MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA


Avatar do usuário

Mensagens: 1073

Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Mensagem 14 Dez 2017, 21:07

MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA - AVENTURA HEROICA!
Imagem

Prólogo: Um convite para os céus.

"Bem vindus a taverna excama do Krakem!"

Eram essas as palavras impressas a base de tinta negra e grafia incorreta, num dos locais badalados de Quelina, a terra dos piratas. Inicialmente um negócio pequeno, sobrevivendo através do rum pelo seu antigo proprietário, o ex-pirata Jolly unha quebrada. Mas assim que seu negócio foi assumido após sua - acidental - morte, pelo seu sócio, Budd (só Budd), o ramo dos negócios foi um tanto quanto ampliado. Atendendo ao público do Achbud, afixionados por jogos de Wyrt e negociantes de negócios escusos como pólvora, armas e criaturas exóticas.

Não demorou muito, para que aquela pequena construção de madeira crescesse, transformando-se em um verdadeiro ponto de encontro para piratas, mercadores negros, assassinos, ladrões, traficantes e toda a escórias que ronda as águas de Arton.


Imagem

A primeira vista, poderia se passar até por um local luxuoso. E de fato, a comida era de primeira qualidade, servida por beldades que (pasmem) eram dotadas de boa higiene e nunca deixavam seus copos vazios. O clima úmido era exorcizado pela calorosa fogueira que sempre ardente no centro da taverna,
aquecia os corpos cansados daqueles que viajam pelo mar e os tentava com o aroma da próxima refeição aquecida. Muitas mesas. Bons bardos a cantar. Quartos diversos para diversão noturna ou descanso solitário. Sorrisos, brigas, negócios e a promessa da próxima aventura!! HAVIA DE TUDO NA EXCAMA DO KRAKEM!!

E ela foi destruída.

Hah! Por quem, vocês perguntam? Seriam piratas bêbados a resolver seus problemas com sabres e pistolas? Não! Taverneiros rivais, com invejas do crescente sucesso de Budd? NÃO! Um monstro marinho? Um mago maligno? Um terremoto? NÃO! Meus amigos, eu lhes conto a verdade, em nome do grande oceano. Ela foi destruída por um peixe. Mas eu juro pelas profundezas, um peixe! UM PEIXE QUE CAIU DO CÉU!!!

Isso soa idiota não é? Mas é verdade!! Eu tava chegando na minha canoinha, pronto pra vender alguns mapas roub... comprados honestamente de Malpetrim e Khubar (inclusive, podem adquirir comigo! Tenho de todos os lugares!) quando eu vi! Aquele risco de luz no céu! VIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIUUUUUUUUUN...
BUUUUUM!!

Imagem

Achei que era castigo de Khalmyr por tanta blasfêmia que rolava naquele antro de luxuria! Bom, eu sou humano e Valkaria que não me corrija,
mas sou curioso e assim que aportei corri lá pra ver... E o que eu encontrei? Era um peixe colossal! Ma enorme mesmo! Nem Helena deve ter aquela altura! E o bicho parecia feito de metal, carne e fogo do inferno!!

Imagem

Ele tinha esmagado a taverna com todo mundo dentro! E ainda varreu um pedaço ali do porto! Mah foi tanta gente que perdeu o negócio, que era só raiva em Quelina! Não demorou pro povo pirata se armar, apontar as armas do canhão e atacar o bicho! E sabe do que mais?? TODO MUNDO SE FODEU!! Err... Desculpa o palavreado. Todo mundo morreu mesmo. Não é que a criatura revidou! Eu não sei se o bicho é construto ou bicho mesmo, mas ele atirou nos navios e os afundou com uma bala só! Moveu sua barbatana e retalhou os pobres coitados que tentaram chegar perto! Não sobrou um só (Por que o resto fugiu né) .

E agora? O bicho ta lá ainda. Faz quatro dias. O fogo apagou e ninguém mais tentou nada e a criatura nada de se mexer. Fica só fazendo um som esquisito... Parece um guincho, mas que não incomoda os ouvidos. É um som... Parece até um canto de baleia sabe? Todo dia... Toda noite... Cantando e cantando. Quase como... É... Quase como um chamado.

Como se estivesse a espera de alguém...

Vai saber.

_________________________________________________________________________________________________
A PROPOSTA:

Bem, como quem me conhece já sabe, pretendo narrar os quatro níveis de campanha em 3d&t neste fórum! O primeiro foi a escala épica (sugoi) que ainda está em andamento com WERRA ATACA!. Abro agora a mesa para jogar a escala heróica (ningen)! Com algumas diferenças para tornar as coisas um pouco mais divertidas, é claro. Mas falaremos disso depois.

A temática é simples e óbvia. Era um desejo que eu já tinha mesmo antes do lançamento do suplemento Mundos dos deuses: Um rpg de viagem entre planos, em busca de um objetivo maior ou simplesmente aventuras. A questão é que o suplemento nos trouxe um ponto de vista diferente. Não apenas salto entre planos, mas uma viagem espacial ao melhor estilo Spelljammer, usando nosso amado cenário de Tormenta! Como amantes de 3d&t e TA, estava louco para narrar algo nesse sentido e o empurrão final surgiu com uma matéria recentemente postada no site da Jambô: http://jamboeditora.com.br/6624/navegan ... -do-vazio/

Então pensei: WHY NOT???????

Então é chegada a hora! Vamos embarcar em nosso Gog’magogue e viajar pelos éter do vazio em busca de novos mundos, criaturas, tesouros e desafios!! Arton não é pequena demais para nossas aventuras, mas não significa que não possamos buscar algo ainda maior! Estão prontos!!

Então bem vindos aos MUNDOS DOS DEUSES!!

________________________________________________________________________________________

Personagens: 12 pontos - método lancaster (http://jamboeditora.com.br/5903/brigada ... nativas-1/)
Escala: Ningen
Desvantagens: -3 (6 pontos de personagem)
Kits: O primeiro gratuito.


Restrições:
Vantagens: Todas liberadas. Exceto as lendárias e parceiro.
Kits: A príncipio todos liberados, mas é legal ser coeso e cooperar com o clima da aventura. CLARO, não se prenda a fazer apenas o que encaixe. Ache a medida entre os dois.
Desvantagens: Todas liberadas, contanto que haja lógica.

Materiais usados:
3d&t Alpha básico: Tudo.
Manual do aventureiro: Tudo.
Tormenta Alpha: Tudo.
Manual do defensor: Tudo - Exceto equipamentos/
Manual dos monstros: Vantagens únicas liberadas, exceto escolhido dos deuses (prefiro que seja conquistado in game), assim como os TESOUROS dos monstros. Você não começa com nenhum, adquire em campanha! .

Mesmo com o dito acima, cada ficha de personagem será vista CASO A CASO, para não haver quaisquer conflitos futuros. O que importa é que sejam criados personagens interessante e divertidos. Como sempre digo: O combo é indiferente. O narrador sempre tem poder para mais xD. Façam aventureiros com os quais vocês vão se divertir viajando pelo éter do vazio!! Vivam a aventura!

Jogadores
Padre Judas
The Ga
Lord Seph
Kaito-sensei


REGRAS EXTRAS

Gog’magogue
A aventura girará em torno do Gog que caiu em Quelina. Não será necessário que nenhum player adquira uma embarcação ou coisa do gênero. Pelo menos não no momento. A viagem ocorrerá dentro dele assim como a trama inicial. Depois é depois. É importante salientar que nesse proposta NENHUM PERSONAGEM saiba o que é um GOG ou sobre as viagens espaciais. Nessa Arton, é um conhecimento longe da maioria dos Artonianos, que ainda vêem os mundos como planos ou creem que eles só são alcançados como a morte. As exceções são Vectora, academia arcana e outros. Mas é interessante que seus personagens estejam prestes a descobrir as maravilhas do cosmo agora.


SUB-KITS

Todos os jogadores terão de escolher um SUB-KIT. Eles tratam-se de funções simples, mas importantes dentro de uma Nau, responsabilizando cada player por uma responsabilidade importante, que mantém a viagem fluindo e garante o sucesso de cada nova exploração. Os sub-kits são gratuítos. Segue abaixo a lista deles:

CAPITÃO: Você é o coração da tripulação e responsável por ela. Os rumos e as decisões são tomadas por ti. Cada sucesso é compartilhado entre todos, mas cada erro, será seu peso para carregar. O capitão lidera, inspira e guia seus tripulantes, além de afundar com o navio caso seja necessário. É aquele que recebe a maior partes dos espólios também e os divide entre os seus. Um capitão, acima de um lider, é um simbolo. Ele representa a tripulação inteira e faz seu nome ecoar pelo universo. É uma honra e um desafio. Está disposto a aceitar?

Especialização recebida: Liderança.

