O DISCO DOS TRÊS - ON


Avatar do usuário

Mensagens: 2893

Registrado em: 10 Dez 2013, 12:58

Localização: Rio de Janeiro - RJ

Mensagem 27 Mai 2016, 19:19

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Padre Judas escreveu:- Ó! Desculpe senhor, com essa armadura estranha achei que fosse uma daquelas coisas de mago, golem e tal! Haha! Claro, um macarrão ao molho de Sckhar com nhoque!


Tom:
Imagem
Nah, no worries. I get that a lot.
Nah, não se preocupe. Eu escuto muito isso.


Tom:
Imagem
Maybe I should...
Talvez eu deva...


Imagem
(usem suas imaginações pra entender como isso aconteceria no capacete d'A Armadura)

Tom:
Imagem
There. Oh, it smells much better outside that thing.
Pronto. Oh, o cheiro aqui de fora é bem melhor.


Padre Judas escreveu:- Aqui está, senhor! São três tibares! E a senhorita, já se decidiu? Um à Sckhar mesmo? - o homem leva os dedos aos lábios e os abre em um gesto dramático, de alguém que enfatiza o sabor da coisa.


Tom (estendendo a mão com o dinheiro):
Imagem
Thanks man, here it is.
Valeu amigo, aqui está.


Tom prova o macarrão.

Tom:
Imagem
Oh, yeah, would you kindly make some white sauce spaghetti as well? A friend of mine's asked for some.
Ah, sim, você poderia gentilmente fazer um espaguete ao molho branco também? Um amigo pediu que levasse.


Tom volta a degustar o macarrão.
  Código:
[quote][b][size=85]Nome_do_Personagem:[/size][/b]
[img]URL_da_Imagem[/img]
Fala.[/quote]
Avatar do usuário

Mensagens: 7793

Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44

Localização: Belo Horizonte - MG

Mensagem 27 Mai 2016, 22:45

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Lilith e Tom

Lilith escreveu:- Sério que vai cobrar tudo isso dessa coisinha voando sobre a minha cabeça?


O homem sorri, amigável, com um gesto de quem pede desculpas.

- Bem, senhorita, eu vendo porções, infelizmente não posso cobrar menos por elas. Lamento tanto!

Lilith escreveu:- Ok, faça uma porção para a minha amiga aqui, eu quero algo para viagem se tiver.


O homem olha para a pequena fada e para a moça diante dele, assim como para o homem de armadura, piscando, como se pensasse alguma coisa. Então dá de ombros.

- Claro! Aqui está o da sua pequena amiga!

O homem é tão ágil quanto sempre, preparando uma porção para Morrigan e depositando-a sobre uma pequena mesa próxima. Na sequência prepara uma para viagem, embalando-a cuidadosamente.

Morrigan escreveu:-Yeah! Vou comer e cuspir fogo que nem um dragão e não se preocupe moço vou coner tudinho.


- Ho, ho, ho! Sim, essa é uma boa garota! Uma boa fada, é sim! Talvez eu tenha sorte hoje!

Em seguida ele prepara uma porção para Lilith. Como um pedido de desculpas, ele coloca um pouco mais, a fumaça saindo daquele prato de macarrão banhado em um molho vermelho e borbulhante. Pequenas pimentas estão espalhadas aqui e ali.

Tom escreveu:Ah, sim, você poderia gentilmente fazer um espaguete ao molho branco também? Um amigo pediu que levasse.


- Claro, claro, meu senhor! Um momento! Aqui está!

Como fez com o pedido de Lilith, o homem coloca a porção em um tipo de caixinha que parece própria para isso, fechando-a bem e embrulhando-a cuidadosamente. Entrega-a ao rapaz de armadura, satisfeito, e apanha os tibares.

Olhando em volta, Lilith pode ver outras atrações. Há engolidores de fogo, bufões malabaristas, magos de palco. A voz possante de um homem pode ser ouvida:

- Venham, venham todos, para o Torneio de Justa de Malpetrim!

O arauto, baixo e trigueiro, veste-se garbosamente, anunciando o torneio à plenos pulmões. Em sentido contrário, uma mulher negra de físico poderoso também caminha, berrando:

- Senhoras e senhores, venho para anunciar o Festival de Artes Marciais de Malpetrim! Venham ver os maiores lutadores do mundo se enfrentarem em lutas de verdade, não disputas infantis com pedaços de pau!

Os dois anunciantes param um diante do outro, se encarando, então o arauto se afasta, intimidado, seguindo seu caminho, ainda berrando. A mulher dá de ombros e faz o mesmo.

