"Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)


Avatar do usuário

Mensagens: 3827

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 08 Set 2017, 23:25

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Catriona apontou seu florete para frente, cambaleando, enquanto seu sangue escorria. Era para ser uma ameaça, mas mal se mantinha em pé.

Imagem
- Vamos continuar dançando...


Porém a ponta de sua arma estocou o ar.

(5) + 6 = 11...
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 240

Registrado em: 17 Fev 2014, 10:37

Mensagem 10 Set 2017, 21:31

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Absalon que fora tomado pelo poder maligno, estava novamente sob o controle do seu próprio corpo. Essa situação com certeza fora assustadora e ele teria muito o que pensar antes de dormir, afinal, a entidade que tomara seu corpo acabara de matar uma pessoa e sugou toda sua energia. Isso não era brincadeira, o ex-escravo sabe que não possuía ainda poder suficiente para confrontar de verdade os Deuses, e que ainda era uma mera formiga para eles e isso só provou o que já estava pensando. Deve tornoar-se mais forte, caso contrário essa entidade poderá controlá-lo novamente.


Imagem

- Acabou. - Absalon andava até aproximar-se de Gael. - Acabou Mi, não voltarei a ser escravo. Nunca mais... E você ainda ousou machucar eles, essas pessoas não tinham nada haver com isso... Isso é imperdoável... Ó inútil Deusa da Vida, dei-me logo parte do seu poder para que eu possa curar este mortal e assim atrasar seu encontro com o repugnante Deus da Morte. - Dizia Absalon em tom de imponência, enquanto gesticulava com os braços e era envolto de uma aura roxa, que em suas mãos piscava do roxo ao rosa. Caso perdesse a disputa, nada aconteceria. Caso vencesse, as mãos de Absalon tonariam-se lilás e automaticamente esticaria os braços com as palmas de suas mãos abertas estendidas para Gael e canalizaria energia positiva.


  Código:
 Magia Divina Nível 1: Curar Ferimentos Leves. 7 Pvs curados.; 1 Pm = PM: 5/6 - Teste Usurpação CD12: 1d20+6;
Bando do Chapéu Preto:
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 161

Registrado em: 19 Set 2014, 20:05

Localização: Sombria

Mensagem 11 Set 2017, 09:55

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Gael estava furioso. Aquela mulher estranha havia saído do nada, atirando contra seus amigos e exigindo que entregassem o curandeiro como se ele fosse algum tipo de posse. Seus golpes refletiam essa tempestade interior, atingindo a vilã primeiramente com um poderoso golpe na altura do abdome e depois com mais um atingindo-lhe a face. Os movimentos de Milena começavam a ficar mais lentos à medida que os ataques do dobrador surtiam efeito. Àquela altura os dois já haviam perdido uma quantidade razoável de sangue, mas ainda permaneciam irredutíveis. Com um fôlego renovado, a caçadora atacou novamente, aproveitando-se de um momento de breve distração do jovem. Sua lâmina penetrou cruelmente o mesmo ponto onde dera seu último golpe, abrindo a ferida no ombro de Gael de modo assustador. A visão do dobrador começava a embaçar e seus pés já não o acompanhavam mais com tanta agilidade. Estava a ponto de cair. O sorriso de Milena voltara a sua face, aparentemente divertindo-se com a situação patética em que seu oponente se encontrava. Ela ergueu seu sabre, pronta para o próximo ataque.