Bônus: Sempre que você comanda qualquer outro tripulante a exercer a função de seu sub-kit, você os inspira a serem melhores e os beneficia com seu carisma. Com um teste de liderança, você pode somar +1 aos testes de função de seus demais aliados. Você também pode compartilhar seus pontos de romantismo (veja a seguir) com seus aliados.

Responsabilidade: Geralmente será aquele a rolar os testes de Resistência do Gog.

______________________________________________________________________________________________________

Primeiro imediato: Você é o braço direito do capitão! Está lá quando ele precisa de você, seja para combater costa a costa, para ampará-lo num ferimento ou mesmo corrigi-lo quando ele estiver se desviando do próprio caminho. É o único que - até certo ponto - pode questionar as ordens de seu superior, seja pelo direito conquistado pela confiança ou a amizade profunda que existe entre os dois. O sucesso do capitão pode depender de seu suporte. E claro, você carrega a responsabilidade de assumir a liderança, caso ele se ausente, ou pior... Morra. Além disso, você tem o dever de liderar os principais ataques da tripulação, principalmente, os de abordagem. Boa sorte com isso.

Especialização recebida: Expressão.

Bônus: Com um teste de expressão, você pode diminuir as dificuldades dos testes que o capitão faz em um ou oferecer um bônus de +1 nos mesmos. Pode compartilhar seus pontos de romantismo com ele e até mesmo metade de seus pvs ou pms (que não podem mais ser recuperados até o fim da situação de perigo) .

Responsabilidade: Geralmente, será responsável pelos testes de Força do GOG.

_______________________________________________________________________________________

Navegador: Dizem que o importante em uma jornada, não é o destino e sim, a viagem em si. Pode ser balela ou não, mas o que importa é: Alguém precisa escolher qual será a rota dessa viagem. O navegador é aquele responsável pelos trajetos da viagem. É ele que pode evitar um campo de asteroides, uma área dominada por monstros do vazio ou mesmo um território de um pirata poderoso, ou quem sabe, levar a tripulação justamente a esses desafios, em troca de recompensas ainda maiores! É ele quem deve obter os mapas das diferentes rotas e mundos a serem visitados e garantir uma viagem segurar para todos os seus aliados. Um erro de cálculo e poder ser o fim das esperanças e sonhos de todos. A decisão correta? Levará a tesouros incalculáveis! Ora, vamos lá! É só ler o mapa, não é mesmo? ^^

Especialização recebida: Navegação.

Bônus: "A leitura das rotas: Através de um teste de navegação (que recebera bônus caso haja um mapa), o navegador receberá opções de trajetos a serem percorridos. Os trajetos terão níveis de periculosidade e promessas de recompensas das quais ele ESTARÁ ciente. Dessa forma, ele poderá tomar a melhor decisão (geralmente, consultando o capitão) para oferecer mais experiência, tesouros, ouro ou mesmo poderes a sua tripulação. Falhar no teste, significa navegar as cegas, podendo acabar se deparando com desafios aos quais a nau não está apta ainda...

Responsabilidade: Geralmente será responsável pelos teste de Habilidade do GOG.

________________________________________________________________________________________

Mecânico: Enquanto um navio comum possui carpinteiros responsáveis pela manutenção de sua estrutura, os Gogs possuem mecânicos. Eles são responsáveis por cuidar da estrutura artificial que compõe os gogs e permite que haja uma tripulação que os permeie. Os danos causados a ela devem ser imediatamente tratados pelo mecânico. Afinal, um navio que afunda, ainda permite que os tripulantes nadem por sua vida... Um gog que seja destruído no meio do vazio espacial... bem. O mecânico é aquele mais ligado a nau, desenvolvendo muitas vezes afeto ou uma ligação com a criatura, sendo responsável também por aprimorá-la, ampliando suas características e vantagens com tesouros e itens que consiga encontrar pelas viagens. Fique de olho!

Especializações recebidas: Reparo e veterinária

Bônus: Dependendo da área danificada, deve realizar um teste de reparo ou veterinária. Caso possua sucesso, poderá recuperar H+1d6 pontos de vida do GOG. Também pode aprimorá-lo, aumentando seus atributos através de artefatos obtidos nas aventuras (será avisado pelo mestre).

Responsabilidade: Geralmente, estará incumbido de realizar os teste de Armadura do GOG.

_________________________________________________________________________________________________________________________

ATIRADOR : Quando se trata de batalhas entre embarcações, a contenda pode se resolver antes mesmo que haja qualquer abordagem entre seus tripulantes. Muitas vezes os canhões serão o juiz da batalha. E aqueles que os manuseiam são os artilheiros. Sejam balestras, canhões, catapultas (sim, acreditem) ou quaisquer outras formas de disparo, o atirador é responsável por mirar e atirar. Simples não é? Talvez nem tanto. Quando se está num ambiente sem cima ou baixo, batalhando por suas vidas, mirar pode exigir mais do que apenas previsão, como estratégia e sorte também. E não apenas inimigos: Asteroides, estruturas ou mesmo observação dos arredores, para prevenção de inimigos e outras surpresas indesejáveis. Você será os olhos do navio. ENTÃO NÃO PISQUE!

Especialização recebida: Artilharia.

Bônus: Você recebe bônus para perceber perigos que rondem o GOG. Avistar corpos distantes. Prevenir ataques surpresas e realizar tiros de precisões. Seus tiros podem enfraquecer características de outros gogs, anular vantagens ou simplesmente destruir seus pontos de vida. Um teste correto de artilharia, pode fazer toda a diferença dentro e fora da batalha.

Responsabilidade: Bem... obviamente você cuidará do Poder de fogo do grupo...

_______________________________________________________________________________________________________________

Cozinheiro: Seja no mar ou no espaço, todos precisam comer! Entretanto, quando se está a meses preso dentro de um ambiente fechado, sem a certeza de avistar terra firme num futuro próximo, uma dieta balanceada e a distribuição correta das refeições, pode ser a diferença entre a vida e a morte do grupo. Não importa quanto renome tenham. Quanto poder ou riquezas acumulados. A fome, enfraquece. A alimentação ruim, adoece. A ausência de um bom cozinheiro: Mata. Além do que, uma boa alimentação tornará os aliados mais fortes, mais saudáveis, resistentes, fazendo diferença em cada nova missão realizada.

Especialização recebida: Culinária

Bônus: Receitas! O arsenal do cozinheiro são suas receitas. Você começa com uma receita e pode comprar mais com pontos de experiência. Cada receita oferece um bônus diferente que durará por toda a aventura em questão. É necessário que o cozinheiro analise o mundo em que estarão e os objetivos a serem realizados e optar pelo melhor prato a ser servido a seus aliados. Segue abaixo uma lista básica de receitas, o jogador começa com DUAS delas. Apenas uma delas fará efeito em cada missão. Segue a lista abaixo:

Cozido de legumes: Oferece R+1 em quaisquer testes contra efeitos diversos (exceto magia), desde veneno a cansaço.

Festival de carne: Aumenta em 1 o XP recebido no fim da aventura, em caso de sucesso.

Sobremesa gelada: Oferece 5 pvs extras durante a missão.

Peixe no espeto: Oferece +1 em testes de pericia qualquer.

Salada temperada: Remove status de doença, veneno ou outros efeitos não mágicos.

Grogue de rum: Aumenta em 1 o uso diário de qualquer habilidade limitada.


Responsabilidade: Receitas raras e ingredientes poderosos podem ser encontrados pelos mundos, causando efeitos como XP dobrado, taxa de critico aumentada e até mesmo efeitos regenerativos!! VÁ BUSCÁ-LAS! É SEU DEVER MANTER A TRIPULAÇÃO ALIMENTADA E FELIZ NÃO É MESMO??? O gog se alimenta sozinho, mas você pode ajudá-lo, melhorando até mesmo a recuperação de pvs dele!

_____________________________________________________________________________
O musico: Nada mais importante que a moral da tripulação! Que tal uma musica para animar a festa? Um requiem para a despedida dos mortos da ultima batalha? Um hino para intimidar os inimigos? O musico é responsável pelas "partituras", não necessariamente sendo um bardo (ainda que isso ajude) mas atuando como tal, realizando performances que estimule a tripulação a ser melhor do que já é. A musica torna o desconfortável em confortável e o cansaço em energia. Transforma o cansaço e vontade e jamais deve ser subestimada. Conhece aquela com Yo-ho??

Especialização recebida: Musica.

Bônus: O cozinheiro possui as receitas. O musico possui as partituras. Essas musicas são tocadas antes de um tarefa, batalha ou aventura, tornando os membros da tripulação mais capazes do que são. As vezes seus efeitos são potentes que as receitas, mas duram menos que elas (ou até mesmo, apenas enquanto a musica é ouvida). O musico começa com duas partituras da lista abaixo e pode obter mais durante as viagens entre os mundos:

- Balada: Oferece FA+1 ou FD+1 durante 1d6+1 horas.

