Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2


Avatar do usuário

Mensagens: 2442

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:14

Localização: Penápolis/SP

Mensagem 04 Jan 2018, 00:02

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

O chão explodiu e Zlaahael reagiu a tempo, saltando para evitar a queda. Então sentiu um forte empurrão como se houvesse levado um golpe, o pressionando na direção da cratera que se abrira. Suas tatuagens brilhavam mesmo por baixo da pesada armadura. Ao ver que seu alvo havia caído, sabia o que tinha de fazer. Um último olhar para aquela que carregava a imagem de sua amada, assumia um semblante de tristeza ao notar de onde havia vindo o ataque. Então Holgor. Sentiu seu sangue ferver ao pensar no que aquela criatura odiosa havia lhe causado. Não fez força para permanecer ali, deixou seu corpo cair, ajeitando-se durante a queda para que não sofresse danos. Suas tatuagens se apagaram enquanto encarava sua presa.

Estava sozinho com aquele que queria matar, não podia esperar coisa melhor. Levanta Glimagarwen para voltar à sua postura de combate, marchando à frente com passos decididos e firmes. Baixou os braços num golpe diagonal potente, mirando o pescoço do general hobgoblin, que num rápido movimento conseguiu evitar o ponto vital, desviando para a camada metálica de sua armadura. O golpe firme passou pela proteção e encontrou músculos no trapézio do inimigo. Quando a espada recuou, jogou sangue nas paredes do conhecido túnel onde se encontravam. Zlaahael sentia-se confiante e seu sangue fervia, uma oportunidade como essa era única, não deveria desperdiçar. Pensaria no resto depois.


Ataque Poderoso usando Glimagarwen: Ataque 66; 67 de dano físico e 3 de dano flamejante.

ZLAAHAEL
-[ PVs: 311/311
-[ Energia: 3/3
-[ CA: 61 (contando o bônus contra Hobgoblins)
-[ RD: 25
-[ Modificadores Ativos:

-----[ Alma de Telumendil ~ +2 CA, RD +5/-, 25% Fortificação
-----[ Desafio de Cavaleiro ~ Integridade Maior: +3 CA e resistências
-----[ Desafio de Cavaleiro ~ Duelo: +3 BBA e dano contra Holgor
-----[ Artefato ~ Sangue de Ferro: +4 For, RD +10/adamante, 2º de 23 turnos
-----[ Postura ~ Passo do Touro: -3m deslocamento, +1 CA e BBA
-----[ Mobilidade/Avançada: +2 CA e resistências
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 1160

Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Mensagem 06 Jan 2018, 12:19

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Rei caido
Imagem

*Helden caminhou pensativo. Contemplando Arton com novos olhos. A grama de Allihana, transformando a luz de Azgher em vida de Lena. Um ciclo considerado tão perfeito, mas ainda sim tão falho. Prive um elemento e tudo acaba. Quando tudo é feito de apenas uma coisa só, nada faltará. Ainda sim, tinha questões ligadas ao que lhe era Artoniano. Os anões. Doherimm. Redwall. Cecilia. E Adelheim. Parou ali mesmo. Antes de ir a Callistia, tinha de retornar a Yuden e resolver esta pendencia. O exército de Adel seria seu... E o tornaria melhor. Mas mais que isso, havia alguém poderoso ali, que também acompanhava aquele homem.*

*Dr. Morte.*

*Um desvio. Não. Uma linha reta pelas Uivantes, Zakharov e enfim Yuden. Depois Namalkah até Callistia. Tomaria a alma de deus com um exercito erguido da Tormenta. Encontraria Zlahaeel. Salvaria a rainha Cecilia. E por fim, retomaria seu reino com o novo poder obtido. Assim estaria livre de suas questões antigas. Alcançaria a verdadeira força. Seus pensamentos foram interrompidos pela presença naquela vila. Um combate entre vazios aconteceu ali. Um dragão azul morto... E mais alguém ali. Difícil questionar se era inimigo ou não, quando usava um manto de matéria vermelha que distorcia a própria imagem. Com o machado nunca guardado, apoiado no ombro, virou-se na direção da existência*


- Seja quem for saia. Palavras ou golpes, seja lá o que desejar trocar, que seja cara a cara.
Tribo Scarlata

- Crônicas da Tormenta (on): Rakim Barba de Fogo
- Guilda dos aventureiros de Valkaria (on):Jin Hong
- Theotanatus(on): Rei Caído
- Aurora Carmesin(on): Scarlata Jihad / Jihad da areia vermelha
- Era de Arsenal(on): Angra Cabelos de Fogo

