrado em: 02 Jan 2014, 03:59

Localização: Leocádia - Albuquerque

Mensagem 04 Jan 2014, 13:04

Re: Forte Martim

Então...esse seria um plot interessante para uma continuação da aventura: A Serviço da Princesa regente...Da pra rolar uma campanha inteira só em FM, a questão é decidir no final quem seria o grande vilão...outra coisa legal é que no final da aventura, não importa se os heróis vencerem ou forem derrotados, vc não precisaria alterar o cenário, pois independente do resultado a briga da Adelaide com a nobreza continuaria do mesmo jeito.
Imagem

Mensagens: 60

Registrado em: 11 Dez 2013, 14:11

Mensagem 14 Fev 2014, 14:31

Re: Forte Martim

Sobre a questão da idade eu apontaria que, embora tenhamos toda uma série de expectativas quanto a quem é adulto, quem não é e suas capacidades, não são poucos os lugares, nos dias de hoje, em que se pode encontrar adolescentes - ou nem tanto - atuando como combatentes ou criminosos armados, por mais que isso nos pareça errado.

Até a Revolução Francesa e uma série de questões civis e jurídicas ganharem forma e a premissa de direito universal de decisão e voto se tornar um fator de suma importância nos estados modernos, a idade da maioridade era em torno dos 15 anos, ou 13 anos em certos lugares.

Só para constar, infantaria vem de Infantes, vulgo, jovens querendo se mostrar jogados na linha de frente. :mrgreen:

Mas falando de associados da Princesa-Regente... quem é afinal Miguel Sabatini, o Barão de Mosteiro (mencionado no Constelação do Sabre)?
Sabemos apenas que foi um dos principais heróis na reação imperial ao levante e JÁ comandava experientes homens, que se tornariam os instrutores da Academia do Corpo de Guarda das Lâminas Rubras, obviamente antes de receber qualquer título e depois de sair da Brigada, pois eram SEUS homens, não da Brigada. Ou isso ou saíram da Brigada junto com ele (Levante de Trianon, alguém?), o que também seria tenso. :twisted:

Mas voltando ao ponto, o cara já era basicamente um caudilho ou condottiere, com um bando de matadores disposto a seguí-lo e possivelmente um dos principais responsáveis por descer o sarrafo nos membros mais abusados da nobreza de Forte Martim. E com Adelaide no poder ele pega as terras que ela lhe deu, transforma numa Academia de Guerra, cujos formandos provavelmente se misturam na Brigada, Guarda Regencial (ou não são queridos mas ENTRAM por decreto regencial) e sabe-se lá quantos grupos mercenários ou firmas de segurança E criou o seu próprio corpo de guarda, que é a razão de ser da própria academia - tá no nome, diga-se de passagem - aumentando ainda mais as fileiras sob o comando dele.

Um bocado de possibilidades para bem e para mal, não?
Avatar do usuário

Mensagens: 139

Registrado em: 11 Dez 2013, 23:34

Mensagem 29 Mar 2014, 18:39

Re: Forte Martim

Uma pequena pergunta com relação a princesa Adelaide: ela recebeu treinamento de combate, tem seu próprio robô hussardo e é, tecnicamente, a comandante suprema das forças militares de seu mundo. No entanto, a lei Forte Martim não permite mulheres nas hostes de seus exércitos. Como fica a situação da princesa, então?
Avatar do usuário

Mensagens: 2596

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:15

Localização: Rio de Janeiro

Mensagem 29 Mar 2014, 21:00

Re: Forte Martim

Mestre do Caos escreveu:Uma pequena pergunta com relação a princesa Adelaide: ela recebeu treinamento de combate, tem seu próprio robô hussardo e é, tecnicamente, a comandante suprema das forças militares de seu mundo. No entanto, a lei Forte Martim não permite mulheres nas hostes de seus exércitos. Como fica a situação da princesa, então?


A princesa-regente não está em nenhum exército. É um treinamento particular, e se ela tem um robô de nobreza e tem quem a treine... quem vai contestá-la? :)
_______________________________________

— Lancaster —
Próximo

Voltar para Brigada Ligeira Estelar

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.