- Lullaby: Independente do ambiente em que repousem, todos recuperarão pvs e pms como se estivessem em ambientes confortáveis e na metade do tempo.

- Polca: Oferece 5 pms a mais para todos do grupo, por 1d6+1 turnos.

- Réquiem: Afasta mortos vivos que falhem em um teste de resistência, por 1d6 horas.

- Hino: Reduz em -1 a FA ou FD de inimigos que falhem em um teste de R, enquanto a musica for tocada.

- Fado: Oferece a um unico aliado o aumento de 1d6 em suas rolagens de FA OU FD enquanto a musica for tocada.

Responsabilidades: Além de obter cada vez mais partituras raras e magicas para fortalecer os aliados, pode melhorar, através de boa musica a recuperação dos PMS do GOG.

______________________________________________________________________________________________________

Cirurgião: Sempre podemos contar com um clérigo não? A magia dos deuses estão sempre ali para afastar as dores, curar ferimentos de bala e ressuscitar o aliado caído certo? ERRADO. Talvez em Arton, onde tudo é fácil (Ou nunca). Mas no vazio espacial, no fluxo do éter, muitas vezes há interferência com a comunicação divina ou mesmo em alguns mundos dos deuses onde a cura de certos deuses simplesmente NÃO FUNCIONA. Então, de nada servirão seus "pensamentos e preces" pro colega gangrenado ali no canto. Entra ai o cirurgião! Com sua serra de osso, bisturi, bálsamos e muita sorte, ele irá cuidar de você! O cirurgião cuidará das doenças, feridas e outros males que afrontam o corpo durante as navegações pelo vazio. Assim como a praga coral em Lomatubar, há varios tipos de bactérias em outros mundos que talvez a simples magia não saiba tratar. Buscar antídotos, remédios e o bom cuidado com o corpo é uma boa garantia de sobrevivência dessa jornada.

Especializações recebidas: Recebe cirurgia. Pode comprar medicina por 1 ponto.

Bônus: Aumenta em 1 dado todas as curas realizadas através de sua medicina (ou habilidade relacionadas). Pode tratar um mesmo paciente até R vezes ao dia, ao invés de apenas 1. Através da medicação correta, pode remover quaisquer status negativos dos aliados (ou de si mesmo).

Responsabilidades: Bem... CURAR TODO MUNDO!! NINGUÉM MORRE NO SEU TURNO!! E SEU TURNO É 24 HORAS POR DIA! TÁ COMPREENDIDO????

_____________________________________________________________________________________________

Como obtê-las: "Mas Dice... se nós não sabemos nada dos gogs e do vazio... Qual o sentido de termos essas especializações??? "
Não se preocupem com isso. Será resolvido em história. Porém, agradeço que façam personagens PROPENSOS as funções que escolheram. Não precisa ser um doutor de sallistick ou samaritano para ser o médico, mas pode ter vindo do reino da medicina ou ter sido criado por algum médico. Não precisa ser um engenhoqueiro goblin para ser o mecânico, mas pode ter estudado engenharia naval em Tyrondir. Facilitem o roteiro!!!!


_____________________________________________________________________________________________


OVERKITS
Nossa campanha será NINGEN, mas haverão substitutos para os SUPERKITS. São os OVERKITS. A cada novo mundo visitado, um novo OVERKIT será desbloqueado aos jogadores. A partir de determinado nível, os jogadores poderão aprender esses novos kits (caso se interessem) que são poderosos como os superkits, mas sem depender de escalas (melhor adaptados para essa aventura). Cada nova descoberta será postada na lista abaixo:

1)
2)
3)
4)
5)
6)
7)
8)
9)
10)
11)
12)
13)
14)
15)
16)
17)
18)
19)
20)

___________________________________________________________________________________________________


Romantismo:

Romantismo é um sistema simples de regras, similar a sorte, ação e etc. Romantismo significa "emoção acima da razão" e ele ocorre quando um player realiza uma ação emocionante, acima do comum ou do que é crível. Quando um general inspira 1000 homens contra 10 000 através de um discurso, aquilo foi romantismo. Quando um unico homem corre pelo braço de um gigante e lhe arranca um dos olhos com as mãos nuas, foi romantismo. Quando um companheiro aguenta toda a dor de uma chuva de flechas e se ergue a frente dos demais para protegê-los, foi romantismo. Desafiar a razão e a ponto de chocar o mestre e o resto do mundo: Isso é romantismo.

Descrições grandiosas, especiais, apaixonadas, geram pontos de romantismo. E esses pontos podem ser usados para comprar as “vantagens lendárias”. São elas:

- Ataque especial: Dano gigante.
- Ataque combinado
- Armadura suprema
- Aliado gigante
- Golpe final
- Imortal III
- Magia extrema
- Superação

Especial: Parceiro.


Ou seja, todas essas vantagens estão SEMPRE disponíveis ao personagens, como se eles já as tivessem. Mas para ativá-las, o personagem precisa acumular o seu custo em pontos de romantismo. Ou seja, para utilizar a vantagem magia extrema, um mago precisa gastar 3 pontos de romantismo + o custo em pms exigido pela vantagem e então terá acesso ao seu poder absurdo!

Romantismo está como um elemento adicional, para apimentar a proposta dessa campanha, tornando-a ainda mais… bem, heroica.

__________________________________________________________________________

Vantagens pessoais

Segue abaixo a lista de algumas vantagens que modifiquei de acordo com meu gosto e visão de campanha:

Escudo (1-2 pts): Só servem para golpes de FORÇA.

Adaptador (1-2 pts): Um personagem com adaptador, pode não só usar várias armas, como trazê-las para a batalha da maneira que quiser. Seja materializando, carregando várias delas consigo ou transformando uma arma em várias. Por dois pontos, um personagem pode combinar dois tipos de dano em apenas uma arma. Por exemplo, uma adaga envenenada (corte/químico) . Flechas flamejantes (perfuração/fogo) . Uma manopla de raios (contusão/elétrico). O personagem pode considerar também que na verdade ele dominou tão bem sua arma, que pode usar todas as suas partes para causar dano igualmente destrutivo. Ou seja, um guerreiro com uma alabarda, poderia causar os danos contusão (haste) , corte (machado), perfuração (ponta). Tudo na mesma arma. Neste caso pode ter 3 tipos de dano em apenas uma arma, mas n poderá usar outros.


CRITICO!

Para valorizar os tipos de dano, eis uma regra alternativa para os danos críticos:

Toda vez que um personagem obtém um acerto crítico através de um SEIS natural (sim, apenas através de um seis) e causar dano igual ou superior a resistência do oponente, ele automaticamente ativa um dos efeitos do tipo de dano. Segue lista abaixo:

FÍSICOS

Corte - Amputação: O oponente recebe FA -2 até o fim do combate (ou até que seja curado).
Perfuração - Sangramento: O oponente passa a perder 1d6-3 pontos de vida por turno (até que seja curado).
Esmagamento - Fraturas: O oponente recebe FD -2 até o fim do combate (ou até que seja curado).

ENERGIA
Fogo - Incinerar: O oponente está em chamas e receberá 2d6-2 pontos de dano por turno, até que gaste um movimento para apagá-las.
Frio - Resfriamento : O oponente fica sob estado de hipotermia, recebendo r-1 até que reverta esta condição.
Veneno - Envenenado : Igual a vantagem para armas,
Acido - Corrosão: Corroí as vestes, equipamentos e até mesmo barreiras do oponente, oferecendo-lhe A-1 até que realize os devidos consertos.
Aguá - Afogamento: Fortes impactos d`agua minam o folêgo do oponente, causando r-2 para testes de resistência durante o combate.
Eletricidade - Eletrificado: Os músculos do oponente sofrem espasmos e câimbras devido a fortes choques elétricos. O oponente só pode realizar um movimento ou uma ação por 1d6 turnos.
Som - Atordoamento: Fere os tímpanos do oponente, causando-lhe um estado de surdez (desvantagem) com a diferençá que receberá H-1 por 1d6 turnos.

Caso esteja utilizando adaptador em nível 2 e obtenha um critico, deve rolar um dado para decidir qual efeito critico será aplicado.


Algumas regrinhas comportamento

Acima de tudo, rpg é um jogo. Não é uma obrigação. Estamos aqui pra rir e nos divertir, deixando a raiva e as lágrimas para o in game. Portanto queria “estipular” (pedir na verdade) que sigamos 1d6 normas de conduta.

1) Respeito acima de tudo. Antes de questionar ou dizer algo para o outro, diga a si mesmo e se pergunte: Eu gostaria de estar ouvindo isso? Se a resposta for não, então não faça.É fácil mal interpretar intenções em conversas digitadas e muitas vezes esse é o precursor de atritos,
2) Errar é humano. Élfico. Anão. Dracônico e divino também. Não importa o quanto eu ou os players dominemos o sistema, pode haver erros, mas se acontecer avisem em off de boas, talvez até por pv ou no chat, para não poluir o off, gerando excessos. A menos que seja algo importante a se ver em público. Nesse caso trarei ao off depois disso ter sido constatado.
3) Que o on se resolva no on e o off no off. Que um não interfira no outro.
4) Evitar flood.
5) Divirtam-se.
6) Na dúvida, se foquem a na regra 1 e 5.

