Um Navio para Izzy (PBF)


Avatar do usuário

Mensagens: 16419

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 25 Dez 2014, 20:47

A melodia dos piratas adentrou o sonho de Ferannia ainda pela manhã. O frescor da primavera permitia um sono tranquilo e o saco em que dormia ainda contribuía para sua dormida (afinal, ela já estava acostumada a dormir em relentos piores). Desse modo, sonhava com suas viagens, com suas descobertas de novas plantas e flores tipicamente litorâneas. Provavelmente, a nova viagem, a nova aventura no mar influenciava seu sonho.

Mas mesmo assim, ela tinha preocupações. Em sua cabeça, ela tinha que demonstrar certeza em suas ações o tempo todo. Ser líder de um bando de aventureiros não é para qualquer um e mesmo ela não julgava-se inteiramente pronta para tal tarefa. Mas fora escolhida para tal. Claro que a presença da encantadora Shatass e seu jeito sedutor (que ela invejava de certa forma, pois ela era livre, sem pudores civilizacionais que aprendeu durante sua adolescência em Zakharov) e a decidida e desconfiada Pérola, quem ela julgava ter um bom senso (na verdade, Pérola era quem ela mais se identificava naquele bando) contribuíam para ela se sentir mais segura e confiante. Elmac já provara ser confiável e leal, mas suas visões de mundo construíam um clima constante de tensão (ou talvez isso acontecesse apenas em sua cabeça). Mahtan era o mais fechado e incógnito para ela.

Pensar sobre seus companheiros era uma constante preocupação. Queria torná-los úteis para as missões e para isso teria que, além de conhecer as habilidades de cada um, teria que também saber mais sobre cada personalidade, mesmo que ela não fosse muito boa em fazer alguém se revelar...

De qualquer maneira, ela acordou lentamente e não percebeu ninguém próximo. Levantou-se e logo pôs-se a observar seus equipamentos. Outra constante para ela. Outra preocupação com seus equipamentos. Depois de subir as escadas e ser recebida pelo sol, pôde ouvir o estranho diálogo da capitã Izzy e o papagaio vermelho. Percebeu que seus companheiros já começavam a agir. Andou lentamente até Pérola que estava li próxima. Não deixou de reparar em sua beleza e no modo em que deslizava suavemente os dedos ao longo do cabelo.

Ferannia escreveu:Imagem
Oi, Pérola. Pelo visto, acordei tarde. Mas não o suficiente para perder este "evento". Estão todos bem?


Ferannia escreveu:Imagem
Aparentemente este papagaio é mais "gente" que animal. Mas talvez eu ainda conheça um truque ou dois para torná-lo amigável. Vamos esperar para ver se é tão necessário assim.


Ferannia recostou-se tentando parecer também relaxada a exemplo de sua companheira e deixou o vento soprar sobre seus loiros cabelos lisos. Seus olhos verdes e sua pele muito branca logo reclamariam do sol, sensíveis demais até mesmo para uma primavera litorânea. Ela vestia sua cota de malha de mitral, reluzente e leve, quase como uma camiseta comum. Estava com os braços de fora e calças largas, mas amarradas até a altura do joelho para deixar a maior parte de suas pernas livres para o frescor do vento. Nas costas, estava seu velho arco e suas flechas. Na cintura, seus dois ajis. Ela nunca gostava de estar despreparada para qualquer evento.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 5326

Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07

Localização: Atrás de você. Não olhe.

Mensagem 26 Dez 2014, 02:24

Conversa de Cobra

Shatass escreveu:Imagem
Hum, um paladino de Thyatiss, adoro paladinosss, conte-me maiss sobre sssua vida...

Gaio, o Papagaio escreveu:Imagem
EI, DE ONDE SAIU ESSA AGORA?

SAI PRA LÁ, COBRA CORAL. SEU VENENO NÃO ME PEGA NÃO


Shantass leva sua mão sutilmente até a gaiola, tentando demonstrar amizade e acariciar seu arredio interlocutor.

CLACT!

Um bicada quase lhe arranca uma bisteca. Por um triz, ela a retira a mão a tempo de apenas sentir o afiado bico da ave riscar sua pele macia.

Gaio, o Papagaio escreveu:Imagem
ISSO AÍ, FICA LONGE VENENOSA!

NÃO VEM COM ESSAS MÃOS CHEIAS DE DEDOS PRO MEU LADO. TE SENTO O BICO JARARACA!

CURRUPACO!!!


Mas Shantass não se sente intimidada. Matreira e elusiva, prossegue em seu intento.

Enquanto isto, Elmac se aproxima de Izzy e discretamente lhe pergunta...

Elmac escreveu:Imagem
Capitã, o que precisamos vindo desse papagaio e porque ele se recusa a colaborar, o que exatamente aconteceu? Achei que iriamos recuperar o Cação, mas esse Papagaio disse que é outro. Seria uma galé tapistana?


