"Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)


Avatar do usuário

Mensagens: 3827

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 08 Out 2017, 17:21

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Catriona se deliciava com o café da manhã na estalagem, comendo tudo que tinha direito, porém apenas um pouco de cada opção. Precisava admitir que ficara uma pouco chateada com a partida de Gael, mas ele tinha seus assuntos e ela estava em frente a uma aventura interessante. Lançou seu olhar para a porta quando o trio entrou... O halfling de antes e uma mulher de negro, porém o que lhe chamou sua atenção fora o cavaleiro. Ela reconhecia aquele brasão, tinha certeza, porém apenas escutou de inicio. Quando Turok disse algo sobre vender suas flechas, ela lembrou-se de algo.

Imagem
- E, bem... Eu preciso dar uma "passadinha" no Banco Tibar, hehe.


Teste de Riqueza: (13) + 3 = 16 x 2 = 32 TO's
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 240

Registrado em: 17 Fev 2014, 10:37

Mensagem 09 Out 2017, 09:11

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

O clima na mesa não era dos melhores, o lutador das chamas partiu. Era notório a chateação no rosto da ruiva já que ela estava interessada no jovem.
Depois de tanto tempo vivendo como escravo, qualquer refeição era um banquete e por isso Absalon estava se deliciando com cada pedaço do café da manhã. Tentava não demonstrar ferocidade ao comer, mas era algo que já tornou-se um vício, pois em Tapista, ou um escravo come rápido ou não comerá toda a refeição. Estava tão concentrado comendo, que só foi perceber a presença dos outros 3 indivíduos quando Felingos pegou um queijo. Instantaneamente fez um olhar de surpresa e tristeza, em sua mente só conseguia pensar: "Era meu...".

Em sua mente Absalon tentava entender o que era o ser em traje negros em sua frente, conseguia ser mais intimidadora que Milena e não falou nenhuma palavra. Como ela estava usando uma espada iria suprir a falta do jovem das chamas na linha de frente, não conseguiu deixar de dar um sorriso por pensar que seu único problema seria o demônio em seu corpo. A pergunta de quem seria o loirinho era algo que queria fazer, mas talvez não tivesse necessidade, já que apenas a senhorita macabra iria estar no grupo.

Lembrando das boas maneiras que sua mãe lhe ensinou, Absalon se levante e estende a mão para cumprimentar ela.

Imagem
- Muito prazer, me chamo Absalon eu diria que você chegou na melhor hora possível. Se precisar de qualquer coisa, pode contar comigo. E, bem, em combate não fique muito próxima de mim, para o nosso bem.
Bando do Chapéu Preto:
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 161

Registrado em: 19 Set 2014, 20:05

Localização: Sombria

Mensagem 10 Out 2017, 10:38

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

- Muito bem. - Respondeu o halfling, enquanto surrupiava mais uma fatia generosa de queijo. - Vamos ao que interessa de uma vez então. Como vocês bem sabem, nossa milícia passou por um bela limpa há pouco tempo. - Ele parou um pouco para mastigar, continuando pouco depois. - Os malditos que foram cortados depois que sua corrupção foi provada não tiveram muita sorte arrumando outros empregos por aqui. Muitos deles acabaram se juntando aos bandidos, piorando ainda mais os nossos problemas. Mas outros... - O sorriso de Felingos desapareceu. - Agora são capangas de gente importante aqui da cidade. Uns ricaços filhos da puta que dominam os aldeões e não veem com bons olhos a ideia do prefeito de investir neles.

O líder da guilda dos batedores direcionou seu olhar para Absalon, antes de continuar a conversa. Havia um pedaço de queijo preso a sua barba, o que acabava tirando muito da seriedade que Felingos tentava passar.

- Temos suspeitas de que a caçadora que os atacou noite passada estava aqui em missão pelo império das picanhas, e que alguém influente na cidade estava dando suporte à missão dela. - Ele suspirou resignado. - Mas como não temos provas disso... Vamos ter que ficar só na especulação por enquanto.

- Mas enfim, voltando agora ao caso dos bandidos. - O sorriso voltou ao rosto do halfling. Para uma raça conhecida por seus hábitos pacatos, Felingos era bem pró-ativo. Tirando um pequeno mapa da região, ele logo colocou-o sobre a mesa para ilustrar melhor o que dizia. - Os malditos tem pontos de observação aqui, aqui, aqui e aqui. - Ele apontava no mapa diferentes bases que do modo como estavam posicionadas pareciam estar em posição para bloquear as principais estradas de acesso à cidade.

- Só aventureiros e caravanas bem protegidas conseguem passar pelo cerco dos malditos. Se as coisas continuarem desse jeito nossa economia vai quebrar e qualquer esperança de reerguer Gorendill vai por água abaixo. - A expressão do batedor ficou sombria por alguns instantes. - Só as forças da cidade não dão conta de acabar com os quatro pontos de observação e invadir a base dos bandidos. Nossa milícia está em pedaços e a guildas dos batedores... Bem... Perdemos muitos camaradas durante a invasão. - Ele suspirou com pesar. - Atualmente com os números que temos só conseguimos fazer o trabalho de patrulha.

- Nosso plano é mandar os aventureiros contra os postos avançados enquanto distraímos as forças da base principal. - Felingos sorriu matreiro. - Temos uma... surpresinha para esses desgraçados. Uma que vai mantê-los ocupados tempo o suficiente para que depois que os quatro grupos acabarem de neutralizar os postos avançados possam se juntar e pegá-los de surpresa em seu próprio quintal. Vamos botar esses filhos da puta pra correr daqui como se estivessem com as calças em chamas! Hahahaha! - Ele fez uma pausa para gargalhar antes de continuar num tom baixo e quase imperceptível. - Talvez literalmente.