Sei que não é tão necessário deixar isso aqui, mas também melhor ter e não faltar, do que faltar e não ter, é o que mama Dice dizia =D

E que rolem os dados! VAMOS NOS DIVERTIR!

Editado pela última vez por DiceScarlata em 14 Dez 2017, 21:42, em um total de 2 vezes.
Tribo Scarlata

- Crônicas da Tormenta (on): Rakim Barba de Fogo
- Guilda dos aventureiros de Valkaria (on):Jin Hong
- Theotanatus(on): Rei Caído
- Aurora Carmesin(on): Scarlata Jihad / Jihad da areia vermelha
- Era de Arsenal(on): Angra Cabelos de Fogo

Avatar do usuário

Mensagens: 5598

Registrado em: 11 Dez 2013, 14:40

Mensagem 14 Dez 2017, 21:20

Daidoji Yasuo & Kakita Azami

Daidoji Yasuo
Imagem

Daidoji Yasuo
Imagem
- Não desrespeite a comida!

F: 3
H: 2
R: 2
A: 4
P: 1

PVs: 10
PMs: 10

Vantagem Única:
  • Humano (0; Versatilidade)

Vantagem Regional:
  • Aventureiro Nato (0; Deheon)

Kits:
  • Guerreiro (0; Ataque Contínuo, Crítico Automático)
  • Mestre de Iaijutsu (2; Iaijutsu, Mestre da Espada)

Sub-Kit:
  • Cozinheiro (0; Festival de Carne, Salada Temperada)

Vantagens:
  • Aliada (1; Kakita Azami)
  • Ataque Especial (2; Óbvio, Poderoso, Tempestade de Golpes): Hien (Andorinha Voadora)
  • Genialidade (1)
  • Sentidos Especiais (1/3; Olfato Aguçado)

Desvantagens:
  • Código de Honra do Cozinheiro (-1)
  • Poder Vergonhoso (-1; Constrangedor): Yasuo grita o nome de suas técnicas
  • Ponto Fraco (-1): Sua técnica é centrada em terminar tudo no primeiro golpe. Após isso suas habilidades ficam visivelmente reduzidas. Oponentes que percebam isso levarão vantagem em combate.

Perícias e Especializações:
  • Especialização (2/3; Ataque Total, Culinária, Veneno)

História:
Daidoji Yasuo é tamuraniano de sangue e descendente do lendário samurai "demônio" Amidamaru. Um guerreiro que viveu a 600 anos e, conta a lenda, derrotou sozinho um bando de aproximadamente 100 soldados em uma única noite. Por isso a alcunha "demônio".

Os motivos por trás desse evento se perderam na história. Entretanto, seus descendentes continuaram a produzir samurais de alto calibre geração após geração sem falhar nem uma vez. Até chegar na geração de Yasuo.

O jovem foi criado para ser um samurai, igual seu pai e seu avô foram, e era bem próximo a tradição de seu povo, mesmo tendo nascido em Nitamu-ra. O treinamento era severo, mas o jovem era bem aplicado em suas práticas e estudos. Mesmo cheia de furos, conhecia bem a história de seu famoso ancestral.

Entretanto, talvez por influência do contato com a cultura de Deheon, Yasuo não se manteve no caminho do bushido como seu pai esperava. Em um passeio pelos bairros de Valkaria, o jovem acabou por entrar em uma taverna pela qual passava. Pensou em experimentar a culinária, mas o que encontrou o mudou para sempre. O clima festivo e descontraído, as risadas e belas atendentes, o tumulto feito com alegria e uma comida deliciosa roubaram para sempre o coração do rapaz.

Desde aquele dia o samurai em treinamento passo a visitar o local praticamente todos os dias. Com o tempo desenvolveu proximidade com os funcionários e chefs, onde acabou trocando receitas de sua cultura, chegando até mesmo a defender o estabelecimento de clientes alterados pela bebedeira exagerada e alguns baderneiros desocupados.

Foi com esses chefs que ele aprendeu a cozinhar e descobriu um dom inesperado, seu olfato aguçado o ajudava a temperar melhor os pratos, percebendo seu sabor através do aroma que exalava. Infelizmente seu pai não ficou nada feliz com aquela situação quando descobriu e proibiu o filho de voltar a taverna novamente. Mas isso não adiantaria. Após ter experimentado aquela sensação, não havia como esquecer ou deixar pra trás.

Quando voltou a taverna, ela havia sido fechada. Seu pai se usou de seus recursos para levar o estabelecimento a falência. Não foram métodos ilícitos ou desonrosos, mas fora jogo sujo aos olhos do jovem. Ele simplesmente levou a taverna a falência através de uma simples competição culinária, contratando excelentes chefs e com muitos recursos.

Yasuo tentou recuperar a taverna valendo-se do desafio culinário para vencer os competidores financiados por seu pai, mas sua habilidade não estava a altura. Seu pai acreditava que com a derrota o filho finalmente abandonaria a ideia estúpida de seguir uma carreira culinária e se voltaria ao treinamento, porém, conseguiu o efeito contrário.

O rapaz decidiu que treinaria suas habilidades culinárias e partiu para viajar por Arton, desafiando chefs de todos os cantos e aprendendo novas receitas onde fosse. Providenciava os próprios ingredientes caçando e não desperdiçava nada. Seu faro aprimorado lhe valeu belos preparos mais de uma vez e por incrível que pareça, todo o seu treinamento para se tornar um samurai também.

Muito tempo com o pé na estrada o levaram a seu destino mais recente, Quelina.


Aliado: Você tem um companheiro com quem pode contar. Pode ser uma pessoa, animal ou mecha, à sua escolha.

Ataque Contínuo: Se você reduzir um inimigo a 0 PVs com um ataque corpo-a-corpo, pode imediatamente fazer um novo ataque contra outro oponente que esteja ao alcance.
O novo ataque usa os mesmos modificadores do ataque original. Você pode usar este poder até não conseguir derrubar um inimigo ou até derrubar um número de inimigos igual a sua Força, o que vier primeiro.

Ataque Especial: Permite gastar 1 PM e aumentar em +2 sua Força ou Poder de Fogo (escolha F ou PdF quando adquirir esta vantagem) para um único ataque.
Óbvio: É fácil perceber que você vai atacar. Seus alvos ganham um bônus de +1 na Força de Defesa.

Poderoso: Por +1 PM, em caso de acerto crítico, o ataque triplica sua Força ou PdF (em vez de duplicar).

Tempestade de Golpes: Apenas para ataques com Força. Todos os inimigos dentro do seu alcance corpo a corpo são atingidos pelo ataque, com a mesma FA.

Aventureiro Nato: Você possui uma inclinação natural para ser aventureiro, recebendo H+1 em combate.
+1 Ponto: uma vez por combate, você pode pagar o dobro do valor em PMs em vez de PEs para usar um Poder Surpreendente ou Magia Surpreendente (veja em Utilidade da Experiência no Manual 3D&T Alpha, pág. 142).

Código de Honra do Cozinheiro: Jamais deixar alguém com fome, nunca desperdiçar comida (exceto se tiver veneno), respeitar o alimento se negando em usá-lo como arma (envenenando, em guerra de comida, etc) ou deixar que outros o façam (a exceção de um desafio culinário que é um combate honrado onde cozinheiros disputam preparar o melhor prato).

Crítico Automático: Você pode gastar 2 PMs em vez de 1 XP para comprar um crítico automático em seu ataque. Você pode usar este poder um número de vezes por dia igual a sua Habilidade.

Festival de carne: Aumenta em 1 o XP recebido no fim da aventura, em caso de sucesso.

Genialidade: Você é um gênio. Recebe H+2 ao utilizar qualquer perícia que possua, ou em qualquer teste de Habilidade envolvendo uma perícia que não possua.

Iaijutsu: Você pode gastar um movimento para que seu primeiro ataque — realizado com o movimento fluido de desembainhar a espada — receba um bônus de F+3 (note que, como este é um bônus de F, pode dobrar através de um crítico). Este bônus é válido apenas para o primeiro ataque de cada combate;a seguir o personagem deve lutar normalmente.Trocar de inimigo durante um mesmo combate não é considerado um “novo primeiro ataque”.

Mestre da Espada: Você faz qualquer coisa com sua espada melhor do que sem ela! Você recebe um bônus de +2 em todos os testes de perícia quando usa a katana para cumprir a tarefa.