A capitã observava curiosa os trejeitos de Shantass.

Despertou de seu encantamento com a aproximação do minauro, e surpreendeu-se com suas colocações.

Izzy escreveu:Imagem
O que quer dizer com isto, sr. Tiarich? Todos sabem que buscamos por um navio abandonado no mar.

O objetivo foi esclarecido desde o princípio, bem como seus riscos.


Pensando melhor agora, Elmac se recordava que isto estava certo. Que lapso bobo foi aquele?

Por um momento, aquilo quase o inibiu. Mas recobrou o controle apesar da vergonha, e tornou a perguntar.

Elmac escreveu:Imagem
Perdão capitã, mas por que precisamos de algo vindo desse papagaio? E porque ele se recusa a colaborar? O que exatamente aconteceu?


Izzy escreveu:Imagem
Porque é um bicho desgraçado que sabe onde o navio está. É só por isto que não virou isca de tubarão ainda.

Se recusa porque tem pacto com os demônios do Abismo, é só o que pode explicar sua petulância.

O que lhe aconteceu, não faço ideia. Mas está óbvio que sabe muito mais do que qualquer outra ave. E vai nos contar, ou meu nome não é Izolda Tarante!


Elmac percebeu que não era nem um pouco fácil ler a capitã. Mas concentrado nela como estava, enquanto ela mesma só se concentrava no terror de penas, percebeu que alguma coisa a mais havia naquela história. Talvez ela soubesse mais dos porquês do pequeno linguarudo não colaborar. Ou quem sabe algo sobre seu passado.

No entanto, observando a naturalidade da capitã, por um momento o paladino duvidou de si mesmo. Será mesmo que alguém tão energética quanto ela não diria de uma vez tudo que tem pra dizer? Buscou ajuda na sabedoria de Tauron para ter certeza. E para sua alegria, suas preces foram atendidas.

Lembrou dos ensinamentos dos paladinos do Deus da Força. Um bom líder nunca revela todos os seus trunfos. Isto é estratégia básica, se quer enganar seus oponentes, deve começar enganando seus aliados. Desvendar sua estratégia é algo que cabe ao inimigo. Não é seu trabalho revelá-la a ele.

Izzy parecia ser uma grande guerreira, forte e afeita às práticas da liderança. Seria ingenuidade demais pensar que entregaria seus segredos de mão beijada. Então teve certeza, algo mais deveria haver naquilo. E talvez não revelá-lo fosse um teste dela para a força e sabedoria de Elmac. Quem sabe? No entanto, enquanto pensava naquilo, Shantass o despertou de seu transe.

Shatass escreveu:Imagem
Que belasss penass... Como veio parar aqui?

Gaio, o Papagaio escreveu:Imagem
JÁ DISSE PRA ME ESQUECER, SURUCUCU. COMIGO NÃO VIOLÃO!

ESSA SUA CONVERSA AÍ NÃO... NÃO... EI, EU CONHEÇO ESSE TRUQUE AÍ.

SUA SAFADA, NÃO SE ATREVA A FAZER ISSO COMIGO!

SUA, SUA... ablubla... ablu... blublu...

Shatass escreveu:Imagem
Hein, o que disse meu pequenino?

Meg Bruxa-Maldita White escreveu:Imagem
SUA LINDA!

VEM AQUI COM A MAMÃE.


Clique para ouvir: Tema de Meg (Icky Thump)

Fim de cena! Houve inúmeras rolagens nesta cena. Primeiro Shantass rolou reflexos pra não tomar uma bicada, e empatou em 27 x 27. A bicada foi ninja, para um simples papagaio, coisa do outro mundo mesmo. Mas ela foi tão ninja quanto e salvou a pele. Ia perder mó bifão do dedo ali, hahaha! Como vocês perceberam, Cortesã Sedutora funcionou no bicho. Não vou dar estes valores, porque não há nada visível no que houve que permita aos personagens identificarem que fatores estavam em ação, mas posso dizer que não foi uma rolagem simples. Foi complexa, e os dados favoreceram muito Shantass. Parabéns, a sorte está do seu lado.

Na cena entre Elmac e Izzy, não vou comentar bulhufas. Comentários sobre mecânica neste tipo de situação sempre entregam informações preciosas. Tentem entender a situação pela descrição, porque ela reflete perfeitamente o que aconteceu. As rolagens ou procedimentos por trás dela não importam. A maior parte do tempo eu vou proceder assim. Não vou dizer o que foi rolado e nem quanto deu no dado. E nem mesmo se foi sucesso ou falha. Só vou fazer uma descrição condizente com o resultado, sucesso ou falha. E então vocês estarão por conta dela e de suas próprias percepções e intuição.