Felingos ouviu as perguntas do grupo e tratou de respondê-las da melhor maneira possível.

- Temos o Empório Arcano aqui na rua mesmo. - Disse ele para Turok. - A dona compra quase qualquer coisa por um preço razoável. - Ele finalmente notara o pedaço de queijo na barba, apressando-se para tirá-lo. - Hum... O Banco Tibar é um pouco mais longe, mas é bem próximo do porto de onde vocês vieram. - Ele sorriu novamente, encarando os heróis com entusiasmo. - Então é isso! Mais alguma dúvida?
Avatar do usuário

Mensagens: 11922

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 10 Out 2017, 11:11

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Turok acena positivamente.

- Por mim está tudo ok, vamos vender essas flechas e ir nesse tal banco e depois partimos. Ou alguém deseja fazer mais alguma coisa?

Turok pergunta aos demais pronto para ir para a venda e esperava que ninguém quisesse se separar.

- Ah sim, acho que a fêmea que fez o ataque não era a única coisa nos caçado, eu senti outra presença.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 240

Registrado em: 17 Fev 2014, 10:37

Mensagem 13 Out 2017, 08:58

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Absalon escuta atentamente o que Felingos estava falando. Ao mencionar Milena, Absalon faz uma cara séria enquanto pensa nas possibilidades de outros mercenários, ao final conclui que Milena que conseguiu o contato, então é improvável outras pessoas além dela lhe caçando, mas também quer dizer que Milena em breve será solta novamente.

Imagem
- Tirando a possibilidade da Milena voltar a nos atacar, por causa dessa possibilidade que você falou, está tudo ok para mim também. - Ao final, olhava para Catriona e a mascarada misteriosa.
Bando do Chapéu Preto:
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 161

Registrado em: 19 Set 2014, 20:05

Localização: Sombria

Mensagem 13 Out 2017, 20:31

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Felingos sinalizou positivamente com a cabeça, levantando-se da mesa com o sorriso de sempre estampado em seu rosto.

- Ótimo então, camaradas! - Ele pegou ainda um último pedaço de queijo antes de encerrar a conversa. - Nos encontramos no portão leste em duas horas. Até lá acho dá tempo de sobra pra todos resolverem suas pendências na cidade. Mas fiquem com o mapa! - Ele apontou para o objeto aberto sob a mesa. - Deve ajudar a se moverem pela região pela região.

Depois de um breve aceno de mão, o halfling moveu-se para a próxima mesa. O cavaleiro que até então permanecera conversando com um grupo num canto mais afastado fizera um movimento semelhante, despedindo-se deles e indo sentar em outro lugar. Provavelmente não era um aventureiro comum.
Avatar do usuário

Mensagens: 11922

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 14 Out 2017, 08:27

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Turok apenas acena com a cabeça e recolhe o mapa.

- Bem, temos 2 horas para fazermos, eu vou vender essas flechas e aconselho a ninguém se separar.

Turok aguarda o grupo e olha para a novata.

- Olá, me chamo Turok e serei o guia de vocês nessa missão.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 544

Registrado em: 20 Set 2016, 10:36

Mensagem 15 Out 2017, 17:17

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Permaneci apenas observando a todos enquanto meus braços se mantinham cruzados. Achei interessante como pessoas tão diferentes conseguiam se manter juntas, eu tinha um motivo bem concreto para estar ali e não era fazer amigos,mas aparentemente aquelas pessoas já tinham criado algum tipo de vinculo o menor que fosse, era um vinculo. Virei o rosto de vagar em direção ao jovem que me encarava, queria saber ao certo o que ele estava pensando porém acostumada com os olhares de medo ou estranheza obviamente estava curioso ou cauteloso pelo fato de haver uma garota usando uma máscara como essa, mas esse era o objetivo dos Crânios Negros, assustar suas vitimas.

Me levantei assim que o halfling saiu indicando que eu estava pronta, virei-me na direção do arqueiro quando ele se dirigia a mim, o encarei por um tempo, ele aprecia ser o mais instável dali, tinha uma personalidade forte e um pouco arrogante porém não tinha como saber nada em poucos minutos de "conversa" precisaria de mais convívio, mas era bom ter essas primeiras impressões sobre o grupo me fazia tomar estratégias antecipadas em caso de uma situação complicada, então apenas balancei a cabeça positivamente, ele era o guia então de algum modo faria mais sentido segui-lo então apenas esperei que saísse para me manter próxima a ele.
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 3827

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 20 Out 2017, 12:34

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Logo após todos saírem, Catriona cumprimentou a nova integrante do grupo com uma ceno de cabeça e um sorriso, depois disso terminou de comer e levantou-se cheia de energia. Disse aos demais que iria ao banco, enquanto os outros poderiam resolver sua pendências e que iria encontrar com os demais no portão indicado no momento combinado, depois saiu com aceno.
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 240

Registrado em: 17 Fev 2014, 10:37

Mensagem 20 Out 2017, 17:29

Re: "Para o Norte, meu Jovem!" (TRPG - Tópico ON)

Absalon concorda com Turok, com certeza o selvagem estava certo. Não deveríamos andar separados.


Imagem

- Ruiva, depois do que ocorrera ontem, não tenho como discordar do nosso guia. Então, acho que você não se importará se te acompanharmos correto? Provavelmente deve ser perto de algum lugar que compre as flechas dele mesmo. Vamos andando logo, prevejo que teremos um dia longo.


Absalon pensou na possibilidade de saírem em duplas, mas após a possessão de ontem, ele sabia que era melhor para todos que, não ficassem sozinhos com ele.
Bando do Chapéu Preto:
Imagem
Anterior

Voltar para Para o Norte, meu Jovem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.