Poder Vergonhoso (Constrangedor): Sua magia requer atos vergonhosos. Você precisa dizer coisas embaraçosas (“Eu invoco o Poder Floral da Tia Gertrudes!”) e realizar coreografias humilhantes. Para aventureiras bonitas, isso normalmente envolve uma dança e efeitos mágicos que revelam sua nudez. Como resultado, suas magias e poderes têm Força de Ataque -1.

Sentidos Especiais (Olfato Aguçado): Você tem sensores químicos capazes de farejar tão bem quanto um cão perdigueiro.

Versatilidade: Humanos aprendem rápido, adquirindo conhecimentos diversos com mais facilidade que membros de outras raças. Você pode comprar uma única perícia a sua escolha por 1 ponto. Se a campanha utiliza kits de personagem, pode trocar a perícia por um poder gratuito extra do seu primeiro kit (e apenas do primeiro kit; se vier a adquirir outro, receberá apenas um poder gratuito).




Kakita Azami
Imagem

Kakita Azami
Imagem
- Quais suas ordens goshujin-sama?

F: 1
H: 3
R: 4
A: 1
P: 1

PVs: 20
PMs: 20

Vantagem Única:
  • Humano (0; Versatilidade)

Vantagem Regional:
  • Aventureiro Nato (0; Deheon)

Kits:
  • Drogadora (1; Curandeira Exímia, Memória Racial)
  • Ladina (1; Rainha do Crime)

Sub-Kit:
  • Enfermeira (0)

Vantagens:
  • Energia Extra (1)
  • Genialidade (1)
  • Patrono (1; Clã Daidoji)

Desvantagens:
  • Devoção (-1): Servir ao Clã Daidoji
  • Protegido Indefeso (-1): Yasuo
  • Segredo (-1; Rejeição): É indiretamente responsável pelo fechamento da taverna e acompanha Yasuo como espiã para seu pai.

Perícias e Especializações:
  • Crime (1; Nevoeiro de Hyninn)
  • Especialização (0; Cirurgia)
  • Medicina (1; Cura Mágica)

História:
Azami nasceu na família Kakita que é um Clã ninja que atua como espiões sob ordens do Clã Daidoji, vivendo em sua sombra e garantindo sua prosperidade desde muitas gerações. Dessa forma, seu caminho estava decidido desde o momento de seu nascimento. Ela serviria como a sombra do próximo herdeiro.

Seu treinamento foi realizado em diversos caminhos. Todas as habilidades desenvolvidas eram para servir ao clã e protegê-lo fazendo o que fosse necessário.

Quando Yasuo começou a se interessar pela culinária, foram os Kakita que usaram suas habilidades para superar a taverna que ele frequentava e levá-los a fechar.

Depois que o herdeiro dos Daidoji deixou o lar em busca de seu sonho, Azami foi ordenada a segui-lo e vigiá-lo. Missão que vem cumprindo bem, mantendo sua distância como sombra. No entanto, após ele se ferir em combate, precisou realizar uma aproximação para tratar seus ferimentos. Desde então viajam juntos.

O tempo passado junto ao seu senhor, não como serva, mas como companheira, começaram a afetar seu julgamento. Sentimentos como afeição, alegria, preocupação e culpa começaram a atormentá-la e ela tem de lidar com isso.


Aventureiro Nato: Você possui uma inclinação natural para ser aventureiro, recebendo H+1 em combate.
+1 Ponto: uma vez por combate, você pode pagar o dobro do valor em PMs em vez de PEs para usar um Poder Surpreendente ou Magia Surpreendente (veja em Utilidade da Experiência no Manual 3D&T Alpha, pág. 142).

Crime: Armadilhas podem ser armadas para atrapalhar os inimigos. Um teste Médio causa um redutor na próxima FD de um alvo igual ao seu nível de sucesso; um Difícil pode deixá-lo indefeso. Em ambos os casos, ele pode evitar a armadilha com uma esquiva.
Furtividade permite se esconder caso o oponente esteja distraído, podendo deixá-lo surpreso se falhar nos testes adequados (Manual 3D&T Alpha, pág. 71).
Punga permite desarmar um inimigo. Ele tem direito a uma esquiva para evitar.

Curandeiro Exímio: Você pode gastar 1 PM para obter um sucesso automático em um teste de Medicina. Este poder pode ser usado um número de vezes por dia igual a sua Habilidade.

Devoção: Um personagem com uma Devoção raramente se desvia de seu grande objetivo — e, quando o faz, não consegue se empenhar na tarefa: sempre que está envolvido em qualquer coisa que não tenha ligação direta com sua Devoção, sofre um redutor de –1 em todas as suas características.

Energia Extra: Você pode gastar 2 PMs para recuperar todos os seus
PVs. Usar a Energia Extra leva um turno inteiro, e você é considerado indefeso enquanto se concentra. Se sofrer dano,
sua concentração é perdida.
Por 1 ponto você só pode usar a Energia Extra quando estiver Perto da Morte (veja em "Pontos de Vida").

Enfermeira: Aumenta em 1 dado todas as curas realizadas através de sua medicina (ou habilidade relacionadas). Pode tratar um mesmo paciente até R vezes ao dia, ao invés de apenas 1. Através da medicação correta, pode remover quaisquer status negativos dos aliados (ou de si mesmo).

Genialidade: Você é um gênio. Recebe H+2 ao utilizar qualquer perícia que possua, ou em qualquer teste de Habilidade envolvendo uma perícia que não possua.

Segredo: Sempre que o segredo tiver a possibilidade de ser descoberto, você sofre uma penalidade em todos os testes (perícias, Forças de Ataque e Defesa…) igual aos pontos que recebeu pela desvantagem (0 a –2)
Rejeição (–1 ponto): Você fez alguma coisa errada e se deu bem por isso. Talvez você tenha subornado um oficial do governo ou chantageado alguém para obter vantagens na carreira. Se for descoberto, sua vida muda por completo:
você perde seu emprego, seu casamento acaba, NPCs como um Mentor ou Aliado o abandonam ou você precisa mudar de cidade. Você então sofre todos os efeitos da
desvantagem Má Fama por 1d meses.

Memória racial: Graças a memórias de seus ancestrais, você pode escolher um sucesso automático em um teste de Animais ou Sobrevivência. Você pode usar este poder uma quantidade de vezes por dia igual a H+1.

Medicina: Anatomia permite descobrir pontos vitais em um inimigo vivo, concedendo um bônus igual ao seu nível de sucesso na sua próxima jogada de FA.

Patrono: Você pode, a qualquer momento, gastar 1 Ponto de
Magia para invocar seu Patrono. A forma exata como essa ajuda virá depende do mestre — desde uma nova arma secreta ou manobra não testada, a um veículo de fuga que surge na hora certa. Contudo, em alguns momentos ou situações, talvez nenhuma ajuda seja possível.

Protegido Indefeso: Sua concentração nas lutas será prejudicada caso seu Protegido esteja em perigo, prisioneiro ou muito ferido; nessas situações você sofre uma penalização de H–1, até que ele esteja são e salvo outra vez. Se o Protegido morrer ou desaparecer para sempre, você perde um ponto de Habilidade permanente.

Rei do Crime: Você pode escolher gastar 1 PM ao invés de 1 PE, para comprar um sucesso automático em testes da perícia Crime. Você pode usar este poder um número de vezes ao dia iguais a sua Habilidade+1.

Versatilidade: Humanos aprendem rápido, adquirindo conhecimentos diversos com mais facilidade que membros de outras raças. Você pode comprar uma única perícia a sua escolha por 1 ponto. Se a campanha utiliza kits de personagem, pode trocar a perícia por um poder gratuito extra do seu primeiro kit (e apenas do primeiro kit; se vier a adquirir outro, receberá apenas um poder gratuito).

Editado pela última vez por Kaidre em 02 Jan 2018, 12:44, em um total de 4 vezes.
Avatar do usuário

Mensagens: 16249

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:13

Localização: Curitiba, PR

Mensagem 14 Dez 2017, 21:33

Re: MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

Imagem
Personagens de PbFs
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem

Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 7705

Registrado em: 13 Dez 2013, 16:44

Localização: Belo Horizonte - MG

Mensagem 14 Dez 2017, 21:40

Re: MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

Fichas de Edvard Orelov, Yuugi Hoshiguma e a descrição do Patrono: Carcará.

EDVARD ORELOV

Imagem

CARACTERÍSTICAS
F2 (corte), H3, R4, A1, PdF2 (perfuração).
30 PVs, 20 PMs.


KITS DE PERSONAGEM
Pirata. 0 ponto.
  • Bala nas costas. O primeiro ataque de Edvard em um combate é sempre um acerto crítico automático.
SUBKIT
Capitão. Sempre que comanda qualquer outro tripulante a exercer a função de seu sub-kit, Edvard os inspira a serem melhores e os beneficia com seu carisma. Com um teste de Liderança pode somar +1 aos testes de função de seus demais aliados. Também pode compartilhar seus pontos de romantismo com seus aliados.

VANTAGEM ÚNICA
Humano. Pode comprar uma Perícia pagando 1 ponto. 0 ponto.