Ah, mas uma coisa posso falar. Elmac quase se traiu, porque sua pergunta inicial estava mesmo errada. O jogador esqueceu o que foi dito no resumo da aventura, na primeira MP, e de certa forma acusou Izzy de algo que não aconteceu. Do ponto de vista dela, aquilo foi mesmo um erro tolo. Pareceu que ele nem sabia do que estava falando. E como Elmac é um cara todo preocupado, fiz um teste de Vontade para ele não se retrair com a gafe. Mas ele foi bem, e manteve a calma perfeitamente, podendo retomar seus questionamentos. Se falhasse, teria acabado por ali. Por isto, é importante que vocês não se percam na história. O mestre está de olho, capicce?

Agora aproveitem, vocês tem um dia inteiro com o papagaio Meg sob efeito de Enfeitiçar Pessoa (talento apelão da porra!) Usem a cabeça.
Editado pela última vez por Khrjstjano em 01 Mar 2017, 01:40, em um total de 9 vezes.
Avatar do usuário

Mensagens: 1600

Registrado em: 18 Mar 2014, 02:26

Mensagem 26 Dez 2014, 06:29

Re: Um Navio para Izzy

Shatass escreveu:Imagem
Hum, como é adorável, diga-me maiss sobre ssua vida. Ssou toda ouvidoss. Quer um afago?


Dizia estendendo novamente a mão com o intuito de afagar suas penas, agora mais confiante.

Shatass escreveu:Imagem
(Como assim mamãe? O que sera que esta dentro deste pequeno corpo emplumado? O que Izzy não esta contando para nos? Talvez se ela tivesse falado mais sobre esse bicho poderíamos fazer as perguntas com mais discernimento...)

Qual sseu nome meu docinho?


Sua voz sibilava suavemente, com um tom doce e agradável

Ela foi mais feita para uso fora de combate... Não sei como se sairá quando a coisa ficar preta rs.
To começando com um pouco de papo furado. Por mais que ele(a) tenha caído, não acho sensato jogar perguntas fortes de cara (tmbm em questão da interpretação)
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Mensagens: 855

Registrado em: 02 Fev 2014, 20:37

Mensagem 26 Dez 2014, 10:15

Re: Um Navio para Izzy

Pérola lá estava, quando Ferannia havia acordado e assim que a companheiro havia saído ao convés, tratou de calçar seu cestus firmemente em suas mãos, não havia mais motivo para ficar enfiada naquele porão quente e mal-cheiroso, iria subir e satisfazer sua curiosidade em relação ao embrulho que o marujo havia retirado mais cedo, jogou sua capa sobre os ombros, e a segurava fortemente com uma das mãos a altura do peito, o que deixava tanto o punho com sua arma amostra, quanto seus ombros, dera uma ultima olhada em seu cabelo, jogando-o as costas.

Ao subir presenciou Shatass negociando com um papagaio um tanto arisco, se aproximava discretamente de suas companheiras, enquanto via Elmac aproximar-se de Izzy. Perola deteu-se perto de Ferannia, observando a cena. Pérola carregava tensão, estava sempre tensa quando próxima do mar, como se esperasse por algo acontecer, também não gostava da tripulação, os olhares a incomodavam, mas lá estava.

Pérola escreveu:Imagem
O que eu perdi Ferannia? E qual é a do passarinha falastrona?


Pérola se dirigia a Ferannia, com um tom baixo, não queria chamar a atenção do papagaio, que pelo que o papagaio falara a Shatass, julgava ser femêa.
Avatar do usuário

Mensagens: 16419

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 26 Dez 2014, 15:29

Re: Um Navio para Izzy

Ferannia estava familiarizada com a atuação de Shatass. Seu sotaque sibilante lhe causava algum desconforto, lembranças de um embate com um culto sszzaazita anos atrás que não terminou bem. Mas sabia que podia confiar em sua companheira e, acima disso, admirava aquela capacidade quase mágica de convencer as pessoas. E agora, sabia que podia até mesmo lidar com animais. Ela suspirou um pouco aliviada, percebendo que não seria preciso utilizar seus truques para ganhar a empatia do papagaio. Ela não gostava de usar esse tipo de artimanha, apesar de que faria o necessário para atingir os objetivos da contenda.

A jovem ranger percebeu um desconforto no rosto de Pérola. Ou talvez fosse apenas sua expressão costumeira. Respondeu no mesmo tom baixo, mas com serenidade, buscando quebrar um pouco a tensão dela.
Ferannia escreveu:Imagem
Pelo visto, o papagaio sabe a localização do navio de Izzy e se recusava a falar por algum motivo. Petulância, suponho. Ou talvez haja outro motivo menos cômico. Shatass conseguirá arrancar a resposta.


