Eä - Aventura


Avatar do usuário

Mensagens: 14

Registrado em: 16 Out 2014, 15:53

Mensagem 31 Jan 2015, 09:23

Re: Eä - Aventura

Uhtred estava contente com o resultado de seu golpe. Havia algo de recompensador em fazer uma lâmina atravessar um inimigo sem nenhuma resistência e vê-lo explodir.

Seus inimigos estavam recuando, o que significava que era hora de avançar e terminar o que havia começado. Ele adoraria perseguir as sombras e fazê-las explodir que nem a primeira explodiu, mas o clérigo deu uma sugestão que parecia mais sensata: eliminar o feiticeiro antes que ele invocasse reforços.

O centauro inicia um veloz investida em linha reta em direção ao domo, deixandoa que o clérigo cuidasse dos outros oponentes e/ou possíveis aliados do outro lado da arena. Uhtred tinha um mau pressentimento quanto aquilo, ele não fazia ideia do que o esperava sob o domo ou mesmo se ele seria capaz de ultrapassar a barreira arcana, mas suas ações já tinham sido decididas e ele as levaria até o final.


OFF:
Iniciar uma Investida Montada + Investida Implacável: dobro do movimento (12m x2) em direção ao domo, se houver um oponente no caminho (uma sombra, por exemplo), Uhtred ataca-o com machado causando o dobro do dano sem interromper o movimento. Caso contrário, ele usa a ação padrão para trocar de arma pela lança montada.

Machado de Batalha OP: +8 (5+1+2d6 Crit x3), 1 mão
Avatar do usuário

Mensagens: 56

Registrado em: 04 Out 2014, 18:54

Mensagem 03 Fev 2015, 22:54

Re: Eä - Aventura

Liorav correu na direção das outras sombras, erguendo o seu símbolo sagrado na altura do seu rosto e dizendo uma prece rápida ao seu deus. Sentiu um calor invadir-lhe o corpo, primeiro no coração e então se espalhando por todas as suas células. Ao chegar nas suas extremidades, a energia quente se materializou em onda invisíveis que agitavam o ar ao redor de Liorav e distorciam as imagens, de forma semelhante a ondas passeando na superfície de um lago. A energia se espalhou em círculos centrados no clérigo, engolfando a tudo e a todos. Os espectros atingidos por elas rodopiavam e iam ao chão, guinchando em um misto de dor e desespero.

Aproveitando-se da distração, Gulk atinge um dos espectros. O tacape do homem-besta acerta em cheio a runa nas costas da criatura e ela se desfaz em um pó negro que se mistura à areia da arena. Irys, aproveitando-se da cobertura que tanto Gulk como Liorav haviam criado, atinge o tridente perto da ponta da espada. Com a força da pancada, a lâmina se ergue por alguns centímetros, o suficiente para a elfa erguer o tridente, no caminho do movimento, levantar a espada até sua mão.

Quando a última onda de energia atingiu os espectros, eles se transformaram em névoa negra e se ergueram acima da cabeça de todos, unindo-se em uma única nuvem negra. A elas se uniram as outras sombras que haviam sido atingidas pelo clérigo alguns segundos antes. A massa nebulosa pairou por alguns segundos e desceu próximo da redoma, como uma pedra em queda livre. Em um mesmo movimento, a névoa se desfez e de dentro dela um novo espectro surgiu. União de todos os outros, este era da altura de Gulk, talvez alguns palmos maiores.

Musculoso e forte, seu corpo humanóide era negro como a noite. Um par de chifres brotavam de sua testa, curvando-se com suas pontas afiadas em direção aos céus. Asas surgiam de suas costas, abrindo e fechando como se se espreguiçassem, se estendendo um pouco acima da seus chifres até perto dos calcanhares. Em suas mãos, duas lâminas curvas presas a um suporte redondo faziam as vezes de arma. O objeto parecia pesar toneladas, mas a criatura manipulava-o com a mesma facilidade que um humano mexe com uma faca. Seus olhos emitiam a mesma luz tênue que as outras sombras, entretanto estes eram esverdeadas e deixavam um pequeno rastro nebuloso no ar a medida que o espectro se movimentava.

Imagem


Não perdendo tempo, Uhtred investe contra a criatura. Seu objetivo final era a redoma de sombras e o novo inimigo era apenas um obstáculo. O centauro rodopiou seu machado, posicionando-o na melhor posição para desferir o golpe. Alguns metros do espectro, o gladiador ergueu sua arma e desceu a lâmina na diagonal. O que parecia um golpe certo, foi facilmente defletido pelo guerreiro de sombras. As lâminas se encontraram e uma pequena faísca saltou no ar.

O centauro, entretanto, não se deteve, continuando o movimento até o domo. Sua intenção era atravessá-lo, possivelmente retirando o gladiador élfico que estava ali dentro. Porém, ao se aproximar da névoa, elas se tomaram a formas de espinhos negros, solidificando-se. Uhtred notou rapidamente isso e conseguiu parar seu movimento antes de chegar nos espinhos.


Acima das cabeças de todos, Liorav viu Lady Sophia, envolta na energia negra proveniente da redoma. Elas se aproximaram até ficarem cerca de 10 metros acima do chão da arena. O clérigo notava, dentro do cordão de translúcido que conectava Sophia até a redoma, uma tênue linha esverdeada que tocava a testa da garota e percorria todo o braço energético até chegar ao domo. Como uma veia, a linha pulsava de segundos em segundos como se transportasse algo em direção à esfera gasosa. A medida que isso ocorria, as feições de Sophia tornavam-se cansadas, fracas e pálidas. A própria energia da garota era usada para alimentar o que estava dentro do domo. O mesmo também ocorria para outros 4 jovens que, da mesma forma que a garota, pairavam metros acima da arena.