VANTAGEM REGIONAL
Roddenphord: Reserva de Energia. Uma vez por dia pode gastar 1 PM para produzir 1d barras de gorad que curam um número de PVs igual a Resistência de quem as come. 0 ponto.

VANTAGENS
Aliada: Yuugi Hoshimura. Edvard tem por amante uma oni musicista de Wynlla. 1 ponto.
Arena: Água. Recebe H+2 (H5) em combates em corpos d’água ou próximo a eles. 1 ponto.
Ataque Especial I: Preciso, Cansativo. Pagando 1 PM, Edvard pode disparar uma saraivada de balas com todas as suas pistolas em rápida sequência, recebendo PdF+2 (PdF4). O ataque impõe uma penalidade de H-2 na FD do alvo e o corsário não pode fazer um movimento no turno. 1 ponto.
Movimento Especial. Edvard é muito ágil e consegue mover-se de formas expecionais. 1 ponto.
  • Constância. Correndo e saltando, o corsário ignora terrenos difíceis e obstáculos que dificultem o movimento, sempre se movendo em velocidade máxima total sem penalidades.
  • Escalar. Ele é capaz de escalar qualquer superfície em velocidade normal, sem necessidade de testes de perícia.
  • Queda Lenta. Ele sabe como cair, evitando danos por quedas. Precisa estar consciente para fazer isso.
Patrono: Carcará. O corsário sempre pode contar com o apoio de sua tripulação. Pagando 1 PM pode obter serviços diversos, incluindo os efeitos descritos no quadro “Patrono: Carcará”. 1 ponto.
PVs Extras x1. Edvard considera R+2 para cálculo de PVs, ou seja, R6 (30 PVs). 1 ponto.

PERÍCIAS
Crime. Armadilhas podem ser armadas para atrapalhar os inimigos. Um teste Médio causa um redutor na próxima FD de um alvo igual ao seu nível de sucesso; um Difícil pode deixá-lo indefeso. Em ambos os casos, ele pode evitar a armadilha com uma esquiva. Furtividade permite se esconder caso o oponente esteja distraído, podendo deixá-lo surpreso se falhar nos testes adequados. Punga permite desarmar um inimigo. Ele tem direito a uma esquiva para evitar. Invisibilidade. 1 ponto.
Especializações. SK.
  • Liderança. Pode somar +1 aos testes de função de seus demais aliados.
DESVANTAGENS
Guia. Edvard depende de seu kit de ferramentas para suas habilidades em Crime. -1 ponto.
Maldição: Ateu. O corsário não acredita que os deuses realmente possam ajudar alguém – são apenas criaturas extradimensionais poderosas e movidos por interesses particulares. Por isso magias de cura divinas têm efeito mínimo sobre ele. -1 ponto.
Rival. Orelov não sabe, mas tem alguém lá fora que o odeia e quer destruí-lo. -1 ponto.

EQUIPAMENTO
  • Barras de Gorad x3. Cada barra cura uma quantidade de PVs igual à Resistência de quem come.
  • Kit de Ladrão. Ferramentas de ladino (gazuas, garras de escalar, espelho, maquiagem e disfarces, etc.).

Edvard Orelov nasceu em Hocky, capital do então reino de Hershey, em 22 de salizz de 1386. Filho de um carpinteiro naval e uma dona de casa, Edvard não quis seguir os passos do pai, atraído pela vida em alto mar e por um grande desejo por aventuras. Aos 13 anos, em 1399, ingressou em um navio mercante na condição de grumete. No ano seguinte uniu-se a eles seu irmão mais novo, Thor.

Em 1402, quando Ed tinha 16 anos, o navio realizou uma grande expedição à costa oriental do continente. Eles seguiram para sul, contornaram Lamnor e rumaram para o norte, chegando até Khubar e Hongari. Dali decidiram empreender uma grande jornada para ainda mais longe, o leste distante, até a ilha de Moreania.

Seis anos depois Edvard voltou para casa. Agora era capitão de seu próprio navio, o Carcará, tendo seu irmão como seu Quartel-Mestre (ou Imediato). O nome do navio fazia referência a um pequeno falcão, conhecido por sua tenacidade, bravura e persistência, sobrevivendo mesmo nas mais duras condições. Era o ano de 1408 e Edvard tinha 22 anos. Mestre Arsenal havia atacado o Reinado com seu kishin e, o mais importante, Tapista havia invadido Hershey e conquistado a ilha, mudando seu nome e impondo sua tirania. Nunca que o então capitão mercante concordaria com isso.

Thor e ele descobriram que os pais haviam sido escravizados devido à recusa paterna em construir navios para os invasores. Uma operação de resgate foi montada, resultando na libertação não apenas dos Orelov, mas de outras dezenas de escravos e na morte de vários legionários. Entre os libertos estava uma impressionante mulher de três metros de altura: Yuugi Hoshiguma. Agradecida pela libertação, a oni (como veio a se apresentar) juntou-se à tripulação, usando suas habilidades bárdicas e curativas para entreter e zelar pela saúde física e mental da tripulação.

Quatro anos se passaram. Os pais dos irmãos Orelov migraram para Selentine, cidade que servia de porto à capital de Deheon. Ali o pai passaria a construir navios para mercadores e o exército. Eles ainda nutrem a esperança de que Hershey seja libertada algum dia, mas não acreditam que viverão até lá.

Enquanto isso o Carcará enfrentava uma situação difícil. Edvard havia conseguido obter uma carta de corso da Imperatriz-Rainha Shivara, mas havia se tornado muito famoso entre aqueles que navegavam pela costa ocidental de Arton – e sua infâmia entre os tapistanos atraiu problemas. Capitães da Marinha Imperial os perseguiam e eles escapavam de uma emboscada para cair em outra. A situação se tornou insustentável e a tripulação tomou a decisão de aportar em Quelina por um tempo enquanto decidiam o que fazer em seguida.

Até a queda do peixe voador gigante. Quando arrasou a Excama do Krakem, o bicho também destruiu o Carcará. Parte da tripulação morreu, outro tanto ficou bem ferida e foi salva da morte por Yuugi. E os irmãos Orelov viram seu ganha-pão afundar no Mar Negro...

PONTUAÇÃO
Características: 12 pontos.
Kits: 0 ponto.
Vantagens: 6 pontos.
Perícias: 1 pontos.
Outros: 0 pontos.
Desvantagens: -3/6 pontos.

YUUGI HOSHIGUMA

Imagem

CARACTERÍSTICAS
F1 (esmagamento), H4, R5, A1, PdF1 (químico).
20 PVs, 50 PMs.


KITS DE PERSONAGEM
Bardo. 0 ponto.
  • Conhecimento de bardo. A educação que recebeu dos pais deu a Yuugi uma boa dose de conhecimento geral. Ela pode gastar 2 PMs para realizar um teste de qualquer Perícia com se a tivesse.
Especialista. 1 ponto.
  • Profissional treinado. Você gastar 1 PM para um sucesso automático em um teste de Perícia que possua. Este poder pode ser utilizada um número de vezes por dia igual sua Habilidade (H4+2 genialidade).
SUBKIT
Músico. Recebe duas partituras e pode aprender outras no futuro. 0 ponto.
  • Lullaby. Independente do ambiente em que repousem, todos recuperarão pvs e pms como se estivessem em ambientes confortáveis e na metade do tempo.
  • Polca. Oferece 5 pms a mais para todos do grupo, por 1d6+1 turnos.
VANTAGEM ÚNICA
Oni. Yuugi recebe H+1, R+1, Magia Elemental, Elementalista (água). Possui Modelo Especial (grande) e só pode comprar as outras escolas pagando 3 pontos. 2 pontos.

VANTAGEM REGIONAL
Wynlla: Mago Nato. A Oni pode lançar suas magias Iniciais pagando metade dos PMs e considera sua Resistência dobrada para cálculo de PMs, ou seja, R10 (50 PMs). 1 ponto.

VANTAGENS
Elementalista: Água. Sendo uma oni da água, Yuugi só gasta metade dos PMs para lançar magias deste elemento. VU.
Genialidade. Inteligente, Hoshiguma recebe um bônus de H+2 (H6) em testes de Perícia. Também permite lidar com tecnologias superiores às regulares em Arton.
Magia Elemental. Por sua própria natureza, Yuugi pode lançar magias da Escola Elemental. VU.

PERÍCIAS
Artes. Yuugi pode usar Atuação para blefar, enganando um inimigo e fazendo-o perder uma ação. Ele tem direito a um teste resistido de Habilidade para perceber o blefe. Prestidigitação permite desarmar, roubar ou esconder objetos durante o combate. Narração permite contar uma historieta curta relacionada ao momento que oferece ao alvo ouvinte um bônus ou penalidade igual ao nível de sucesso na sua próxima FA, FD ou teste de perícia (o narrador deve especificar qual). Fascinação. 2 pontos.