Depois, Ferannia se dirigiu a Izzy com um leve sorriso corado pelo sol em suas pálidas bochechas.
Ferannia escreveu:Imagem
Parece que você poderá manter seu nome, capitã.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Mensagens: 179

Registrado em: 20 Jul 2014, 01:17

Mensagem 26 Dez 2014, 23:05

Re: Um Navio para Izzy

Elmac já próximo de Shatass, pensa em que detalhes serão mais importantes para a missão decidindo evitar perguntas obvias ou mesmo perguntas que despertem a ganancia dos membros da comitiva. Então fala com calma e alegria reservada na voz, dando apenas um rápido olhar terno para a ave quando fala a palavra "gentileza":
Elmac escreveu:Imagem
Shatass parece que agora temos uma nova aliada, poderia fazer a gentileza de perguntar a nossa amiga qual o caminho mais fácil para chegar até o navio? O que iremos encontrar? E o mais importante com o que precisamos nos preocupar?
(Eu nunca vou me acostumar com os poderes da Shatass.)

Elmac já havia visto os poderes de Shatass em ação e para proteger ela mesma e qualquer pessoa inocente a observava de perto tomando muito cuidado para não se mostrar um risco a ela, afinal ela já era arisca o suficiente, com todo o cavalheirismo dele, o que muitas vezes o deixa incomodado afinal ele só queria o melhor para todos os próximos a ele. Eles querendo ou não.

Depois se dirigi a Ferania e Pérola e diz de forma militarizada como se tivesse passando um relatório, mas em tom baixo apenas para as duas ouvirem.
Elmac escreveu:Imagem
não perderam muito, Shatass está agora buscando informações com o papagaio. Outrossim nossa capitã garante relativa segurança, com um detalhe, uma galés Tapistana afundou em combate e minha ascendência está polvorosa e provavelmente seremos revistados, mas como não temos nada a esconder, então tudo bem, Mandril está na gávea observando o mar, e por fim ainda não vi o nosso devoto do Oceano, Mahtan.
(Agora que penso nisso onde ele está? Talvez no mar...Assim que terminarmos de interrogar o papagaio será uma boa hora para ver se alguém da tripulação o viu.)

Elmac Ainda não confiava em Mahtan, como aprendeu a ser com o pai, não confiava em devotos de outros deuses facilmente.
Avatar do usuário

Mensagens: 5326

Registrado em: 09 Dez 2013, 20:07

Localização: Atrás de você. Não olhe.

Mensagem 27 Dez 2014, 00:30

Meg Boa-de-Papo White

Ferannia estava familiarizada com a atuação de Shatass. Seu sotaque sibilante lhe causava algum desconforto, lembranças de um embate com um culto sszzaazita anos atrás que não terminou bem...


Dica Cronológica: o ano é 1396 para esta história. Isto antecede o retorno de Sszzaas e à revelação de que as nagahs eram suas seguidoras, o que só ocorreu em 1400. Nesta época, os Sszzaazitas eram tidos como eliminados. Isto não altera a história de Ferannia, mas significa que ela se envolveu em um evento incomum para outras pessoas. Muitas, poderiam inclusive duvidar de sua palavra se ela expusesse isto sem provas.

Outros fatos dignos de nota que ainda não ocorreram são o surgimento de uma área de Tormenta no Reinado, a derrota do Paladino de Arton por Mestre Arsenal e a queda de Khalifor. Pouco se sabe da Tormenta, só que destruiu a longínqua ilha de Tamura e traz demônios. O Paladino de Arton ainda é visto como um grande herói. E só há boatos que ninguém acredita sobre a queda de Lenorienn e a formação da Aliança Negra dos goblinóides.


Shatass escreveu:Imagem
Hum, como é adorável, diga-me maiss sobre ssua vida. Ssou toda ouvidoss. Quer um afago?

Meg Bruxa-Maldita White escreveu:Imagem
NÃO OBRIGADO, NÃO GOSTO QUE FIQUEM ME ALISANDO.

MAS MINHA VIDA, AH, A VIDA DE PAPAGAIO NÃO É FÁCIL SABE, EU SOFRO. PRINCIPALMENTE COM OS HUMANOS, SÃO MUITO INVASIVOS E CHEIOS DE GAIOLAS, UM HORROR SABE.

NINGUÉM RESPEITA UM PAPAGAIO HOJE DIA, NÃO É COMO NO TEMPO DO VELHO JACK, VOCÊ TEM QUE CUIDAR DAS SUAS PENAS VOCÊ MESMO, NÃO TÁ FÁCIL PRA NINGUÉM.

ANTIGAMENTE QUANDO A GENTE...

Shatass escreveu:Imagem
Qual sseu nome meu docinho?

Meg Bruxa-Maldita White escreveu:Imagem
MEU NOME É MEG, MAS ME CHAMAM DE BRUXA MALDITA, UMA GRANDE FALTA DE CONSIDERAÇÃO ISSO, SE VOCÊ QUER SABER, NÃO É CULPA MINHA.