OFF: DonaKei, rodei o teste de inteligência de Irys, mas tirei um 6 =/ . Ela não se lembra de ter visto aquelas runas antes.

INICIATIVA
Uhtred <<< SUA VEZ
Liorav <<< SUA VEZ
Irys (PVs 6/30)<<< SUA VEZ
GULK (PVs 20/54)<<< SUA VEZ
Espectro




====================


"Este é inteligente! Este acertou... nois falou que nois devia levar Este para o Filho. Este pode ser útil para o Filho!"

"Sim... sim... nois tem razão! Este é perigoso... Este é esperto...."

"Calem a boca, nós... Nós vai levar Este para o Pai Criador....", o sussurro feminino, o mesmo que havia pronunciado o primeiro enigma calou as outras vozes.

Por alguns segundos as vozes se silenciaram, então o sussurro feminino surgiu novamente, desta vez alguns metros a frente. Arvoui entendeu que deveria segui-lo...

"Acerte mais esta, Este, e ao Criador nós te leva", a voz feminina surgiu novamente.


"Nós é algo que é dado para Este, e apenas a Este pertence. Ainda assim, os outros usam muito mais que Este"
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 1798

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:33

Mensagem 04 Fev 2015, 20:32

Re: Eä - Aventura

"Parece mesmo que cada um é diferente do outro, curioso."

Arvoui escutava a nova discussão entre aqueles seres,assim como a nova charada que era feita pela voz feminina. Desta vez, a charada era um pouco mais difícil, afinal, Arvoui não fazia ideia do que aqueles seres eram, então tinha que pensar bem, usando o resto da charada para descobrir a resposta; o elfo então pensava no que ele teria recebido e pertencia a apenas ele, a sua mente vinham objetos e até mesmo a magia, mas essas eram coisas que outros também poderiam ter, algo lhe vinha em mente, mas não tinha certeza ainda; porém, a última lhe trazia a resposta: algo que era dele, mas outros usam mais que ele, só poderia ser o seu nome!

--- A reposta é nome. Meu nome pertencia apenas a mim, porém outras pessoas o usam mais, quando falam comigo ou de mim. - o elfo dava uma pausa, para deixar claro que a resposta fora dada, e o que ia dizer agora era outra coisa. --- Mas o que significa vocês serem nomes?

_______________________________________________________________________

PM:
MAGIAS:
0º (CD 16) - Detectar Magia, Globos de luz, Raio de Frio, Resistência, Mensagem.
1º (CD 17) - Área escorregadia, Armadura arcana x2, Disco flutuante x2 Escudo arcano , Mísseis mágicos, Sono x2.
2º (CD 18) - Raio Ácido Maior
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 184

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:06

Mensagem 09 Fev 2015, 13:16

Re: Eä - Aventura

Havia pouco tempo, e cada vez menos. Liorav tentava desesperadamente lembrar-se de algo que o ajudasse no combate à criatura, que OBVIAMENTE tinha se transformado em uma maçaroca de músculos. Nada jamais se transformava em algo com uma aparência mais amigável. Murmurando mais uma prece, Liorav restaurou parte da força da elfa enfraquecida, mas não poderia fazer mais que isso. O tempo urgia.


-Soleil, protetor dos humanos, companheiro de aventuras de Galahandriel, estenda suas bênçãos a um irmão necessitado, como nos tempos de outrora. Ferimentos fecham-se, e vigor retorna.

Curada a elfa, só havia uma coisa a fazer: partir pra cima do adversário e esperar que o poder de todos juntos na arena bastasse pra derrubá-lo antes que ele terminasse de sugar a força vital dos quatro envolvidos. Talvez pudesse impedir que a energia chegasse a ele, de algum modo. Esperava que John Ferwick chegasse com reforços eventualmente, mas sabia que poderia demorar. Até lá, estava por conta própria.


Off: Curar Ferimentos Moderados em Irys e com a ação de movimento chegar perto do Illidan. Se possível teste de qualquer conhecimento ou simplesmente Inteligência pra tentar arrumar uma maneira de anular essa magia. Liorav vai tentar tocar em um dos fios de energia, ver se ele é minimamente tangível. Na próxima rodada, já adiante a ação de descer a lenha no infeliz, se não lembrar de nada e a energia seja intangível.
ImagemImagemImagemImagem

Dream Team
Avatar do usuário

Mensagens: 14

Registrado em: 16 Out 2014, 15:53

Mensagem 13 Fev 2015, 11:50

Re: Eä - Aventura

Não era todo dia que alguém refletia um golpe seu com facilidade, o centauro pensava. O centauro balança a cabeça na tentativa de ignorar esses pensamentos e focar-se na luta.

Ele dá meia-volta e repete a manobra de investida: ele não seria detido tão facilmente agora.

OFF: Mesma manobra, no sentido contrário, tentando parar mais próximo dos seus "aliados"
Avatar do usuário

Mensagens: 33

Registrado em: 09 Dez 2013, 22:14

Mensagem 14 Fev 2015, 22:37

Re: Eä - Aventura

A Criatura negra e alada parecia ser um forte oponente, o que fez os instintos guerreiros de Gulk clamarem por seu sangue.
Gulk saiu em disparada, com velocidade incompatível com seu tamanho pronto para um ataque com força total.

[OFF]: Mordida + Tacape + Fúria; (+5/+6); Dano 8+2d8/8+1d8; x2; Perfuração/Esmagamento; RD 1 e CA -2 por 10 Turnos (7 Turnos).

Blue, vou com tudo pra cima do feioso e com força total... Imagino q nao vai adiantar nada, mas acredito q nao tenha mais o que fazer XD
Anterior

Voltar para Eä

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.