LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA


Avatar do usuário

Mensagens: 332

Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Mensagem 27 Dez 2017, 08:44

Re: LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA

As criaturas nefastas começavam a cair uma a uma pela gigante espada do rapaz igualmente gigante e pelas habilidades dos demais, principalmente a mulher Fenyra e o anão Gilgrimm. Henry havia se colocado na posição de auxílio a eles, utilizando-se pragmaticamente de sua fé e do poder de Thyatis. Mas agora restava apenas um inimigo de pé e ele era ameaça à Fenyra.
Henry
Imagem
Volte para o abismo profano de onde pertence, criatura das trevas!

Disse sob uma voz abafada pelo elmo. O sacerdote guerreiro andou pelo piso de madeira passando pelo anão. Escorou o escudo no arco da porta para pegar impulsão sobre o morto-vivo. Com o girar do corpo, sua espada percorreu um arco em diagonal, mas o balanço foi mal calculado. Sua lâmina cortou inofensiva o ar.

Movimento para J4.
Ataque no zumbi em J5, 1d20+3: [1] +3 = (4) [erro]
Avatar do usuário

Mensagens: 3379

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 27 Dez 2017, 19:57

Re: LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA

Capítulo 1 - O Pântano Sem Nome

A flecha de Turok passou longe do morto vivo, indo se cravar na parede de madeira da casa. Catriona, ainda em cima da mesa tinha uma sorriso maroto no rosto, depois pareceu sair da animação de ter derrubado um inimigo e tentou ver o que acontecia do lado de fora. Parado na frente da porta, Gilgrimm tentou um golpe contra um dos zumbis, mas a lâmina de seu machado encontrou apenas o chão de lama. Tyberos, por sua vez, girou sua espada acima da cabeça do cavaleiro anão, destruindo um pedaço da parede e quase cortando fora uma das pernas do zumbi, porém mais que o suficiente para derrubar a criatura com um baque no chão. O mundo de Fenyra ainda girava e e era confuso, enquanto dentro casa Kaleb parecia ser esquecido nas sombras, encolhido. Henry correu de lá de dentro, se colocando de frente para o último morto vivo. Golpeou, porém o zumbi já se movia em direção a Fenyra, fazendo com que o cruzado cortasse o apenas o ar, errando completamente. O morto vivo então girou seus braços numa fúria profana, acompanhada de grunhidos. A primeira pancada passo longe do rosto de Fenyra, porém a seguinte lhe acertou a face em cheio, cortando sua boca por dentro e fazendo a lutadora dobrar um joelho na terra.

Fenyra sofreu 8 pontos de dano


Imagem

Turok 27
Catriona 24
Gilgrimm 21
Tyberos 19
Fenyra 17
Kaleb 15
Henry 6
Zumbis 5


Dados dos Personagens
Fenyra <> PVs: 06/25; PMs: 0/0; PEs: 3/3; PAs: 1; CA: 12/20 <> Condição: Benção (06 rodadas); Atordoada 2/3.
Henry <> PVs: 09/18; PMs: 5/5; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 18/18 <> Condição: Benção (06 rodadas). Magias Preparadas: arma magica, curar ferimentos leves x2, causar medo.
Turok <> PVs: 17/17; PMs: 0/0; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 13/13 <> Condição:
Tyberos <> PVs: 14/14; PMs: 3/4; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 11/12 <> Condição: Aumentar Pessoa (97 rodadas); Benção (06 rodadas).
Gilfrimm <> PVs: 13/22; PMs: 0/0; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 16/16 <> Condição: Benção (06 rodadas);
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 11431

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 27 Dez 2017, 20:37

Re: LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA

Turok vê Fenyra sendo ferida e trinca os dentes. Pega uma flecha e mira no último cadáver e deixa a flecha voar até seu alvo e espera ver ele cair dessa vez.

Ataco o último zumbi. Ataque 14 e Dano 12 e quero ver esse porra se manter de pé
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 239

Registrado em: 04 Jan 2014, 18:42

Mensagem 28 Dez 2017, 06:51

Re: LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA

Graças a Khalmyr, aquela luta estava próxima do fim, so restava apenas um zumbi de pé, e agora Turok aparecia na luta tambem, era bom que eles se reunissem, não sabia o que mais poderia estar escondido naquela região. Mas isso era algo para se pensar em outra hora, agora aquele zumbi precisava cair, então, mirando a cabeça do zumbi, Gilgrimm vai fazer um corte na vertical, rezando para que aquele fosse o ataque que acabasse com aquela loucura.

Gilgrimm vai atacar o zumbi que está em J5 (ataque 18, dano 12)
Avatar do usuário

Mensagens: 3379

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 28 Dez 2017, 07:35

Re: LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA

Capítulo 1 - O Pântano Sem Nome

A seta de Turok cortou o ar, depois que ele soltou a corda de seu arco com precisão. A ponta de madeira indo se enterrar no pescoço da criatura. Seria o suficiente para derrubar muitos inimigos, mas não aquele, que ainda mantinha-se de pé, grunhindo e se balançando de um lado para o outro. Gilgrimm, porém, visando acabar com aquela loucura de uma vez por todas, correu e desferiu um golpe de baixo para cima, mirando a cabeça e abrindo um corte fundo no zumbi, o derrubando finalmente de costas para no chão e garantindo que ninguém ali caísse.