MAS COMO EU IA TE DIZENDO QUANDO VOCÊ ME INTERROMPEU, COISA QUE EU ODEIO, DESCULPA A SINCERIDADE AMIGA, MAS TENHO QUE FALAR!

CONTINUANDO, TEVE UMA VEZ QUE UM HUMANO BLABLÁ, BLABLABLÁ, BLÁ, BLABLÁ.... ENTÃO EU DEI-LHE UMA BICADA BEM NO NARIZ, OS DEUSES ME DEPENEM SE EU ESTIVER MENTINDO E BLABLÁ, BLABLABLÁ, BLÁ, BLABLÁ.... E AÍ VOCÊ NEM SABE AMIGA, ELE OLHOU PRA ELA E DISSE BLABLABLÁ E ELA NEM PRA RESPONDER BLABLABLÁ PRA ELE, VOCÊ ACREDITA? EU NÃO, ENTÃO EU DISSE BLABLÁ, BLABLABLÁ, BLÁ, BLABLÁ E LASQUEI UMA MALDIÇÃO NELA QUE ELA SE LASCOU TODA E BLABLÁ, BLABLABLÁ, BLÁ, BLABLÁ, ENTÃO NÓS PARAMOS NO POTE FURADO, EU ODIAVA AQUELA TAVERNA E BLABLABLÁ, BLABLABLÁ, BLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLABLA...


A conversa entre Meg e Shantass seguia animada. Embora não fosse exatamente uma conversa, já que Shantass limitava-se a ouvir atenta.

Seria melhor chamar aquilo de um monólogo de Meg, para quem Shantass estava mais para platéia do que interlocutora.

Enquanto isto, Pérola, Ferannia e Izzy também trocavam algumas palavras, um pouco afastadas e observando o falatório.

Pérola escreveu:Imagem
O que eu perdi Ferannia? E qual é a da passarinha falastrona?

Ferannia escreveu:Imagem
Pelo visto, o papagaio sabe a localização do navio de Izzy e se recusava a falar por algum motivo. Petulância, suponho. Ou talvez haja outro motivo menos cômico. Shatass conseguirá arrancar a resposta.

Ferannia escreveu:Imagem
Parece que você poderá manter seu nome, capitã.

Izzy escreveu:Imagem
Ainda tenho certa vontade de esfolar o bico desta petulante.

Mas ao menos agora teremos um guia e não precisaremos procurar pela gruta certa nós mesmos.

Menos mal, é só isto que me importa realmente. Mas divirtam-se conversando com a tagarela aí, se desejarem.


Enquanto elas conversavam, próximo a Shatass Elmac ponderava sobre a missão.

Imaginava que detalhes mais práticos seriam importantes obter com o papagaio, visto que Izzy havia dito que dependiam dele para obter sucesso em sua empreitada.

Em dado momento, enquanto Meg tomava fôlego entre suas infinitas histórias, interpela sua companheira serpentina com gentileza.

Elmac escreveu:Imagem
Shatass parece que agora temos uma nova aliada...

Poderia fazer a gentileza de perguntar a nossa amiga qual o caminho mais fácil para chegar até o navio?

O que iremos encontrar? E o mais importante com o que precisamos nos preocupar?

Meg Bruxa-Maldita White escreveu:Imagem
A PERGUNTA, MEU QUERIDO, É COM O QUE VOCÊS NÃO TEM QUE SE PREOCUPAR.

SÃO BURROS? VOCÊS ESTÃO ENTRANDO NO MAR NEGRO, SEUS INGÊNUOS. TODO TIPO DE CRIATURA PODE ESTAR À SUA ESPERA.

E SE NÃO ESTÃO INFORMADOS SOBRE O QUE PODEM ENCONTRAR NO CAMINHO PARAS AS GRUTAS DE ZALAH, EU MUITO MENOS. FAZ SÉCULOS QUE NÃO VOU LÁ.

Izzy escreveu:Imagem
Isso pouco importa, penosa. Você nos guia e nós matamos tudo que se meter em nosso caminho, é simples.

Se alguém entra no Mar Negro com qualquer esperança maior que esta, não pertence à vida de aventuras. Você nunca sabe o que esperar destas águas traiçoeiras.

Meg Bruxa-Maldita White escreveu:Imagem
UUUHH, QUE CORAJOSA... VOCÊ É DAS MINHAS, TENHO QUE ADMITIR. ESTOU COMEÇANDO A IR COM A SUA CARA.

Izzy escreveu:Imagem
Hum... Até que enfim algum respeito.

Colabore e as coisas podem ficar boas para você também. E conte alguma coisa sobre o tal navio, as lendas são verdadeiras?