Off escreveu:Lilith e Tom podem escolher o que fazer aqui. Podem ir à um dos torneios, apostar no vencedor e talvez ganhar uns trocados (e, de lambuja, torcer pelos colegas, embora eles não saibam disso ainda). Ou podem sair perambulando pela Feira, à busca de algo mais interessante (e que produza algum PE permanente para eles).


Balah e Gael

Vocês entram pela porta indicada, apresentando-se como concorrentes. Um orc bem vestido os guia por corredores mal-iluminados por tochas até uma mesa, onde uma mulher de meia idade, mal-humorada e de aparência cansada, os atende. Ela não parece estar tendo um bom dia hoje. Vocês percebem que ela tem um olho um pouco maior que o outro, e de cores diferentes - um é verde e o outro de uma cor estranha que vocês não conseguem guardar na memória. Fuma um cachimbo fedorento, cuja fumaça se espalha pelo ar - parece estar fumando a tanto tempo que o ambiente adquiriu um odor permanente.

Ela olha para vocês atentamente, como se os avaliassem, e fala rápido, sem lhes dar tempo para dizer qualquer coisa.

- Mais competidores? Ótimo! São vinte tibares como taxa de participação, e também podem apostar em si mesmos a quantia que quiserem. Os duelos são individuais, baseados em graduações. Vocês são de Grau 2, e podem escolher enfrentar alguém do mesmo Grau, ou de Graus diferentes. Os de Grau 1 são mais fracos que vocês, e podem render um dinheiro fácil - em tese. Os de Grau 3 ou superiores podem render mais dinheiro, mas é bem mais difícil. O prêmio fixo é de 100 tibares para o vencedor do duelo, independente do Grau. Mas não importa, o dinheiro de verdade está nas apostas! Não podem usar armas mágicas ou magia, e as lutas são até o nocaute ou desistência. Vale dedo no olho, puxão de cabelo e golpes em qualquer lugar, até lá em baixo, sim senhores, protejam bem essas gracinhas aí. A morte não é desejável, mas pode ocorrer. Assassinato é expressamente proibido, claro, mas, bem, acidentes acontecem. Vocês devem assinar este termo de compromisso entendendo as regras e aceitando os riscos.

- A organização do Festival disponibilizou um pessoal médico para curar os feridos após as lutas. De Salistick, se não me engano. Não pouparam despesas. Mas ressurreições são por conta do falecido - ou seus parentes e amigos, melhor dizendo... he, he, he...

- Preciso do nome e origem de cada um. Um apelido serve, alguns competidores são tímidos e têem medo de serem reconhecidos na rua. Também não precisam dizer o local de origem verdadeiro - está cheio de "bárbaros das Sanguinárias" e "selvagens das Savanas" neste torneio. Sem ofensas, querido.
- ela pisca o olho "normal" para Balah, sorrindo dentes amarelos.

Off escreveu:Cada jogador pode escolher um adversário. Os duelos são não-letais, mas isso vai de cada um - se alguém morrer em uma luta justa, isto é visto como uma fatalidade, não um crime. Caso o dano seja não-letal, o jogador tem que especificar isso claramente no post - neste caso sofre uma penalidade de -1 na F ou PdF a partir daquele ponto, conforme as regras do TA, pg. 51. Para voltar a causar dano letal, tem que avisar de novo.

O sistema de apostas é outro caso. Os Graus são os níveis de personagem. Grau 1 é Novato, 2 é Lutador (vocês), 3 é Campeão, etc. Lutas contra Novatos ou Lutadores são de 1:1, ou seja, cada tibar apostado rende um para o vencedor. Contra patamares mais altos, rende mais: 2:1 contra Campeões, 3:1 contra Lendas, e assim por diante. As regras para apostas estão no TA, pg. 75.

Quanto à Experiência, vitórias contra Novatos não rende PE (não é um "combate justo"). Contra Lutadores e acima rende 1 PE pela vitória. Derrotas contra Novatos e Lutadores causam -1 PE, mas não contra graus superiores - porque não é "combate justo".

Espero não ter esquecido nada. Boa sorte! o/


Capella

A Grande Feira anuncia um Torneio de Justa, parte do calendário tradicional deste tipo de evento no Reinado, e campeões de todos os reinos estão reunidos aqui. As regras estão afixadas em um quadro, colocado na entrada da arena (um grande anfiteatro).