O silêncio de alguns segundo fora suficiente para que todos soubessem que havia acabado e que aquele não era um bom lugar para passarem a noite. Catriona saiu da casa guardando seu florete na bainha na cintura, não parecia ferida, olhou rapidamente para todos os ali presentes, mas foi em direção de Fenyra, enquanto remexia em sua mochila, retirando um frasco com um líquido vermelho. Ela encaixou o rosto da lutadora em sua mão, destampando o frasco com a outra.

Imagem
- Ei, Fenyra, beba isto.


Imediatamente Fenyra sentiu uma sensação morna de algo descendo por sua garganta e seu mundo clarou e a dor nos lábios se tornar mais amena.

Fenyra recupera 5 pontos de vida


Catriona se pôs de pé, guardando o frasco vazio.

Imagem
- Como vocês estão? Eu possuía apenas esta poção, lamento... Henry, você poderia ajudar os demais? No fim se abrigar aqui se mostrou um erro... Foi bem assustador!


Ela soltou um meio sorriso no final, como se, apesar de tudo, fosse empolgante pelo simples combate e a aventura que aquilo rendera. Kaleb saiu, parando ao lado do batente da porta, parecia meio assustado e desconfiado.

Imagem
- Turok, acho que vamos ter que passar a noite naquele lugar que havia encontrado... Pois bem, vamos?


A ruiva girou, seus cabelos rodopiando e junto do grupo, deixando aquele lugar maldito para trás.

Fenyra 300 XP
Henry 300 XP
Turok 400 XP
Tyberos 300 XP
Gilgrimm 300 XP


Dados dos Personagens
Fenyra <> PVs: 12/25; PMs: 0/0; PEs: 3/3; PAs: 1; CA: 12/20 <> Condição:
Henry <> PVs: 10/18; PMs: 5/5; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 18/18 <> Condição:Magias Preparadas: arma magica, curar ferimentos leves x2, causar medo.
Turok <> PVs: 17/17; PMs: 0/0; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 13/13 <> Condição:
Tyberos <> PVs: 14/14; PMs: 4/4; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 12/12 <> Condição:
Gilfrimm <> PVs: 14/22; PMs: 0/0; PEs: 0/0; PAs: 1; CA: 16/16 <> Condição:
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 11431

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 28 Dez 2017, 09:13

Re: LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA

Turok vê que a luta acabou finalmente e sua contratante resmunga algo que faz Turok se perguntar se humanos são realmente seres racionais.

- Devíamos queimar esse lugar para garantir que mais nada volte a se erguer, nem animais e monstros desejam esse lugar profano.

Turok fala sem se importar e vai até Fenyra e olha se há algo mais grave, mas não vê nada de errado.

- Bem vamos, infelizmente não cosegui matar uma boa presa e ela acabou fugindo. Essas crianças de Allihanna.

Turok fala se colocando na frente, mas antes de avançar.

- Quantos de vocês conseguem enxergar nesse breu? Tenham cuidado, não temos só cadáveres nessa região.

Turok fala enquanto observa o ambiente.

Ok, teste de cura deu 9. Mas sobrevivência deu 23, para encontrar o o local nesse escuro e Percepção 32 para perceber algo nessa situação
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 15693

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 28 Dez 2017, 19:44

Re: LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA

Fenyra havia se machucado muito. Um descuido grave que podia te-la matado. Catriona foi atenciosa em lhe dar uma poção de cura e fez as dores mais pesadas sumirem. Mas ainda sentia-se muito machucada e cansada. Fenyra pegou seus óculos escuros, mas antes de colocá-los, viu o homem que atendia pelo nome de Turok chegar para ver seu estado. A jovem amazona o encarou com seriedade, olhando-o nos olhos.

O homem mudou de assunto em seguida e Fenyra pôs seus óculos para manter sua postura neutra, expressão oculta. Nada disse sobre poder enxergar no breu, pois considerava óbvio que não podia. Afinal, era humana.
Fenyra
Imagem
É o melhor a se fazer.

Comentou calmamente concordando com Turok e Catriona, só para constar. Fenyra queria sair dali e descansar. A batalha contra os zumbis e esqueletos foi terrível, de fato. Pensou na mulher e em seus filhos e em suas vidas provavelmente violentas. Fechou o punho forte e seguiu o resto do grupo.
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 332

Registrado em: 09 Set 2016, 17:51

Mensagem 28 Dez 2017, 20:11

Re: LIVRO I – A MÃO DE DAHAKA

Com a queda do último morto-vivo, a batalha jazia encerrada. Henry sentia dores na coxa e no peito. Retirou seu elmo.
Henry
Imagem
Poderia.

Respondeu sucinto a Catriona. O cruzado de observou que além dele, Fenyra e Gilgrimm estavam machucados.
Henry
Imagem
Venham, vou lhes derramar o calor milagroso.

Thyatis, eu rogo por seu calor para amenizar as enfermidades.


Uma aura alaranjada como fogo envolveu a mão de Henry. Ele tocou no ombro de Fenyra e depois de Gilgrimm.

Henry usou Curar Ferimentos Leves duas vezes e cura 7 PV de Fenyra e 2 PV de Gilgrimm.
Henry usou Canalizar Energia Positiva para curar 1 PV de todos, inclusive ele mesmo.

(Fenyra curou 8 no total, Gilgrimm curou 3 no total).
Anterior

Voltar para Uma Canção de Aço e Magia

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 1 visitante.