Avatar do usuário

Mensagens: 1738

Registrado em: 13 Jan 2014, 19:00

Mensagem 09 Jan 2018, 10:36

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Gilliard

Quando o mundo finalmente se estabilizou e Gilliard voltou a enxergar, as coisas certamente estavam diferentes. Tanya parecia estar consideravelmente mais ferida, e pelo fato de que ele não havia sido atacado novamente, imaginava que Din'an também havia sido pego no que quer que tivesse sido aquilo. As memórias estavam confusas. Ele havia tido visões, mas o que elas significavam ele não entendia. Mas não havia tempo de pensar naquilo. Ele ainda estava em combate. A antiga Princesa Élfica parecia começar a recobrar suas ações. O salão ainda estava destruído. O chão estava erguido e desnivelado em várias partes, criando um terreno estranho para o combate, aonde pedras vindas do chão se elevavam mais altas do que o elfo, e pedaços de vidro e mais pedras vindas das paredes e teto destruíam o que restava de semelhança daquele lugar para com um salão. A fenda no meio do chão apenas complementava aquilo.


Iniciativa:
>Gilliard
Din'an
Tanya


___________________________

Zlaahael

O general hobgoblin observava os movimentos de Zlaahael enquanto sangrava por dentro da armadura. Talvez por seu estado, sua próxima ação tivesse surpreendido. Ou talvez fosse por sua aparência bestial goblinóide. O general deu dois passos para trás e colocou o escudo na frente de seu corpo, segurando sua espada de lado enquanto focava em se defender. O enorme escudo começou a brilhar, uma luz semelhante à um reflexo metálico se manifestando do equipamento. O general o encarava com cuidado, mas não atacava, mal respirava.
E então, Zlaahael sentiu algo.
Ele não conseguia ver bem o que era, mas a pouca luz que existia naquele túnel parecia ser devorada. Ele já havia visto aquilo. Sombras vivas que se aproximavam em um túnel. Ele suou frio. Já sabia o que esperar depois. Olhos na escuridão.
Aquilo que ele havia encontrado em Khalifor, que havia massacrado toda uma tropa de hobgoblins em instantes, se aproximava.

_________________________

O Rei Caído

Um chamado foi emitido, e a voz do corrupto ecoou pela cidade vazia. E então, após alguns segundos de silêncio, o culpado pelo barulho surgiu. Era um garoto, de não mais do que doze anos. El encarava O Rei Caído de longe, tremendo. Estava magro, mas sua aparência não emitia fraqueza. Havia algo feral em sua postura. Seus cabelos desgrenhados e compridos emitiam selvageria. E sua tremedeira parecia vir mais de algo inconsciente do que de qualquer medo consciente por ver alguém como ele. Quando a criança abriu a boca, o Rei viu dentes afiados. Sua roupa estava manchada de sangue seco que não era dele.

O que era aquele garoto?
Imagem
- Six shots...
#FreeWeizen
Avatar do usuário

Mensagens: 3961

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 09 Jan 2018, 11:07

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Gilliard parecia ter acordado de um sono de eras. O mundo ao redor estava totalmente diferente, destruído, torto e errado. Zlaahael havia sumido para dentro da fenda junto de Holgor. O elfo não via "seu pai", mas mirou Tanya caída. O que quer que tivesse acontecido, parecia tê-la afetado também, mas então sentiu, finalmente. Estava diferente, sim, podia sentir a eletricidade no ar... Não, ele era a própria eletricidade. Os cortes nas costas tinham um leve formigamento. Ele apertou o cabo de suas armas e com um simples desejo, sentiu-se mais rápido, como se lançasse sua conhecida magia, porém, bastava um mero pensamento. Tanya tentava se levantar e Gilliard avançou em sua direção, com seus olhos deixando um rastro azulado por onde passava. Ainda desacostumado com seus novos movimentos, estocou, porém coma precisão se mostrando suficiente para perfurar o ombro da elfa que o olhou com seus olhos arregalados pela surpresa. Os cabelos loiros pálidos do elfo escorriam pelo seu rosto sério. Seus braço parecia conseguir aumentar ainda mais o poder elétrico de sua arma. Ele então girou o florete no ferimento e rodou a adaga com sua outra mãos, abrindo um corte entre às costelas da elfa, de onde ele sabia que sangraria muito. Viu se corpo amolecer, e o os olhos surpresos se revirarem. A largou ali, então, se pondo ereto, olhou o caos ao redor.