Quadro de avisos escreveu:1 - Lanças reais estão proibidas, somente lanças de torneio são aceitas.
2 - Não lutar fora das filas.
3 - Os duelos são sempre de um cavaleiro contra um cavaleiro. Qualquer tipo de auxílio está proibido, assim como vários cavaleiros na liça.
4 - Não se deve ferir o animal. Mesmo golpes contra a sela resultarão em desclassificação imediata. Será cobrada multa de quem ferir ou matar um cavalo durante a liça. Mortes de cavalos namalkhianos serão punidas pelas leis de Namalkah.
5 - Os golpes no rosto e no peito são os únicos válidos. Derrubar um oponente com um golpe em outra parte é inválido. Caso o cavaleiro caído fique incapaz de continuar, e ficar constatado que houve conduta antidesportiva, o que o derrubou será desclassificado.
6 - Não ferir o cavaleiro que levanta a viseira, ou que a mantém erguida. A liça será interrompida a qualquer momento se um dos competidores erguer a viseira. O juiz de paz agirá para descobrir porque a viseira foi erguida.
7 - A luta prossegue até a queda de um dos cavaleiros. Caso os dois cavaleiros caiam, a luta prosseguirá no chão, com espadas reais. Ataques letais são desonrados e desaconselhados.
8 - Que Khalmyr nos abençoe!


Quando Capella, Mirach e Kitalpha aproximam-se da mesa de inscrição, o homem sentado nela os saúda. Ele parece jovem, tem curiosos cabelos azuis e um corpo delgado - as orelhas levemente pontiagudas surpreendem-nos! Quando fala, o faz com um sotaque diferente - ele claramente não parece ser nativo do Reinado, e o valkar não é sua língua nativa.

[i]- Ah, um Paladino de Khalmyr! Seja bem-vindo, Excelência, assim como sua companheira! Deseja se inscrever na liça, é claro!

- A taxa de inscrição é por categoria. A Categoria Bronze demanda 50 tibares como inscrição e rende 1.000 tibares para o campeão. A Categoria Prata tem taxa de 70 tibares, e rende 1.500. A Categoria Ouro é de 150 tibares, e dá ao vencedor 3.000 tibares. E a Categoria Platina...

Ele olha para os lados, fazendo um pequeno suspense, e fala um pouco mais baixo, em tom conspiratório.

- A Categoria Platina é para os maiores entre os cavaleiros, Excelência! São as grandes lendas do Circuito de Justas de todo o Reinado! Custa 200 tibares, mas o prêmio é de 10.000! Dez mil tibares, assim!

Ele sorri ainda mais, e volta ao seu tom normal:

- Arrãm... bem, o que vai ser, meu senhor? Ah, sim, antes que me esqueça, é possível apostar no vencedor do último duelo de cada categoria, que decidirá o vencedor. Competidores famosos atraem mais apostas, é claro, enquanto os menos conhecidos podem se beneficiar de uma vitória inesperada...

Ele olha para você com atenção.

- Não o reconheço de outras competições, e estou nisso a bastante tempo. Acho que poderia se sair bem como uma... digamos... "zebra", não é? Competidores só podem apostar em si mesmos ou nas liças das demais categorias. Se desejar, procure a banca de apostas lá dentro. Agora, preciso de seu nome e local de origem. A jovem será seu arauto? Temos um arauto próprio, se preferir. Neste caso precisarei de mais detalhes, como feitos anteriores, para serem anunciados pelo nosso profissional.

Off escreveu:As regras de justa vão funcionar da seguinte forma:

Inicialmente, é uma luta normal, forçosamente não-letal, porque se deve usar as lanças de torneio cedidas pela Organização (embora duelistas profissionais carreguem as suas próprias, claro, mas este não é o caso do Capella, um aventureiro em tempo integral - e suas parcas economias indicam que ele não participa muito desses jogos, ou não é muito bom...).

Sendo não-letal e pautada por ataques corporais, impõe F-1 na FA. A Iniciativa é rolada a cada turno, e os oponentes se golpeiam sucessivamente até um cair. A queda indica a derrota do caído e o fim da liça.

A queda é um fenômeno único. Ela pode ocorrer a partir do momento em que um competidor atingir metade dos PVs. Esse dano causado pela lança não é real - produz no máximo algumas escoriações leves, então não será necessário um clérigo ou poção de cura ao final. Nem nocautes costumam ocorrer, normalmente. De qualquer modo, após perder metade de seus "PVs", o competidor passa a testar H ou R (o que for maior) a cada golpe bem sucedido que levar (ou seja, sempre que perder pelo menos 1 PV). Se perder no teste, cai. Se chegar a 0 "PVs", também cai.

