Tarso


Entre em seu robô gigante e parta em direção à Constelação do Sabre, um império galáctico repleto de intriga e aventura!

Avatar do usuário

Mensagens: 389

Registrado em: 10 Dez 2013, 00:41

Localização: Devil's bar, Nova Memphis

Mensagem 26 Fev 2014, 19:49

Re: Tarso

Alexandre Lancaster escreveu:
mister X escreveu:Muito legal o Ibrahim Medoro, o cara é simplesmente um mostro! Só faltou dizer qual o segredo, o objetivo e contra o que é a devoção de vingança dele (embora já tenha dado pra perceber)


Se revelar o segredo não é mais segredo. :)

mister X escreveu:Tarso é um dos mundos que eu mais quero ver nesse segundo Volume da constelação do sabre, tomara que seja lançado o quanto antes!


Ele sairá em Março. :)


O NPC vai ter um segredo que nem o mestre sabe então? :shock:

Juntar os falcões pra comprar físico + PDF e se sobrar, levo Ledd vol. 3 junto XD
"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras, por fim o tiroteio."
Avatar do usuário

Mensagens: 2597

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:15

Localização: Rio de Janeiro

Mensagem 26 Fev 2014, 20:14

Re: Tarso

mister X escreveu:
Alexandre Lancaster escreveu:
mister X escreveu:Muito legal o Ibrahim Medoro, o cara é simplesmente um mostro! Só faltou dizer qual o segredo, o objetivo e contra o que é a devoção de vingança dele (embora já tenha dado pra perceber)


Se revelar o segredo não é mais segredo. :)

mister X escreveu:Tarso é um dos mundos que eu mais quero ver nesse segundo Volume da constelação do sabre, tomara que seja lançado o quanto antes!


Ele sairá em Março. :)


O NPC vai ter um segredo que nem o mestre sabe então? :shock:

Juntar os falcões pra comprar físico + PDF e se sobrar, levo Ledd vol. 3 junto XD


Brigada é um cenário que tem sua construção interna. Muitos NPCs tem ganchos de trama que serão melhor desenvolvidos em aventuras. Não vou falar muita coisa sobre o livro que sucederá o Constelação Vol.2, até porque alguma coisa dele vai ser oficializada em breve, mas é em parte o caso disso. Para que você tenha uma ideia, um NPC de um dos planetas mencionados no volume 2 foi mencionado porque o status dele vai ser alterado em eventos que acontecerão em breve em livros posteriores. Logo não tinha sentido colocá-lo logo agora, em cima da risca.
_______________________________________

— Lancaster —
Avatar do usuário

Mensagens: 389

Registrado em: 10 Dez 2013, 00:41

Localização: Devil's bar, Nova Memphis

Mensagem 26 Fev 2014, 20:36

Re: Tarso

Alexandre Lancaster escreveu:Brigada é um cenário que tem sua construção interna. Muitos NPCs tem ganchos de trama que serão melhor desenvolvidos em aventuras. Não vou falar muita coisa sobre o livro que sucederá o Constelação Vol.2, até porque alguma coisa dele vai ser oficializada em breve, mas é em parte o caso disso. Para que você tenha uma ideia, um NPC de um dos planetas mencionados no volume 2 foi mencionado porque o status dele vai ser alterado em eventos que acontecerão em breve em livros posteriores. Logo não tinha sentido colocá-lo logo agora, em cima da risca.


Eu até entendo... Mas é muito bizarro pra mim usar um npc que eu não sei as motivações ou pelo menos qual o objetivo dele. Deveria ter pelo menos um Rumores e boatos (como tinha nos antigos Tormenta) pra dá uma luz ao mestre. Foi uma boa jogada que os autores tiveram pra não revelar os objetivos do Arsenal ou o que tinha acontecido com o Paladino de arton mas sem deixar o mestre sem saber de nada
"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras, por fim o tiroteio."
Avatar do usuário

Mensagens: 2597

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:15

Localização: Rio de Janeiro

Mensagem 26 Fev 2014, 20:52

Re: Tarso

mister X escreveu:
Alexandre Lancaster escreveu:Brigada é um cenário que tem sua construção interna. Muitos NPCs tem ganchos de trama que serão melhor desenvolvidos em aventuras. Não vou falar muita coisa sobre o livro que sucederá o Constelação Vol.2, até porque alguma coisa dele vai ser oficializada em breve, mas é em parte o caso disso. Para que você tenha uma ideia, um NPC de um dos planetas mencionados no volume 2 foi mencionado porque o status dele vai ser alterado em eventos que acontecerão em breve em livros posteriores. Logo não tinha sentido colocá-lo logo agora, em cima da risca.