Ataques: 38 e 35, dano: 59


PV's 20/151; CA 49/47; CON 18, INT 26; Escudo arcano 7 rodadas; Vigor do Urso 8 rodadas; Astúcia da Raposa 8 rodadas; Velocidade 10 rodadas.

Magias de Mago Preparadas: 1° - ataque certeiro, toque chocante, mísseis mágicos, arma elemental x2; 2° - proteção contra flechas (acelerado), choque estático; 3° - toque chocante maior x2, relâmpago, velocidade; 4° - lâmina invisível, raio sônico.

Item de Poder:
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 12059

Registrado em: 09 Dez 2013, 17:50

Mensagem 09 Jan 2018, 13:15

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Akira acorda com Midori sobre seu peito. Ela não entendia nada, exceto que havia morrido.

- Esse animal não tem honra, devemos eliminar ele.

Akira fala enquanto Midori se recompoem.

- Havia outros lutando e eu preciso reaver minha alma, vamos ver se essas pessoas precisam de ajuda.

Akira se ergue e vai em busca de respostas, sendo seguida por Midori.
Melhor queimar do que apagar aos poucos.
-Neil Young.
o lema dos 3D&Tistas
"-seremos o ultimo foco de resistência do sistema"
Warrior 25/ Dark Knight 10/ Demi-God.
Avatar do usuário

Mensagens: 1160

Registrado em: 22 Jan 2017, 02:15

Mensagem 09 Jan 2018, 15:21

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Rei caido
Imagem

- Um predador, huh? Conheci alguém faminto como você...

*Tocou o braço reconstituído, como se ele não estivesse ali. Lembrou-se do poder da rainha. Sentiria inveja se ainda fosse capaz disso*

- Venha pequeno. Me diga: Do que tem fome? O que você deseja?

*Ajoelhou-se e estendeu a mão, mesmo sabendo que podia perdê-la*

- O rei caído pode ajudá-lo a conseguir.
Tribo Scarlata

- Crônicas da Tormenta (on): Rakim Barba de Fogo
- Guilda dos aventureiros de Valkaria (on):Jin Hong
- Theotanatus(on): Rei Caído
- Aurora Carmesin(on): Scarlata Jihad / Jihad da areia vermelha
- Era de Arsenal(on): Angra Cabelos de Fogo

Avatar do usuário

Mensagens: 2442

Registrado em: 09 Dez 2013, 18:14

Localização: Penápolis/SP

Mensagem 09 Jan 2018, 20:52

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Testa franzida, o elfo encarava o oponente com curiosidade, com um sorriso de escárnio tomando seu rosto ante a atitude defensiva do hobgoblin. Permanecia naquela postura com a alfange acima da cabeça, ambos os braços flexionados e o torso preparado para impulsionar o golpe. Um passo à frente. Outro passo. Então sentiu uma sensação diferente, sinistra... Familiar. Lembrou-se da sombra nos túneis sob Khalifor, da maneira como ela havia chegado rapidamente e destroçado todos os seus inimigos num único instante. Não sabia o que era, nem quem era. Apenas que era algum tipo de parente dos elfos, supostamente. Então sua feição de escárnio mostrou preocupação.

- Não! Este não! - Esbravejou em élfico, avançando na direção de Holgor de maneira temerária. O torso impulsionou o golpe como esperado, mas o escudo brilhara. Ao final do movimento, o elfo ficou surpreso ao ver que o general inimigo não havia recebido nenhum ferimento, então sentiu no próprio corpo a força de seu golpe. Sentia o calor de seu sangue se derramando por baixo da armadura, ainda que fosse um corte não tão profundo. Parece que não poderia encerrar aquilo tão rápido quanto gostaria. Encarou o outro nos olhos, voltando ao escárnio. - Parece que finalmente o pequeno hobgoblin conseguiu me causar um ferimento. É uma tática interessante, visto que a sua espada pelo jeito jamais vai conseguir encontrar meu sangue. - Zombou falando na mesma língua do odiado inimigo. Então parou.