Há uma situação inesperada, mas emocionante (e perigosa). Se ambos os competidores cairem ao mesmo tempo de suas selas, a luta continua no chão, com espadas reais. Espera-se que o combate continue sendo não-letal, mas gente desonrada tem em todo lugar. Se esta situação ocorrer, Capella deve ficar preparado. Neste caso, os PVs voltam ao total, e agora o dano passa a ser real - há ferimentos de verdade, causados pelas espadas (que têm fio e peso).

As Categorias são indicativos dos níveis dos adversários. Bronze é Novato, Prata é Lutador, etc. Não tem como o cadastrador adivinhar a pontuação do personagem, então é o PJ que tem que decidir onde vai empatar seu dinheiro. Capella tem só 230 tibares, é um cavaleiro pobre, tem que tomar cuidado. Pode ganhar muito dinheiro aqui (eu estou ignorando preços em TP, TO, que a aventura original indicavam - aqui a "inflação" é menor), mas a perda vai ser sentida. Entrar na Categoria Bronze não é demérito em jogo - as pessoas não têm como saber o nível de um competidor desconhecido, nem Capella sabe. Mas as regras para combate justo valem assim mesmo, então é o Kaidre que tem que decidir, e dane-se o metagame. Somente vitórias contra Lutadores ou acima rendem PE, e somente derrotas contra Lutadores ou Novatos provocam -1 PE.

O esquema de apostas é o seguinte: Capella é desconhecido, ele é o zebra da competição. O nível de popularidade dos adversários será sorteado por mim, então eu mesmo não sei ainda qual vai ser - vou testar assim que o Kaidre decidir em qual Categoria vai competir. Só aviso que os Platinas são todos famosos, então vai dar uma grana booooa! Provavelmente o Capella não vai vencer, porque é contra um oponente de 12 pontos. Mas você que sabe! Talvez vença!

Como prêmio extra, o vencedor de cada Categoria ganha os efeitos de Boa Fama em Malpetrim e arredores pelo resto da semana da Grande Feira, e 1d+1 semanas por Categoria (+1 para Bronze, +2 para Prata...) após o fim da mesma. Heróis esportivos são lembrados... por algum tempo.

Esqueci alguma coisa? Espero que não. Boa sorte! o/
Editado pela última vez por Padre Judas em 28 Mai 2016, 01:44, em um total de 1 vez.
BAÚ DO JUDAS

Azog (Werra Ataca)
Cornélia Volg (Crônicas da Tormenta)
Joaquim Bogart (Ídolos de Aço)
Kallyan de Callistia (Ilha do Umbral de Fogo)
Tyr de Nilo (Mundo dos Deuses, TRPG)
Vladimir Minsk XI (Outono)

MÁGIKA: ON FICHAS REGRAS
AR MOLHADO: ON FICHAS
Avatar do usuário

Mensagens: 3801

Registrado em: 13 Jan 2015, 21:24

Mensagem 27 Mai 2016, 23:26

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Bom, vamos entrar no Grau 2 G? Ai, se Mirach estivesse aqui ela saberia como cuidar das apostas. Acho que vou apostar em nós mesmos e pronto.

Tanto faz! Vou achar um lugar para assistir, não se preocupem em se machucar pra meter porrada neles, posso curar bem melhor que esse tal de Mediko.

Certo, se divirta! Sandra foi achar um lugar para assistir a gente G, ela disse que nos curava se precisasse.

Balah paga a inscrição dele e de seu amigo e aposta 50 tibares na vitoria de cada um.

Só "Balah Ramma" serve e diga apenas que vim do Norte, bem além do Rio dos Deuses.
Everything Lives!

  Código:
[quote="Valvadis"][img]http://i.imgur.com/Q9oPG0K.jpg[/img]
 [/quote]


  Código:
[quote="Crys"][img]http://i.imgur.com/Lx90GDY.jpg[/img]
- [i][/i] [/quote]
Avatar do usuário

Mensagens: 12003

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 28 Mai 2016, 09:30

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

[Lilith]Lilith continua vendo a movimentação e vê a moça chamando para um torneio de luta.

- Pelo visto deve ser lá que Balah e Gael estão.

Mas ela também ouve sobre a justa.