O oponente de Catriona avançou novamente contra ela, mas a nobre já estava farta de ser golpeada. Num movimento veloz que enganou os sentidos de seu inimigo, ela ergueu sua espada para bloquear a trajetória do ataque, afastando seu agressor com um empurrão. Decidindo utilizar-se de uma nova abordagem para finalmente por um fim àquele combate, Turok deixou o jovem acólito longe do conflito e voltou para perto de Catriona. O meio dríade fez seu melhor para convencer o último bandido restante de que era inútil continuar. Convenceu-o de que todas as probabilidades estariam contra eles e que aquela poderia ser sua última chance de deixar o local antes de sofrer o mesmo destino de seus companheiros. O homem apertou com mais força a clava que segurava. Não estava tendo dificuldade contra sua oponente, era verdade. Mas o pugilista que enfrentava sua contratante estava conseguindo segurá-la sozinho. Isso sem contar o espetáculo macabro que presenciara há pouco. Lorde Hérius oferecera uma gorda recompensa pela captura do ex-escravo, mas ele já arriscara sua vida demais ali. Virando as costas para Catriona, ele fugiu a toda velocidade, logo perdendo-se na escuridão da noite. Milena rogou duas ou três pragas contra o homem, mas isso não o traria de volta. Os aventureiros tinham um problema a menos para se preocuparem.

Enquanto isso, Absalon refletia sobre suas ações. Mesmo que a consciência que o dominara houvesse desaparecido, ele ainda podia sentir o estranho poder fluir através de suas veias. Talvez fosse apenas sua imaginação ou o início de algo terrível. De qualquer forma, o usurpador não ficou parado, logo erguendo suas mãos para tomar o poder de Lena. A mesma energia arroxeada que conjurara anteriormente na balsa voltou a correr através de sua pele, direcionando-se para Gael e envolvendo o corpo do dobrador. Imediatamente, o monge sentiu-se revigorado. Mesmo ainda tendo a estranha sensação de que aquele poder de algum modo era algo não-natural, o dobrador sentia suas feridas se fechando, ao mesmo tempo em que a expressão de Milena queimava em fúria novamente. Parece que ele ainda iria durar mais alguns rounds.

Imagem

Ordem de Iniciativa:
Gael (19)
Inimigos (??)
Turok (14)
Catriona (12)
Absalon (11)


Gael leva 6 de dano novamente, mas recupera 8 PV em seguida
O bandido que enfrentava Catriona foge


Status:
Gael 11/24 PV; 1/3 PE; 1 PA
Turok 17/17 PV; 1 PA
Catriona 4/17 PV; 1 PA
Absalon 19/19 PV; 5/6 PM; 1 PA
Editado pela última vez por Blackfox em 11 Set 2017, 13:17, em um total de 1 vez.
Avatar do usuário

Mensagens: 16263

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 11 Set 2017, 12:48

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Gael estava com raiva e o toque do curandeiro, ainda que restaurasse sua saúde, era carregado de uma sensação estranha. Gael também não entendia muito bem aquelas palavras de Absalon, como se detestasse os deuses a quem pedia ajuda. Mas não era hora para essa preocupação.

Gael desferiu dois socos rápidos no peito da inimiga com a mão em garra, lembrando o estilo do tigre.

Ação de Gael
Gael usa Abraço da Montanha e Rajada de Golpes: errou o primeiro com 12, acertou o segundo ataque com 18. Total 8 de dano.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 11922

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 11 Set 2017, 14:00

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Turok vê o bandido correndo e sorri.

- Garoto esperto. Catriona se recupere primeiro, vamos cuidar a zangadinha enquanto isso.

Turok tenta acertar uma flecha na mulher, mas acaba errando por medo de atingir Gael.

- É, talvez você tivesse que seguir o rapaz e fugir para viver mais uma vez, moça.

Turok fala com um sorriso predatório.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 161

Registrado em: 19 Set 2014, 20:05

Localização: Sombria

Mensagem 16 Set 2017, 15:24

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

À medida que seus ferimentos se fechavam, o olhar de Gael voltava ao mesmo aspecto desafiador. O dobrador fora rápido em atacar novamente, mirando o peito de Milena. O primeiro ataque falhou, perdendo força ao golpear a armadura da vilã. Já o segundo foi poderoso o bastante para fazê-la amaldiçoá-lo novamente. Mas mesmo com todo o seu empenho, o jovem monge ainda enfrentava um difícil combate. A caçadora balançou seu sabre no ar novamente, errando por pouco o pescoço do dobrador. Ela respirou fundo, acalmando sua fúria enquanto corrigia sua postura e preparava-se novamente.