- Confesso que não esperava que nos encontrássemos novamente tão cedo. - Volta ao élfico, falando enquanto seu olhar vagava pela extensão do escuro túnel. -Demonstrou um gosto animador pelo massacre destes. - Apontou a espada para Holgor. - Posso conseguir muitos mais desses para matar sua fome, mas deveria pedir, pelo nosso parentesco... - Dá uma ênfase na última palavra com um tom de cumplicidade e divertimento. - ...Que deixe que eu acabe com esse. É uma questão pessoal. Depois poderemos encontrar mais para você, tem vários outros de onde este veio. - Conclui sua frase de maneira despreocupada, sorrindo para o hobgoblin. Aquela coisa não havia mostrado agressividade contra ele anteriormente, por isso acreditava que poderia falar com ela casualmente. Apesar do deboche com a praga à frente, permanecia em alerta, não disposto a correr riscos desnecessários. Não podia perder a chance.


Ataque Poderoso usando Glimagarwen: Ataque 50; 64 de dano físico e 5 de dano flamejante.

ZLAAHAEL
-[ PVs: 257/311
-[ Energia: 3/3
-[ CA: 61 (contando o bônus contra Hobgoblins)
-[ RD: 25 (10/adamante)
-[ Modificadores Ativos:

-----[ Alma de Telumendil ~ +2 CA, RD +5/-, 25% Fortificação
-----[ Desafio de Cavaleiro ~ Integridade Maior: +3 CA e resistências
-----[ Desafio de Cavaleiro ~ Duelo: +3 BBA e dano contra Holgor
-----[ Artefato ~ Sangue de Ferro: +4 For, RD +10/adamante, 3º de 23 turnos
-----[ Postura ~ Passo do Touro: -3m deslocamento, +1 CA e BBA
-----[ Mobilidade/Avançada: +2 CA e resistências
Imagem
Avatar do usuário

Mensagens: 1738

Registrado em: 13 Jan 2014, 19:00

Mensagem 10 Jan 2018, 11:16

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Gilliard

- Parece que eu estava errado. Você é como eu, no fim de tudo. - A voz de Din'an se manifestava, não mais uma paródia da voz de seu pai. - Nem mesmo hesitou ao derrubar a última sobrevivência da antiga realeza.- Gilliard não fazia ideia de onde vinha a voz, mas ele parecia mudar de lugar extremamente rápido. Não haviam barulhos de passos no chão. Não havia nenhum som que não a voz e as batalhas do lado de fora. Gilliard tentou se concentrar, mas o homem não deixava nem mesmo uma presença estática que ele pudesse rastrear. - Vejo que mal está sendo capaz de continuar a luta. Também não estou no melhor de meus dias. Sugiro uma trégua. Irei bater em retirada, retornar para Lennórien. O que me diz?

Gilliard respirava pesado. Mesmo com seu novo estado, o corte em suas costas não era algo que iria embora, ele imaginava. Naquele estado, ele ouviu o que pareciam ser os gritos de hobgoblins. Eles pareciam estar com problemas, e não vinham da direção de onde seus aliados enfrentavam o resto dos Lâminas. Ele achou que consegui discernir algo entre os gritos deles, mas estavam todos misturados em urros de horror. Um deles, porém, foi extremamente claro para ele:

"É APENAS UM HOMEM!"

_____________________

Zlaahael

- Oh, por favor irmão.- A voz ecoou pelos túneis enquanto as sombras tomavam conta de tudo. Para todos os lados, tudo o que ele via nos meio das sombras vivas eram bocarras repletas de dentes afiados e olhos. Eles rodavam, encarando ele e Holgor se forma prazerosa. - Como se hobgoblins fossem a única coisa que eu gosto de matar. - Das sombras, uma das bocas se manifestou em velocidade absurda. Antes que Zlaahael pudesse reagir, ela j´havia devorado o braço direito do general Hobgoblin. Os urros dele ecoaram enquanto seu sangue negro fluía do ferimento. - Nojento. Enfim, não achei que fosse vê-lo de novo em meus domínios Aranarth. Recentemente encontrei algumas pessoas com cheiro parecido com o seu. Uma garota loira com a corrupção da Tormenta e um anão que se dizia rei. Massacrei toda a população do reino dele, ele aprenderá a ter respeito com um verdadeiro monarca. - O ser falava com tranquilidade, como se não notasse o que ocorria ali. Pelo tom das vozes que ecoavam, apenas ele existia no mundo. - Perdão, não deixe que eu o interrompa. Finalize a besta. Ele é todo seu. Eu só quero assistir.

Holgor estava caído de joelhos diante dele. Talvez a melhor chance que tivera em tempos.

_______________________

O Rei Caído

A criança rosnou, e recuou para as sombras. O Rei Caído respirou, e sentiu a corrupção no ar. Familiaridade. A criança já possuía algo da dádiva lefeu em si. Não pôde evitar um sorriso. A únic forma de vida próxima à ele ali, naquela cidade deserta, e era uma criança que já nascera com a dádiva. Era maravilhoso. E quase poético, a criança nascida com a benção canibalizava os cadáveres do antigo mundo.