- Pelo jeito já sabemos onde nosso amigo Cavaleiro está também. Não sei para onde você vai, Tom, mas acho que vou até os nossos garotos lutadores, eles disseram que iriam procurar lutas e deixei os fofos seguirem eles. Vou até eles, se quiser ir comigo ficaria agradecida.

Lilith agradece e paga o vendedor e aconchega suavemente Morrigan que desmaiou depois de comer tanto.

- Eu avisei que ela tinha uma boca maior que o estômago. Senhor, saberia me informar o melhor lugar para comprar mantimentos, medicamentos e poções nessa feira?

Depois das respostas e seguir seu caminho até Gael e Balah Lilith pensa se não devia mandar alguém até Capella.

Lilith então invoca 1 Diabrete Alado.

- Ok fofinho, tenho um pedido para você. Quero que procure por meu amigo Capella e a mocinha que anda com ele. Quero que você avise a ele que eu vou estar no torneio de Artes Marciais onde Balah e Gael devem estar, ok? E nada de travessuras.

[Diabrete]- Mas Ma'am, ele é uma escória dos deuses. Fede igual a eles, ainda se ele tivesse seu cheirinho gostoso de bebê até dava encarar o fedido.

[Lilith]- Não fale assim, Fofo. Olhe, se fizer o que eu disse você pode brincar na feira depois, ok?

[Diabrete]Ok Ma'am.

O Diabrete alça voo e desaparece de vista em instantes.

[Lilith]- Não devia ficar tão dependente deles, mas se não liberar alguns de vez em quando posso acabar pior.

Estou indo até o povo das Artes Marciais, paguei só a minha parte e gastei 1 PM para invocar esse diabrete aí, mas não precisa rolar dado. Considere como 1 mesmo e sim, a Lilith não encarou as consequências de seu ato. Quem mandou ser fada :lol:.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 5626

Registrado em: 11 Dez 2013, 14:40

Mensagem 28 Mai 2016, 09:32

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Mirach escreveu:”10.000!”
- Pode inscrever na categoria platina!
- Ela se adianta.


- Ei! Muita calma. Nunca participei desse tipo de competição. Não é melhor começar por baixo, na categoria bronze? - Ele tenta controlar a impulsividade da companheira.

Mirach escreveu:- Eu não aceito que meu cavaleiro seja menos do que ouro. - cruza os braços em protesto. - Além disso, você não queria se tornar um grande cavaleiro? Essa é sua chance! Quanto melhor a categoria, maior vai ser seu reconhecimento.


- Sim, mas você ouviu o homem. Todos os competidores das categorias altas são amplamente reconhecidos por seus talentos. Não posso afirmar que estou no mesmo nível deles sem nunca ter competido. Seria quase como insultá-los.

Mirach escreveu:”É isso!” - Ela se vira para o homem com um sorriso.
- Pode nos dar um minutinho por favor? - Então pega Capella pelo braço e o leva a um lugar um pouco mais afastado de ouvidos curiosos.
- Então vamos estudar nossos oponentes! Já que são tão famosos, podemos descobrir um ou outro detalhe que ajudem você na justa.


- Isso não seria trapaça?

Mirach escreveu:- Não há nenhuma regra dizendo que não podemos conhecer nosso adversário antes da luta. Além disso, muitos competem justamente para se tornarem populares. É mais que natural que enfrentem um oponente que conheça suas fraquezas. Isso se chama estratégia! Ou por acaso Khalmyr faz julgamentos sem antes ter conhecimento prévio de todo o evento a ser julgado? - Ela cruzas os braços e bate o pé como se esperasse uma resposta após a bronca.


Diante dos argumentos, Capella simplesmente ficou sem palavras. Tudo que podia fazer era dar razão a moça.

Mirach escreveu:- Vamos fazer assim. Deixa que eu cuido das negociações e você se preocupa apenas com a competição.


- Por que quer fazer isso?

Mirach escreveu:- Não se lembra? Eu nasci em uma família rica. Estudei de tudo e fui educada a lidar com finanças e negociações. Estou acostumada. Você por outro lado é muito bonzinho. Uma pessoa mais ardilosa não encontraria dificuldades em passá-lo para trás. - Em seguida, muda para uma expressão mais tristonha. - Ou será que, você não confia em mim?


- Me desculpe. Não foi o que quis dizer. Eu confio no seu julgamento.

Mirach escreveu:- Então, vai deixar eu lidar com isso a minha própria maneira?

- Claro. Eu confio em você.

Mirach escreveu:- Então está bem. Me espere aqui. - Ela sorri e vai em direção ao balconista.