Meg Bruxa-Maldita White escreveu:Imagem
PODE APOSTAR QUE SIM QUERIDA, O TESOURO É DO TAMANHO DO SEU NAVIO VELHO QUE AFUNDOU FEITO UM PAU ENCHARCADO. E O JOLENE ATORMENTADA É O MELHOR NAVIO QUE JÁ EXISTIU, NÃO HÁ NENHUM COMO ELE, COMO TAMBÉM NÃO HOUVE NENHUM PIRATA COMO O VELHO JACK BARDO-MALDITO WHITE, SIM SENHORA.

MAS ISTO NÃO IMPORTA AGORA.

SE OS ESPERTALHÕES DESTA SUA EQUIPE POSSUEM ALGUM CONHECIMENTO SOBRE O QUE VÃO ENCONTRAR NO CAMINHO, É MELHOR BOLAR UMAS BOAS ESTRATÉGIAS. SÓ BÁRBAROS E GUERREIROS CABEÇUDOS SE LANÇAM AO PERIGO SEM O CONSELHO DE UM BOM SÁBIO OU MAGO, OU SEM UM BOM PLANO, É O QUE EU DIGO.


Finalmente, alguma coisa de útil. Ao que parece, Meg estava bem disposta a colaborar com a empreitada do grupo.

No entanto, o estreito de Calacala se aproximava e já era possível ver as embarcações tapistanas que certamente os abordariam em minutos.

Era hora de se preocupar com o que havia para se preocupar de imediato. O que será que o grupo iria fazer a respeito?

Izzy escreveu:Imagem
Certo, onde está aquele druida do Oceano que ainda não voltou de seu mergulho agora? Preciso ir nadando este trecho para ter certeza que estarão seguros.

Fui eu que afundei o maldito navio tapistano e é sempre possível que um sobrevivente tenha me visto. Cuidem bem das minhas botas.

Mestre Smith escreveu:Imagem
(A capitã é cheia de surpresas... Mas gosto dela assim, sempre tem um plano.)

Muito bem homens, já sabem o que fazer.

Ooos Pirata escreveu:ImagemImagemImagemImagem
Yarr.

Aye aye, sir.


E dizendo isto e Izzy mergulhou nas águas misturadas do mar e do Rio dos Deuses, à procura de Mahtam. Precisava dele para ajudá-la a manter-se em baixo d'água por algum tempo. Seus homens recolheram suas botas e a guardaram no porão do navio, bem à vista. Afinal, eram só botas.

Izzy sabia bem o que fazia. E seus homens não precisavam que lhes dissessem nada. No fundo das águas, a capitã nadava em busca de Mahtan, pensando em onde estaria fazendo nosso amigo meio azulzinho...

Só restava saber o que exatamente os aventureiros fariam quando os minotauros lhes abordassem, especialmente se as coisas não fosse tão tranquilas quanto Izzy esperava.

Ok, aqui eu tenho uma instrução. Ferannia possui conhecimento em natureza. Shantass possui conhecimento em história. Analisem o que Meg falou nesta cena para se localizar. Então vocês poderão pedir 3 testes de conhecimentos para determinar se sabem algo relacionado à missão em suas áreas de atuação. 3 cada uma. Ferannia pode saber 3 coisas úteis no quesito natureza sobre o lugar para onde vão, e Shantass pode saber 3 coisas no quesito história relacionadas ao contexto da missão. Pensem bem em que perguntas farão.

Também não deixem de explanar o que cada um fará quando forem abordados pelos tapistanos. Considerem todas as possibilidades e deixem algumas opções de ação para que eu possa descrever a cena toda de uma vez só, ou ao menos a maior parte dela. E não esqueçam que Ferannia é a líder e tem responsabilidades nestas horas.

Quanto a Mahtan, pense aí em como vai ajudar Izzy e me diga o que vai fazer, sabendo que vai encontrar ela apenas 1 minuto após ela mergulhar, pela rolagem que eu fiz aqui. Considere os riscos e as opções de que dispõem e me diga o que fará.
Editado pela última vez por Khrjstjano em 21 Abr 2015, 19:22, em um total de 2 vezes.
Avatar do usuário

Mensagens: 1742

Registrado em: 28 Jan 2014, 12:39

Mensagem 27 Dez 2014, 09:13

Re: Um Navio para Izzy

Mahtan permanecia submerso de vigia ao redor da embarcação, era um trabalho um tanto quanto chato, mas sentia a necessidade de faze-lo e estar em contato direto com o mar era sempre mais agradável.

Leve em consideração que Mahtan esteve todo este tempo embaixo d'água atrás de possíveis perigos, não senti necessidade de voltar ao barco, e nem encontrei uma desculpa para faze-lo voltar sem que parecesse meta-play.

Quando já sentia a necessidade de retornar ao navio para ver se todos já haviam acordado encontrou alguém familiar nadando. Se aproximou da mesma e poderia até esboçar um leve sorriso para se mostrar amistoso se pudesse, devido a forma em que estava.