DESVANTAGENS
Código de Honra. Yuugi segue certos códigos de conduta que a acompanham desde a infância.
  • Heróis. Sempre cumprir sua palavra, sempre proteger qualquer pessoa ou criatura mais fraca que você, jamais recusar um pedido de ajuda. -1 ponto.
  • Redenção. Jamais atacar sem provocação, sempre aceitar um pedido de rendição, sempre poupar oponentes reduzidos a 0 Pontos de Vida. -1 ponto.
Modelo Especial. Yuugi tem cerca de três metros de altura. Ela é enorme e não é fácil entrar em alguns lugares – ou encontrar roupas que sirvam. VU.
Ponto Fraco. Hoshiguma é uma artista, não uma guerreira. Qualquer um que perceba isso (com um teste de Habilidade) ganha um bônus de H+1 quando lutar contra ela. -1 ponto.

MAGIAS
Iniciais: Ataque Mágico, Cancelamento de Magia, Detecção de Magia, Força Mágica, Pequenos Desejos, Proteção Mágica.

Yuugi Hoshimura nasceu em Wynlla, filha de um casal de onis da água que migraram de Tamu-ra quando esta foi invadida pela Tormenta. Instalaram-se no Reino da Magia, pois o povo local estava acostumado com criaturas estranhas e mágicas – e eles eram estranhos e mágicos!

Entretanto, a infância de Yuugi foi solitária. Era grande demais, forte demais e os brinquedos e crianças ao seu redor eram muito pequenas, frágeis. Ficava muito tempo com a mãe, que lhe ensinou a tocar o samisém, um instrumento de corda típico de sua terra natal, entre outras formas de arte. Na medida em que crescia aquilo não era mais suficiente e Yuugi partiu ainda jovem para explorar o mundo.

Sua aventura não durou muito tempo.

Foi capturada dentro do próprio reino por uma guilda de traficantes de criaturas sobrenaturais exóticas, inteligentes ou não. Vendida para um traficante tapistano, foi enviada por vias clandestinas até o reino dos minotauros, onde seria vendida a algum nobre. Seus talentos mágicos e artísticos, somado à raridade de sua raça e beleza pessoal a tornavam um “produto” valioso. Seu destino era sombrio.

Até ser libertada quando passava pelo porto de Swonn, em Roddenphord. Naquela ocasião encontrou Edvard Orelov e a tripulação do Carcará. Poderia ter partido, mas ainda queria aprender mais sobre o mundo e refinar seus talentos – acreditou que permanecer com aquele pessoal por mais algum tempo lhe daria o que precisava. E também queria mostrar sua gratidão.

O que era para ser uma experiência curta tornou-se uma vida. A tripulação a recebeu com uma amabilidade inesperada, o capitão era gentil e atencioso, a vida era divertida. No fim ela foi ficando e agora o Carcará é sua casa. Enfrentar tapistanos e libertar escravos era apenas a cereja do bolo.

Ela estava com o capitão e seu irmão bebendo em uma taverna quando o peixe voador caiu do céu. Salvou o máximo dos companheiros que pode, mas viu com dor a morte de outros tantos. Ela não sabe o que fazer agora e teme que este seja o fim de sua família.

PONTUAÇÃO
Características: 10 pontos.
Kits: 1 ponto.
Vantagens: 4 pontos.
Perícias: 2 pontos.
Outros: 0 ponto.
Desvantagens: -3/6 pontos.

PATRONO: CARCARÁ

O Carcará é um navio mercante e funciona como uma empresa. Seus tripulantes possuem obrigações para com a embarcação (e o negócio), mas obtêm alguns benefícios.

Exigências: para trabalhar no Carcará o personagem precisa somente ser considerado apto ao trabalho e recrutado. Desde que possua alguma utilidade, será aceito.

Chamado às Armas: você dá um berro para chamar seus colegas. Invoca um Aliado Horda construído com um nível abaixo do seu, composto por tripulantes do Carcará.

O Carcará está chegando e ele traz a Perdição: um dos mais emblemáticos gritos de guerra da nau, utilizada principalmente quando no exercício do ofício de corsários da Coroa do Reinado. A reputação do navio é tanta que todos fogem aterrorizados. Você pode lançar a magia Pânico pagando o custo normal em PMs.

Negociações Agressivas: quando negocia com desconhecidos, você pode invocar o nome do Carcará e obter benefícios em testes de negociação e barganha. A Dificuldade em todos os testes de Manipulação cai um nível (de Difícil para Médio, de Médio para Fácil). Isto não funciona com aliados e comerciantes amigos do navio.
Editado pela última vez por Padre Judas em 18 Dez 2017, 13:12, em um total de 3 vezes.
BAÚ DO JUDAS
AO CAIR DA NOITE 3D&T

Azog (Werra Ataca)
Boryslaw Rzecz (Outono)
Cornélia Volg (Crônicas da Tormenta)
Escudo (BnH Brazil Hen)
Joaquim Bogart (Ídolos de Aço)
Kallyan de Callistia (Ilha do Umbral de Fogo)

O DISCO DOS TRÊS: ON OFF FICHAS E STATUS
GAV: ON FICHAS
MÁGIKA: ON FICHAS REGRAS
AR MOLHADO: ON FICHAS
Avatar do usuário

Mensagens: 11900

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 14 Dez 2017, 22:25

Re: MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

Demarcando território e quase implorando por uma mesa de One Piece :lol:.

Fou Hwa'Jeh

Imagem

Fou era um dos Cinco Guardiões de Tamu-ra, estando abaixo apenas de Tekametsu como líder da nação em construção e teria continuado assim se não tivesse ocorrido a Revolta dos Três.

A batalha entre os deuses levou Fou a cometer uma falha grave que levou Tekametsu a se ferir gravemente e ambos tiveram que recuar. A vergonha de tal ato levou Fou a tentar o Seppuko. Fora impedido pelo próprio Lin-Wu.

Fou era uma força importante e não deveria ser sacrificado assim, mas não poderia viver como se nada tivesse ocorrido, então como punição Fou foi destituído de seus poderes e exilado no continente.

Os séculos seguintes levaram Fou a aprender a ser aquele guerreiro orgulhoso e voltar as graças de seu deus e de seu irmão Tekametsu. Estando enfraquecido e amaldiçoado a permanecer em sua forma Avatar enquanto caminhava entre os continentais.

Fou vagou por aquelas terras, mas se recusou a se envolver com aqueles povos e suas guerras. O tempo não tinha sentido para Fou e foi com surpresa quando viu alguém com vestes que apenas os nobres de Tamu-ra podiam usar.

Fou entrou em contato com esse homem. Seu nome era Ryu Kekkai e era um clérigo de Lin-Wu em peregrinação por aquelas terras, levando as palavras do Samurai de sangue e procurar um lar para a família naquelas terras.

Fou não imaginava que havia passando tantos séculos após seu exílio e que seu deus havia adotado os humanos como escolhidos e seu irmão havia,sido nomeado como líder de todos. Aquilo fez Fou lembrar sua vergonha, mas em vez de se lamentar ele se ergueu e passou a ajudar aquela família.

Fou viu Ryu falecer e seu filho lhe suceder seguido por seu neto e assim gerações se sucederam. A família adotou Fou, que passou a usar o título Hwa'Jeh, que significada Mestre das Chamas.

Mas apesar de encontrar um sentido para continuar existindo, aquilo não era o bastante. Fou precisava restituir sua honra. Foi quando a tragédia se abateu sobre sua terra e a Tormenta tomou tudo. Fou teria ido direto para lá se um sonho não o tivesse guiado até as Uivantes. Lá ele conheceu um estranho casal de elfos e um poder familiar entre os dois. Mas Fou ignorou ambos na época, pois o verdadeiro motivo dele ter ido para lá fora um jovem humano que havia acabado de salvar escravos, e entre esses estava um velho tamuriano.

Sem dizer nada Fou entendeu o que deveria fazer e aguardou o momento certo. Quando aquele humano, de nome Shiro Nomatsu, foi escolhido como novo Sumo-Sacerdote Fou se apresentou como seu servo. Pois essa era a escolha de Lin-Wu como forma de redenção por seus crimes.

Apenas Shiro e a matriarca da família Kekkai sabe do segredo vergonhoso de Fou e desde que não consegue mais voltar a sua forma dracônica Fou evita até mesmo falar que é um Dragão.

Novato, Lutador e Campeão: Fou lutou em nome de Lin-Wu, pelos povo adotado por ele e por todos os ideais atribuídos ao mesmo. Fou ainda hoje segue as ordens de Shiro e até mesmo chegou a participar de missões contra o inimigo que destruiu sua terra.

Em uma dessas missões conheceu Azog, Kaedros e Kaylessa e aceitou participar de missões e troca de informações sobre um inimigo em comum.