- Desculpe por fazê-lo esperar. Meu primo precisava de uma pequena motivação.

Com os braços cruzados elevando o busto, ela reclina-se na mesa, ressaltando ainda mais seu dote. Mantem os quadris elevados enquanto exibe suas pernas torneadas.

- Você disse que quanto maior a categoria, mas famoso é o cavaleiro certo? Poderia me falar sobre todos os cavaleiros famosos que se inscreveram? Eu adoraria ouvir tu-di-nho sobre eles. - Ela sussurra com uma voz suave enquanto escorrega os dedos indicador e médio pelos lábios, mordendo a ponta da unha enquanto mantém uma expressão travessa no rosto.

- Além disso, poderia me dar um desconto de 90% na taxa de inscrição? - Desa vez coloca o dedo indicador na boca e após retirá-lo passa a língua pelos lábios suavemente e sorri maliciosa.

- O-ne-ga-i. (por-fa-vor-zi-nho).


Off escreveu:São vários testes, de Manipulação acredito ser o mais indicado.

1º teste é para ver se é possível persuadir o balconista.

2º teste é para conseguir a informação mais completa possível, características, vantagens e desvantagens de todos os competidores se possível, ou ao menos do que o Capella for enfrentar.

3º teste é para conseguir o desconto.

4º se alguma coisa falhar, vou apelar para o Canto da Sereia (por fa vor zi nho)

Se considerar que ela está sob comando de Aliado, a H dela passa a ser igual a do Capella, 2. Com Obediência Eficaz, Lucro Rápido e Genialidade ela terá +6 no total. Testando com H8.
Se achar mais conveniente, pode trocar o Canto da Sereia por Língua Ferina. Quantos sucessos dá para comprar?
Avatar do usuário

Mensagens: 2893

Registrado em: 10 Dez 2013, 12:58

Localização: Rio de Janeiro - RJ

Mensagem 28 Mai 2016, 11:16

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Anunciante do Torneio de Justas:
- Venham, venham todos, para o Torneio de Justa de Malpetrim!


Tom:
Imagem
That sounds fun.
Parece divertido.


Anunciante do Festival de Artes Marciais:
- Senhoras e senhores, venho para anunciar o Festival de Artes Marciais de Malpetrim! Venham ver os maiores lutadores do mundo se enfrentarem em lutas de verdade, não disputas infantis com pedaços de pau!


Tom:
Imagem
That sounds fun.
Parece divertido.


Lilith:
Lilith continua vendo a movimentação e vê a moça chamando para um torneio de luta.
- Pelo visto deve ser lá que Balah e Gael estão.
Mas ela também ouve sobre a justa.
- Pelo jeito já sabemos onde nosso amigo Cavaleiro está também. Não sei para onde você vai, Tom, mas acho que vou até os nossos garotos lutadores, eles disseram que iriam procurar lutas e deixei os fofos seguirem eles. Vou até eles, se quiser ir comigo ficaria agradecida.


Tom:
Imagem
Yeah, sure. That sounds fun.
Sim, claro. Parece divertido.

Lilith:
- Ok fofinho, tenho um pedido para você. Quero que procure por meu amigo Capella e a mocinha que anda com ele. Quero que você avise a ele que eu vou estar no torneio de Artes Marciais onde Balah e Gael devem estar, ok? E nada de travessuras.


Diabrete:
- Mas Ma'am, ele é uma escória dos deuses. Fede igual a eles, ainda se ele tivesse seu cheirinho gostoso de bebê até dava encarar o fedido.


Tom:
Imagem
Hehe. He's funny.
Hehe. Ele é engraçado.


Lilith:
- Não devia ficar tão dependente deles, mas se não liberar alguns de vez em quando posso acabar pior.


Tom:
Imagem
Yeah.
É.
  Código:
[quote][b][size=85]Nome_do_Personagem:[/size][/b]
[img]URL_da_Imagem[/img]
Fala.[/quote]
Avatar do usuário

Mensagens: 7793

Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44

Localização: Belo Horizonte - MG

Mensagem 28 Mai 2016, 14:31

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Capella

Mirach escreveu:- Você disse que quanto maior a categoria, mas famoso é o cavaleiro certo? Poderia me falar sobre todos os cavaleiros famosos que se inscreveram? Eu adoraria ouvir tu-di-nho sobre eles.


- Ora, ora, senhorita... - o homem olha para o decote generoso, considerando a situação. - Bem, suponho que não há mal em falar alguma coisa. Há uns dois ou três grandes favoritos em cada Categoria, e suas habilidades são razoavelmente conhecidas.