Observando sua estratégia fazer efeito, Turok aconselhava Catriona a permanecer recuperando-se dos ferimentos causados pelo bandido que escapara. O meio dríade não perdeu tempo, logo mirando novamente contra Milena. Sua flechas passaram direto pela caçadora, que desviara-se delas com movimentos precisos. Ele aproveitara a chance para estender seu convite de fuga à moça, mas fora respondido com um novo rosnado. Milena estava começando a lhe parecer cada vez mais com uma besta selvagem.

- Quando você estiver em correntes, servindo como escravo no império... - Disse a caçadora. - Quero que se lembre todos os dias pelo resto de sua vida miserável de que eu o coloquei lá.

Imagem

Ordem de Iniciativa:
Gael (19)
Inimigos (??)
Turok (14)
Catriona (12)
Absalon (11)


Status:
Gael 11/24 PV; 1/3 PE; 1 PA
Turok 17/17 PV; 1 PA
Catriona 4/17 PV; 1 PA
Absalon 19/19 PV; 5/6 PM; 1 PA


Data: Kalag, 20 de Altossol, Ano de 1410.
Localização: Gorendill, Deheon.
Avatar do usuário

Mensagens: 240

Registrado em: 17 Fev 2014, 10:37

Mensagem 17 Set 2017, 09:29

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Absalon estava irritado, por isso não conseguia fazer qualquer tipo de brincadeira ba situação que se encontrava. Em sua mente só conseguua pensar em atacar sua caçadora e acabar logo com isso, mas sabia que poderia não vencer uma disputa com os Deuses agressivos, em sja mente sabia qhe a melhor opção era curar Gael, mas quando iria forcar a disputa com a Deusa da Vida, acabou falando e disputando sem pensar com o Deus da Justiça.



Imagem
- Deus da Justiça , mais uma vez ordeno que faça meu inimigo tremer de medo perante mim. Chega Milena, está acabada. Seu corpo é meu e ordeno que pare e se entregue.
Bando do Chapéu Preto:
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 161

Registrado em: 19 Set 2014, 20:05

Localização: Sombria

Mensagem 22 Set 2017, 16:24

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Sentido que o fim do combate se aproximava, Gael move-se para atacar novamente. Os golpes de Milena o haviam ferido bastante, mas a chama em seu interior ainda queimava forte. O dobrador avançou contra a vilã, acertando dois socos precisos contras suas constelas e tendo certeza de ouvir pelo menos uma vez os ossos se partindo sob o peso de seus punhos.

Gael usa Abraço da Montanha e Rajada de Golpes: Acertou a primeira rolagem com um 17 e a segunda com um 21. Resultado da rolagem de dano 6+3 para os dois ataques. Total 18 de dano.
Avatar do usuário

Mensagens: 11922

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 22 Set 2017, 16:28

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Turok sorri ao ouvir a ameaça da mulher.

- Terá que morder melhor do que late, criança.

Turok pega uma flecha e tensiona a corda do arco e atira direto na mulher.

- Geralmente não caço fêmeas, mas posso abrir uma exceção em seu caso.

Turok fala depois de seu ataque.