Lenda: Fou demonstrou ter reconquistado sua honra quando descobriu que seu irmão, Tekametsu, não havia perecido no ataque da Tormenta. Quando a Tormenta finalmente sumiu de Tamu-ra, Fou pediu permissão ao irmão para voltar e ajudar a reconstruir aquelas terras. Mas a resposta fora negativa. Em vez disso Tekametsu ordenou que ele recobrasse todo seu poder para enfrentar o inimigo que ainda estava entre nós e tomou o mundo de um dos Espíritos Irmãos de Lin-Wu e agora dominado pelo algoz tamuriano.

Fou aceitou tal ordem e passou a buscar aventuras para tal. Fora a família Kekkai que deu a arma de seu antigo amigo Ryu para continuar sua agora não mais uma missão de recuperar a honra, mas de vingança.

Atualmente Fou ainda está com seus poderes reduzidos e preso a sua Forma Avatar, tendo apenas a capacidade de Voar, sua Telepatia e Invulnerabilidade à Magia. ele também não tem acesso aos demais poderes de sua espécie.

Além disso sua parceria com Azog teve que ser interrompida devido as novas ordens de Shiro Nomatsu.

F3 H3 R3 A2 PdF1 PVs 15, PMs 15.

V: Dragão 3 (Fou é Invulnerável à Magia, tem Forma Avatar, todos os Sentidos Especiais, Membros Elásticos [cauda], Telepatia e voo, além de poder fazer 2 ataques de garras [F+1d6] e um com as presas [F+2+1d6]. Fou segue o Código dos Heróis e de Lin-Wu, além de ser grande demais)
.

Aliada 1 (Ryoko, sua filha).

Paladino 1 (Fou era um guerreiro santo de Lin-Wu).

Patrono 1 (Fou é dedicado a causa tamuriana).

Queda 0 (Fou desgraçou seu nome ao não proteger Tekametsu).

Especializações: Conjuração, Defesa contra Magia, Expressão e Pintura 1 (Fou se especializou em conhecimento de Magia e Pintura).

Talento Regional: Arma de Família 0 (Fou ganhou a Ryu no Kekkai [F+1 Veloz], a primeira espada que seu amigo forjou).

Kit Samurai - Espada Ancestral 0 (Fou carrega a alma de seu amigo, Ryu no Kekkai)
.

Sub-Kit Primeiro Imediato -

D: Código Samurai -1 (Fou ainda tem a alma de um guerreiro).

Maldição -1 (Fou só consegue usar parte de seus poderes dracônicos).

Má Fama -1 (Fou se tornou uma desgraça dentro do clero de Lin-Wu).

Ryoko

Imagem

Ryoko é a única filha de Fou, nascida de uma relação entre o Dragão e uma mulher chamada apenas de Yoko vinda de Valkaria na época em que serviu Shiro Nomatsu diretamente.

Ao nascer a criança mostrava fortes traços dracônicos e para piorar, Yoko desapareceu tempos depois. Yoko era uma deusa raposa que perdeu tudo com o ataque da Tormenta e teria sucumbido de destreza se não tivesse conhecido Fou.

Mas mesmo com o grande amor entre os dois, Yoko estava fadada a desaparecer e Yoko cedeu suas últimas energias para dar a luz a Ryoko.

Ryoko é uma jovem alegre, mas de temperamento explosivo e que deseja ficar ao lado do seu pai e ajudá-lo, mas o mesmo prefere manter a jovem protegida na corte de Nitamu-ra.

Mas seu temperamento levou ela a descubrir um mundo vasto e perigoso, oque fez ela amar ainda mais a vida do pai.

Quando se cansou da vida que levava, ela fugiu de casa em busca de seu pai que havia ido em mais uma aventura, mas dessa vez não ficaria para trás.

Durante suas aventuras Ryoko aprendeu a dominar a sua herança e tomou gosto por lutar a distância.

F1 H3 R3 A2 PdF3 PVs 15 PMs 21.

V: Kemono 1 (Ryoko herdou parte da herença de sua mãe e de seu pai: H+1, Audição e Visão Aguçada).

Adaptador 1 (Ryoko aprendeu a dominar várias armas e fontes de energia).

Tiro Múltiplo 2 (Ryoko aprendeu bem atingir vários alvos).

Equilíbrio de Energia 1 (Ryoko tem uma fonte de Mana maior que o normal).

Especialização: Artilheira 0 (Ryoko aprendeu bem como atirar.

VR: Aventureiro Nato 0 (Ryoko tem a aventura no sangue).

Kit: Discípula do Dragão - Forma Dracônica (Ryoko consegue invocar a herança de seu pai).

Sub-Kit: Atiradora.

D: Código dos Heróis -1 (Ryoko segue os mesmos preceitos do pai).

Modelo Especial -1 (Ryoko possui garras, cauda, asas e outras partes dracônicas, sendo incapaz de usar coisas para humanos).

Ponto Fraco -1 (Ryoko numca teve treinamento formal para lutar).
Editado pela última vez por Lord Seph em 10 Jan 2018, 19:45, em um total de 4 vezes.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 5598

Registrado em: 11 Dez 2013, 14:40

Mensagem 14 Dez 2017, 22:34

Re: MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

Lord Seph escreveu:Demarcando território e quase implorando por uma mesa de One Piece :lol:.

Pois é. Se tivesse dito que era nesse estilo vinha com mais vontade. One Piece é bom demais pra deixar passar.

Mensagens: 855

Registrado em: 02 Fev 2014, 20:37

Mensagem 15 Dez 2017, 10:15

Re: MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

Se tem vaga eu quero
Avatar do usuário

Mensagens: 544

Registrado em: 20 Set 2016, 10:36

Mensagem 15 Dez 2017, 10:20

Re: MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

Opa curti, eu quero jogar :)
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 355

Registrado em: 26 Dez 2015, 19:53

Mensagem 15 Dez 2017, 17:22

Re: MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

To dentro. Se tiver vaga eu quero
Avatar do usuário

Mensagens: 2937

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:34

Mensagem 15 Dez 2017, 17:57

Re: MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

Minha ficha por enquanto (aceito sugestões):

Ivan Marteauvieux, Mestre Armeiro

Imagem

Nascido na parte pobre de Valkaria, próximo à favela dos goblins, Ivan é de uma família nobre tão decadente que só restou o nome. Sem muita perspectiva, se interessou pelos dispositivos que os goblins inventavam para facilitar a vida. Nunca se tornou o que eles chamam de Engenhoqueiro, mas aprendeu o bastante sobre tecnologia para acender uma fagulha em sua mente. Ele se tornou um armeiro, especializado em armas tecnológicas. Se pudesse fazer uma poderosa o bastante para interessar um reino, poderia passar o resto da vida no conforto.

Não se sabe exatamente quando sua loucura começou. Alguns dizem que ele sempre foi assim, outros que foi a obsessão por máquinas ou a culinária goblin (?) que o afetaram, mas de qualquer modo, a busca por uma vida melhor logo deu lugar ao seu único propósito: a criação de armas cada vez mais poderosas (e estranhas).

E uma dessas criações foi tão poderosa que mandou sua oficina inteira pelos ares junto com o resto do quarteirão. Sobrevivendo milagrosamente, fugiu para que a lei não o apanhasse. Acabou recrutado como engenheiro de um navio pirata e fixou residência em Quelina, onde vendia seus inventos aos corajosos o bastante para comprá-los… até um peixe gigante cair do céu sobre sua loja.

Ivan é um homem franzino, magro, de mãos nervosas e olheiras profundas. Seu desgrenhado cabelo branco é resultado de experimentos com certas substâncias alquímicas. Suas maiores criações (segundo ele mesmo) são o lança-piranhas, a bomboleadeira, o deskoboldizador, e seu favorito, o Martelo do Caos, um martelo mecânico cheio de compartimentos com lâminas, espinhos e outras peças escondidas.

Imagem

Kits: Mestre Armeiro (0, Arma Escolhida)
F 3
H 3
R 3
A 1
PdF 2
PVs 15
PMs 25

Vantagens: Humano (0, Máquinas por 1 pt), Aventureiro Nato (0), Máquinas (1), Adaptador (1), Ataque Especial (Absoluto Homem Louco, F, Poderoso e Óbvio), PMs Extras

Desvantagens: Compulsivo (0), Deficiência Física (Audição Ruim, 0), Má Fama (-1)

Subkit Mecânico: Especializações recebidas - Reparo e veterinária. Bônus: Dependendo da área danificada, deve realizar um teste de reparo ou veterinária. Caso possua sucesso, poderá recuperar H+1d6 pontos de vida do GOG. Também pode aprimorá-lo, aumentando seus atributos através de artefatos obtidos nas aventuras (será avisado pelo mestre).
Editado pela última vez por the ga em 02 Jan 2018, 11:00, em um total de 2 vezes.
Próximo

Voltar para MUNDOS DOS DEUSES - TORMENTA ALPHA

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 0 visitantes.