- Na Categoria Bronze, temos o jovem Kallioh, um rapaz local. Ele é popular com os plebeus, por suas origens humildes, e venceu algumas competições em Petrinya, mas não é conhecido fora do Reino, e nem tem um apelido majestoso. Também há Cassandra Rubi - ela é uma anã de Doherimm que começou a fazer algum nome em Deheon.

- Na Prata estão algumas estrelas. Hermeneus, o Centauro, é um caso à parte. Ele não é um centauro de verdade, claro, isso nem seria aceito! Mas está tão bem integrado à sua montaria que parecem um, realmente. Apesar disso, o cavalo nunca se feriu, então não há problemas.

- Virginia do Fogo é uma ruiva de Bielefild! Nobre, e dizem que queria entrar para a Ordem da Luz, mas foi rejeitada.

- Horlah, o Terror dos Cavalos, é um...
- aqui ele para, um pouco incomodado - Robgoblin, na verdade. Do Reinado mesmo, algum reino à leste, não sei bem qual. Não demonstra medo, e é conhecido por ser incrivelmente cavalheiresco, apesar do público não gostar muito dele, por suas origens e aparência, suponho, mas também porque assusta os animais.

- Agora, a Categoria Ouro. A Duquesa Célia Yudenach - sim, uma duquesa da família real de Yuden - se destaca. Principalmente por sua idade - é a mais jovem justadora a alcançar a Categoria Ouro. Dizem que quando Virginia subir de Categoria, a competição vai escalar a outro nível!

- Shimatzu Goro, a Sombra do Leste, é alguém realmente perigoso. Ele é muito bom, golpeia com frieza e possui talentos... únicos.

- E, por fim, as Lendas! Os Cavaleiros de Platina! Sim, há muitos grandes campeões na Platina, é difícil citar todos eles. Vou lhe dar só dois, como um brinde: a primeira é Emília, o Cão, chamada assim pelo elmo com forma de cabeça de cachorro, e por estar sempre cercada por uma matilha desses animais. Os bichos a obedecem sem questionar, e todos a adoram. Bem, quem não gosta de cachorros, não é mesmo!

- E, por último está Erlingas...
- aqui ele hesita, sua expressão se torna carrancuda e seus punhos se fecham - Erlingas, o Elfo! Veio de Lamnor, conquistando vitórias sobre vitórias nos torneios ao longo do caminho! Não sei como o deixaram passar por Khalifor, se descobrisse o responsável, iria tirar satisfação! Ele é um elfo, então não preciso dizer mais nada!

O sujeito de orelhas ainda está zangado, mas Mirach consegue acalmá-lo aos poucos. Então volta à carga.

Mirach escreveu:- Além disso, poderia me dar um desconto de 90% na taxa de inscrição? - Desa vez coloca o dedo indicador na boca e após retirá-lo passa a língua pelos lábios suavemente e sorri maliciosa.


- Gasp! Que isso, minha dama! Isso é um pouco demais... - ele olha dentro daqueles olhos profundos, se perdendo ali por alguns instantes. - Olha só, posso dar um desconto de 30%! E isso é para você, meu anjo, porque me pediu... - ele segura a mão de Mirach e a beija delicadamente, mantendo-a junto à si.

Off escreveu:São só dois testes. O primeiro é para convencer o atendente a ser gentil e dar as informações pedidas. É um teste Difícil, ele já disse que é "experiente" - Mirach escolheu justo o "alvo" mais complicado, mas, é claro, o atendente pode dar informações mais detalhadas.

Os dois testam Manipulação, Mirach para seduzir, atendente para perceber o engodo. Estou assumindo que Mirach também é boa (H8), então o teste é Difícil para o atendente também.

Teste de Mirach (Difícil): H=8-2, ou seja, H6.
Dados: 3 (sucesso).

Teste do atendente (Difícil): H10-2, ou seja, H8. Ele rola duas vezes.
Dados: 6 (fracasso) e 4 (sucesso).

O atendente venceu - ele é muito bom. Mas vou considerar um "sucesso parcial" por parte de Mirach e dar algumas informações, mas nada detalhado. Vai ter que investigar mais por aí. As informações estão "na nuvem", tem só que pescar.