Eu até entendo... Mas é muito bizarro pra mim usar um npc que eu não sei as motivações ou pelo menos qual o objetivo dele. Deveria ter pelo menos um Rumores e boatos (como tinha nos antigos Tormenta) pra dá uma luz ao mestre. Foi uma boa jogada que os autores tiveram pra não revelar os objetivos do Arsenal ou o que tinha acontecido com o Paladino de arton mas sem deixar o mestre sem saber de nada


Em todo caso não será a única vez que vocês ouviram falar de Ibrahim Medoro. Pode ter certeza!
_______________________________________

— Lancaster —
Avatar do usuário

Mensagens: 389

Registrado em: 10 Dez 2013, 00:41

Localização: Devil's bar, Nova Memphis

Mensagem 03 Abr 2014, 20:46

Re: Tarso

relendo hoje meu módulo básico de BLE percebi que o cara na pag 26 é o Medoro, num traço beeeeeeeeeem diferente das outras ilustrações dele, eu tinha reparado nele na capa e contra capa, mas essa passou despercebido até eu folhear hoje XD. A única dúvida é se o Hussardo atrás é o cefaidor
"Primeiro vêm os sorrisos, depois as mentiras, por fim o tiroteio."
Avatar do usuário

Mensagens: 2597

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:15

Localização: Rio de Janeiro

Mensagem 03 Abr 2014, 23:04

Re: Tarso

mister X escreveu:relendo hoje meu módulo básico de BLE percebi que o cara na pag 26 é o Medoro, num traço beeeeeeeeeem diferente das outras ilustrações dele, eu tinha reparado nele na capa e contra capa, mas essa passou despercebido até eu folhear hoje XD. A única dúvida é se o Hussardo atrás é o cefaidor


É sim. É que aquele era o Medoro no meu traço (a primeira imagem dele), mas a Roberta Pares deu a ele na capa uma personalidade tão própria, mesmo partindo do meu traço original, que eu pedi a todos os ilustradores que trabalhassem com ele depois que se baseassem na visão dela. E se eu desenhá-lo de novo, também devo tentar fazer algo mais parecido com o dela.
_______________________________________

— Lancaster —
Avatar do usuário

Mensagens: 231

Registrado em: 10 Dez 2013, 09:26

Localização: Arujá, São Paulo

Mensagem 14 Abr 2014, 19:34

Re: Tarso

Sobre os Artusen:

Qual a representatividade diplomática deles em outros mundos? Imagino que diplomatas representem os interesses de seus mundos em outros sistemas, mas os Artusen, com sua política agressiva, seriam uma escolha para um corpo diplomático em Leocádia?
Avatar do usuário

Mensagens: 2597

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:15

Localização: Rio de Janeiro

Mensagem 14 Abr 2014, 20:51

Re: Tarso

vagner_roberto escreveu:Sobre os Artusen:

Qual a representatividade diplomática deles em outros mundos? Imagino que diplomatas representem os interesses de seus mundos em outros sistemas, mas os Artusen, com sua política agressiva, seriam uma escolha para um corpo diplomático em Leocádia?


Vamos lá. Primeiro, apesar de tudo, todos são parte do império. Isso quer dizer que o Sabre é uma nação, e apesar dos separatismos, nos termos da lei você pode ir pra qualquer lugar, da mesma forma que eu moro no Rio e poderia ir morar, em, digamos, João Pessoa.

Além disso temos o fator "lá é a corte imperial". Pegue qualquer novela de época. Lembra quando volta e meia um personagem, de pequena nobreza (porque pequena nobreza em geral é dona de terras; já reparou que os barões de montserrat e os barões de araruna das novelas das seis são na verdade coroneizões de interior?) vai "para a corte?"

O ponto é que normalmente os nobres se instalam em Leocádia para fins de representação política, articulação – ou apenas pra conseguir status social, caso não tenham como ter grandes ambições. :)
_______________________________________

— Lancaster —
Avatar do usuário

Mensagens: 195

Registrado em: 04 Mai 2014, 22:46

Localização: Winch

Mensagem 08 Mai 2014, 00:14

Re: Tarso

Eu achei o Medoro bonitão. ^_^

Mas será que é difícil assim criar um dos mocinhos em Tarso? Todos que não são evos tem tendência a ser vilão?
____________________________
Princesa Ilsebill de Balfour.
"Sempre é possível chegar a um consenso".
Avatar do usuário

Mensagens: 2597

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:15

Localização: Rio de Janeiro

Mensagem 08 Mai 2014, 00:19

Re: Tarso

Princesa Balfour escreveu:Eu achei o Medoro bonitão. ^_^

Mas será que é difícil assim criar um dos mocinhos em Tarso? Todos que não são evos tem tendência a ser vilão?


Não é bem assim. Nenhum personagem é escrito em pedra. Mas sociedades são sociedades, e eventualmente você tem que ir contra o senso comum até dentro de sua casa quando sente que as pessoas ao redor tem posturas preconceituosas, bitoladas ou simplesmente cruéis – e elas nem percebem isso. Muitas dessas pessoas se consideram boas e decentes, mas refletem esse senso, até porque se manifestarem discordância, as pessoas ao redor vão alijá-las da vida social de sua comunidade. Isso engrossa um coro negativo, e anos depois, quando certos tabus caem, você se pergunta como as pessoas poderiam defender tantos absurdos. Elas defendem porque isso faz parte de seu pensamento comum, ora.

Mas muitas vezes o que faz um herói na ficção é ir contra esse senso comum, que pode ser mais ou menos inofensivo. Imagine se Bilbo decidisse permanecer um sujeito respeitável em O Hobbit.
_______________________________________

— Lancaster —
AnteriorPróximo

Voltar para Brigada Ligeira Estelar

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.