O Rei Caído via a mão do destino agindo diante dele, e algo lefeu dentro dele sorria A criança estava oculta nas sombras agora, mas que diferença fazia?

_______________________

Akira

Recém retornada, a tamuraniana se levantou, indo em direção aonde o combate ocorria. Um grupo de não mais que sete pessoas enfrentava o enorme dragão. Três voavam, dois pareciam airar do chão, um parecia conjurar proteções sobre os outros. Eles não tinham chance, Akira enxergava. O deus ainda não havia a notado, assim como o grupo, e talvez ela pudesse usar isso para sua vatagem. Se encontrava próxima aos escombros de uma casa, cercada pelo cadáver de halfings. Nada fazia sentido. Na noite anterior, estava em Yuden. Agora, em Hongari. O que estava acontecendo?
Imagem
- Six shots...
#FreeWeizen
Avatar do usuário

Mensagens: 420

Registrado em: 04 Jan 2014, 18:42

Mensagem 10 Jan 2018, 11:52

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Gatrius começava a duvidar se poderiam derrotar aquele ser, era algo que ele nunca havia visto, tanto poder e terror acumulados em um so ser, estar sob seu olhar era como estar soterrado por toda a presença dele, mas Gatrius precisava continuar aquela luta, ja haviam avançado demais, sairia dali vitorioso ou morto, não havia meio-termo. Pelo menos agora o resto dos aliados que estavam no ponto de encontro haviam chegado, e agora ele estava com uma marca estranha em suas mãos, aquilo so poderia ser obra de Verhängnis, e ele não queria saber o que ela faria, agora que estavam em maior numero precisavam acabar com aquilo o quanto antes:

- E bom ver vocês aqui, agora vamos terminar isso - após gritar essas palavras vai sacar duas flechas e disparar na direção do dragão.

Gatrius vai dar dois disparos em Verhängnis (1°ataque 60, 2° ataque 30; dano 1° ataque 27)
Avatar do usuário

Mensagens: 3961

Registrado em: 10 Dez 2013, 11:03

Mensagem 10 Jan 2018, 11:57

Re: Theothanatos: Requiem para os Deuses - Season 2

Gilliard olhou ao redor, procurando de onde a voz vinha. Odiava quem se escondia daquele jeito, de uns tempos para cá, muito mais. Então sua atenção se voltou para o ferimento em suas costas, pelas palavras soltas no vento. Olhou suas mãos, eles era eletricidade... Soltou sua adaga no chão, com um som agudo. Então tocou seu peito, conjurando uma descarga elétrica contra si mesmo. Os relâmpagos estalaram, como chicotes ao redor, porém fizeram com que o ferimento em suas costas se fechasse um pouco. Aquilo era impressionante. O elfo então sacou rapidamente um de seus elixires da vida e bebeu, deixando escorrer o líquido vermelho pelo canto da boca, sentindo seus ferimentos se fechando ainda mais. Pareceu sair de seu transe, descobrindo seus novos poderes. De repente, lembrou-se de Holgor, mas ele não parecia ser tão importante.

- Está enganado, Din'an, eu não hesitei em derrubar o último elo com nosso passado vergonhoso, onde os elfos estavam afundados em arrogância... Ela era uma inimiga agora, não havia espaço para hesitação.

O elfo encarou de onde vinha os gritos, com sua sorte, não seria aliado... Nem vinha da direção de seus aliados.

- Trégua? Tanto faz... Parece que tenho novos problemas.

Toque chocante para se curar: 28 pontos; Elixir da Vida Puro: 16 pontos


PV's 64/151; CA 49/47; CON 18, INT 26; Escudo arcano 6 rodadas; Vigor do Urso 7 rodadas; Astúcia da Raposa 7 rodadas; Velocidade 09 rodadas.

Magias de Mago Preparadas: 1° - ataque certeiro, toque chocante, mísseis mágicos, arma elemental x2; 2° - proteção contra flechas (acelerado), choque estático; 3° - toque chocante maior, relâmpago, velocidade; 4° - lâmina invisível, raio sônico.

Item de Poder:
Personagens em Pbfs:
Imagem Imagem Imagem Imagem Imagem
AnteriorPróximo

Voltar para Theothanatos: Requiem para os Deuses

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: nenhum usuário registrado e 0 visitantes.