Você tem que especificar se vai usar Língua Ferina ou Canto da Sereia, e tem que fazer isso antes de anunciar o teste, porque se não fica muito cômodo. Naturalmente, alguém que já tenha resistido à Manipulação uma vez irá resistir novamente se for tentado em um período tão curto de tempo. Ainda sim, eu farei outro teste, para determinar o tal "desconto". Só que dessa vez o atendente está preparado, e seu teste é Dificuldade Fácil. Pode parecer injusto, mas eu reduzi um nível pelo fracasso interior, e mais um pelo desconto - 90% é demais, fora da realidade em qualquer mundo, seja fantástico ou não.

Teste de Mirach (Difícil): H=8-2, ou seja, H6.
Dados: 4 (sucesso).

Teste do atendente (Fácil): Sucesso automático.

Mesmo assim, eu rolei os dados, considerando um bônus de +2 (se Difícil é -2, então...) só pra ver o que acontecia.

Teste do atendente (Fácil): H10+2, ou seja, H12.
Dados: 6 (fracasso) e 6 (fracasso)! :shock:

Ok, isso me surpreendeu. Por conta disso, decidi dar um desconto, mas não tão alto. Recomendo aceitar. E parabéns, Mirach! Se fosse um jogo de dados, eu estaria rico...
BAÚ DO JUDAS

Azog (Werra Ataca)
Cornélia Volg (Crônicas da Tormenta)
Joaquim Bogart (Ídolos de Aço)
Kallyan de Callistia (Ilha do Umbral de Fogo)
Tyr de Nilo (Mundo dos Deuses, TRPG)
Vladimir Minsk XI (Outono)

MÁGIKA: ON FICHAS REGRAS
AR MOLHADO: ON FICHAS
Avatar do usuário

Mensagens: 16357

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 28 Mai 2016, 14:42

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Balah diz: Bom, vamos entrar no Grau 2 G? Ai, se Mirach estivesse aqui ela saberia como cuidar das apostas. Acho que vou apostar em nós mesmos e pronto.

Gael:
Imagem
Tudo bem, pode ser esse tal de Grau 2. Mas depois vou querer lutar no Grau 3. Não entendo muito de dinheiro ou de contas... mas toma aqui minhas moedas. Divide por dois e aposta tudo em mim e em você.

Gael tem 47 moedas. Apostaria 23 nele e 23 em Balah. Mas ele mesmo não sabia como fazer isso, então simplesmente deu seu saco de moedas para o amigo nagah.

Mulher de meia idade diz:- Preciso do nome e origem de cada um. Um apelido serve, alguns competidores são tímidos e têem medo de serem reconhecidos na rua. Também não precisam dizer o local de origem verdadeiro - está cheio de "bárbaros das Sanguinárias" e "selvagens das Savanas" neste torneio. Sem ofensas, querido.

Gael
Imagem
Hmmm... Eu sou Gael. Meu apelido é G, né Balah? Eu venho de láááááa de Valkaria. Pode por Gael de Valkaria, eu acho.


Balah diz:Certo, se divirta! Sandra foi achar um lugar para assistir a gente G, ela disse que nos curava se precisasse.

Gael
Imagem
Uhuhu, que legal. Espero que ela goste das nossas lutas.


Gael
Imagem
Hmmm quem será o meu adversário? Espero que seja muito forte.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 3801

Registrado em: 13 Jan 2015, 21:24

Mensagem 28 Mai 2016, 17:16

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Balah recebe o dinheiro e o conta, vendo a parca quantidade ele separa sete tibares antes de fazer as apostas e os devolve a Gael.
Não é bom apostar tudo G. Você pode querer comer uns doces e não ter ninguém por perto.

Pagarei nossas entradas para uma luta G2 cada e apostarei em ambos com 50 meus e 20 de Gael cada. Sem muito o que fazer no momento.(acho que já fiz isso, só estou confirmando


Uhmmm, seria bom ir contra um desse gladiadores valkarianos, sabe? Velhinha, tem algum lutador no nosso Grau para ficarmos de olho? Em múltiplos sentidos.
Everything Lives!

  Código:
[quote="Valvadis"][img]http://i.imgur.com/Q9oPG0K.jpg[/img]
 [/quote]


  Código:
[quote="Crys"][img]http://i.imgur.com/Lx90GDY.jpg[/img]
- [i][/i] [/quote]
Avatar do usuário

Mensagens: 16357

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 28 Mai 2016, 17:49

Re: O DISCO DOS TRÊS - ON

Gael
Imagem
D-doces...?

Gael
Imagem
Doces!
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem
AnteriorPróximo

Voltar para Judasverso

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.