Vou me manter no mesmo lugar e tacar uma flecha na infeliz. Rolei 17 e dano 6
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 161

Registrado em: 19 Set 2014, 20:05

Localização: Sombria

Mensagem 23 Set 2017, 00:08

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Absalon já se cansara dos jogos de Milena. Usurpando o poder do deus da justiça, ele focou sua vontade na direção de Milena e logo correntes purpúreas começaram a materializar-se ao redor dela. Praguejando novamente, seu olhar direcionou-se com ódio para aquele que imaginara seu sua presa, mas que fora o responsável por capturá-la. Os golpes de Gael entrariam pouco depois, definido o final daquele combate. Com seus punhos furiosos, o dobrador atingira a caçadora de recompensa, golpeando-a com tanta força que algumas das costelas da vilã haviam se partido. Com um expressão de choque, Milena caiu de joelhos cuspindo sangue. As correntes de Absalon dissiparam-se em fumaça e ela mesmo quase perdendo a consciência ainda fez um movimento para alcançar a espada, caída a poucos metros de distância. Um tiro rápido de Turok bastou para tirar a arma de seu alcance. Os lábios de Milena ainda se contorceram para lançar um último insulto, mas seus olhos se reviraram e a inimiga desabou no chão de pedra. Estava incosnicente.

Os aventureiros agora finalmente poderiam respiram tranquilos. Ou será que não? De súbito, a aura maligna que emanara de Absalon poucos instantes atrás voltara com força total. Catriona, Gael e Turok sentiam mais uma vez um temor inexplicável, juntamente com o frio profano que o acompanhava. Seus olhos haviam mudado novamente, assumindo o mesmo brilho demoníaco de antes. O usurpador levantou sua mão, e o ambiente ao redor começou a mudar com ele. Era como se as sombras começassem a devorar a luz, sugando cada pequena parte de calor que havia ali. O demônio sorriu para os aventureiros, mas antes que pudesse fazer qualquer coisa uma figura materializou-se em sua frente, sendo rapidamente reconhecida pelos três. Era a mulher que abordara a aristocrata e o dobrador do lado de fora da Lagosta Atroz.

- Ora, ora, ora. - Começou ela com uma pequena gargalhada logo em seguida. - Não podemos permitir isso não é mesmo?

A criatura que agora habitava o corpo de Absalon rapidamente moveu-se para atacá-la, mas sua mão não conseguia aproximar-se da elegante senhora. Era como se um muro invisível a protegesse de qualquer contato. A mulher virou-se para os demais com um sorriso confiante, como se tentasse passar-lhes um pouco de segurança.

- Acalmem-se, meus queridos. - Disse ela enquanto suas mãos começavam a realizar gestos ritualísticos. - Eu os garanto que pelo momento presente... - Seu olhar se voltou para o usurpador. - ...não precisarão temer a maldição que se colega impôs a si mesmo.

Terminando seu feitiço com palavras de poder incompreensíveis para os aventureiros, ela liberou uma onda de energia contra o jovem a sua frente, iluminando o local ao redor deles e combatendo a escuridão que se aproximava. Primeiro Absalon sentiu dor, como se sua pele estivesse sendo exposta ao fogo. Mas logo depois, como se despertasse de um pesadelo, a consciência do demônio foi varrida para as profundezas de sua mente. Suas mãos tremiam e ar quase não passava por suas narinas. Aquilo havia sido assustador.

- Não se preocupe, minha criança. - A senhora lhe dirigiu um olhar gentil. Por alguma razão, aquilo o acalmara. - Está seguro agora.

A mulher misteriosa virou-se de modo que podia ter todos os quatro aventureiros em seu campo de visão, logo batendo palmas e gargalhando novamente.

- Não vejo ação assim há tempos! - Continuou ela. - Mas creio que minha aparição tenha levantado ainda mais perguntas que as que se acumulam em suas cabecinhas agora não é mesmo? - Sua expressão assumiu um aspecto enigmático. - Mas não se preocupem. Explicarei o que puder. Não tudo, é claro! - Ela juntou as mãos, pensativa. - Afinal qual seria a graça se todas as respostas fossem despejadas de uma vez, não é mesmo?

- Mas antes de qualquer coisa... - Ela sumira novamente, apenas para surgir novamente junto do jovem acólito. - O que acham de tratarmos dos feridos?

Imagem
AnteriorPróximo

Voltar para Para o Norte, meu Jovem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.

cron