Procurando não assustar a Capitã, voltou a ser um Meio-Elfo.

Mahtan escreveu:Imagem
Olá Capitã Izzy, um belo dia para se nadar não?
Você parece um pouco azulada... o que aconteceu?


Se passou alguns momentos esperando que a mesma respondesse até que enfim o Druida percebeu o que acontecia.

Mahtan escreveu:Imagem
Perdão, as vezes eu esqueço que nem todos são capazes de respirar debaixo d'água.
Grande Oceano, lhe peço, por favor dê sua dádiva a esta filha da terra.

Ao tocar o rosto da Capitã, algumas bolhas de água subiram do fundo do mar como uma resposta a prece feita por Mahtan.

Conjurei sobre Izzy, Respirar debaixo D'água. Resolvi que era importante interpretar a int 8 do personagem haha
Me pague um café pelo o PicPay: @RoenMidnight
Grimório TRPG
=====Homebrew=====
Paladino Rework
Sectário do Crepúsculo

========================================================================================
PBF - Sangue e Desonra: Tsuru[TRPG]
Avatar do usuário

Mensagens: 16419

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 27 Dez 2014, 14:35

Ferannia sentiu que a conversa com a papagaia seria inútil, e se continuasse a prestar atenção, acabaria irritada. Então, deixou-se ponderar em outros assuntos. Certamente o local era selvagem, sem nenhum traço civilizacional. Neste caso, haveria alguns tipos de prováveis inimigos: bárbaros ou monstros. Animais às vezes poderiam ser um problema também, bem como plantas exóticas que poderiam ser venenosas (das alucinógenas até as fatais), entretanto, deste assunto ela conhecia bem. Suas preces para Valkaria garantiriam a certeza na verificação da mortalidade de uma planta ou não.

Esqueci de por na ficha, mas Ferannia pode lançar 3 vezes por dia a magia Detectar Venenos, graças ao talento Devoto que ela possui

Um possível contato com nativos (bárbaros) poderia ser amigável ou não. Em sua experiência, nativos geralmente temem o desconhecido e brutamontes geralmente reagem com violência ao que não podem entender. Ou não querem entender. E, pelas palavras meio bravateiras, meio verdades de Izzy, ela e a tripulação não pareciam interessados em conversar. Até por que o tesouro será extraído e alguém poderia reivindicá-lo.

A resposta de Meg às perguntas de Elmac a tiraram de seus pensamentos preocupados e forçaram um leve sorriso de canto de boca. Por fim, entendeu que Meg seria a guia. Pelo menos naquele dia. Então, falando em tom mais baixo e discreto possível para evitar que Meg ouvisse (ou se ouvir, não há problemas).
Ferannia escreveu:Imagem
Shatass, não esqueça de "renovar" sua amizade com Meg todos os dias.


Depois, pensou em saber mais sobre a tal gruta e o terreno que encontrariam.
Ferannia escreveu:Imagem
Olá, Meg, como vai? Me chamo Ferannia e sou a líder destes aventureiros contratados por Izzy. Por favor, poderia me falar mais sobre o terreno, o local onde iremos? Sei que é uma gruta, mas existe algo diferente, exótico?


Pensando bem, após ouvir a conversa inútil da história da papagaia e sua vida, percebeu que ela era humana demais. E isso era estranho. Resolveu comentar sobre isso com Elmac, apenas para fazê-lo ter uma reflexão sobre o assunto, não que ela realmente achasse isso importante.

Ferannia escreveu:Imagem
Elmac, veja como essa Meg parece humana. Ela claramente se considera uma papagaia, mas com uma consciência incomum demais. Geralmente estes animais apenas repetem sons e palavras de seres inteligentes. Mas desenvolver tal personalidade? Não parece ser normal. De repente existe algo além disso...


As informações mais úteis vieram das perguntas de Izzy, a maior interessada na contenda. O que era normal, afinal, o navio seria para ela. E o seu grupo não parecia ser do tipo super ganancioso atrás de espólios mirabolantes que garantissem uma aposentadoria precoce da vida de aventuras. Decidiu saber mais sobre esse capitão de Meg.

Ferannia escreveu:Imagem
Shatass, já ouviu falar desse capitão Jack White? E das Grutas de Zalah?


Outra questão importante foi a abordagem dos minotauros. Ferannia se preocupava com isso. Entretanto, já imaginava uma resposta para lidar com eles.

Ferannia escreveu:Imagem
Elmac, acho que você pode falar diretamente com os tapistanos, por motivos óbvios. Eles talvez tenham uma melhor abordagem com você do que comigo, que sou mulher. E por mais que não suporte esse machismo absurdo deles, não estou a fim de comprar uma briga desnecessária. Não aqui. Mas ficarei ao seu lado.


Ferannia escreveu:Imagem
Pérola, fique próxima, mas fique mais atenta a Mahtan. Ele ainda não apareceu e isso pode ser uma preocupação. Não quero que ele surja do nada no meio da abordagem tapistana.


Sobre os testes de conhecimento (natureza), Ferannia vai então vai fazer dois testes para saber sobre grutas relacionado a fauna e flora nativa e vai deixar o terceiro teste para o que Meg dirá sobre o lugar. Se Meg não falar nada útil, ela usará o terceiro teste refente ao mar mesmo, sobre perigos, animais marinhos que se aproveitariam das proximidades de uma região de grutas.

Abordados pelos Tapistanos, Ferannia ficará ao lado de Elmac aguardando interação. Ficará calada, ouvindo o minauro. Qualquer insulto ela responderá com acidez (ela não leva desaforo fácil pra casa). Mas qualquer má-educação como rudeza e arrogância caraterística ela ignorará com frieza.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem

Mensagens: 179

Registrado em: 20 Jul 2014, 01:17

Mensagem 27 Dez 2014, 19:21

Re:

Ferannia escreveu:Imagem
Elmac, veja como essa Meg parece humana. Ela claramente se considera uma papagaia, mas com uma consciência incomum demais. Geralmente estes animais apenas repetem sons e palavras de seres inteligentes. Mas desenvolver tal personalidade? Não parece ser normal. De repente existe algo além disso...


Elmac escreveu:Imagem
Já pensei nisso Ferannia, mas o momento não é propicio, mais tarde explico melhor, mas imagino que seja uma maldição, ou milagre que tenha dado consciência ao animal.


Após ouvir da Capitã sobre a Gales, Elmac sentia-se tentando a entrega-la, literalmente, aos peixes. Quantos minotauros que estavam apenas trabalhando ela matou? Quantas famílias foram destruídas? Estariam sem seus maridos, sem sua fonte de sustento? Quando Izzy retornasse teria uma conversa com ela, mas primeiro tinha que conversar com Ferannia, ela não gostava das leis tapistanas, mas vidas foram tiradas e ele não iria ficar quieto sobre isso. Então aproximou-se de Ferannia para que somente ela ouvi-se e disse sussurrando com calma sem demonstrar suas emoções:
Elmac escreveu:Imagem
Ferannia, acho que abraçamos essa missão rápido demais, não tivemos nem tempo de descobrir quem realmente era nossa contratante e agora descobrimos que ela afundou uma Gales tapistana... Ela não tem nada de confiável e deve pagar pelo que fez. Não digo para fazermos alarde agora mas precisamos averiguar depois. poderia conter os ânimos da pérola? Isto não terminara bem se ela começar soca-los.
(Eu acertei que havia algo sobre a Gales tapistana só errei em como estava envolvida, preferiria não ter errado, é bom ela ter um ótimo motivo para afundar um navio de guerra e matar simples mantenedores da lei, se não ela será levada a justiça pelo que fez, nem que seja a justiça dos mares!)


Elmac escreveu:Imagem
Shatass pode manter nossa nova amiga em silêncio?


Elmac se coloca a direita de Ferannia e espera a aproximação para abordagem enquanto isso analisa os ânimos dos minotauros e da um sinal leve para Ferannia demonstrando preocupação caso a situação se mostre tensa ou apaziguador se parecer "só mais uma revista ", mas antes da abordagem propriamente dita faz a saudação tipica dos Paladinos de Tauron e dirá sério usando um tom de voz firme:

Elmac escreveu:Imagem
Saudações homens do mar de tapista, sou Elmac Tiarich, Paladino de Tauron, filho de Julius Tiarich, senador de Tapista e a meu lado está Ferannia Hagen no que posso ajuda-lo?


Caso eles queiram subir abordo...
Elmac dirá, ainda com o olhar sério e dando enfase na palavra aliados:

Elmac escreveu:Imagem
Como um bom cidadão Tapistano e aliados não pretendemos atrapalhar seu nobre serviço, tem total liberdade para revistar a embarcação, nada temos a dever:


Durante a busca dos minotauros Elmac falará com aqueles que ficarem com eles, de preferência o comandante:
Elmac escreveu:Imagem
Não sabia que aqui haveria embarcações de guerra abordando e revistando, algo com o que devemos nos preocupar em frente? Como piratas ou algo digno da atenção de um guerreiro santo? E a algo que podemos fazer para ajuda-los?


Caso eles nos mandem retroceder:
Elmac escreveu:Imagem
Nos temos pouco tempo para executar nossa missão, precisamos passar até o mar negro, pretendem barrar a missão de um paladino de Tauron?


Caso a situação fique tensa rapidamente e se inicie um embate Elmac se posicionará lado a lado de Perola no lado mais próximo de Shatass.

Não consigo imaginar mais a dizer.
AnteriorPróximo

Voltar para Um Navio para Izzy

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.